Páginas

Amigos de Caaporã

SHOPPING LUX MAGAZINE

terça-feira, 15 de dezembro de 2015

Homem é esfaqueado em Caaporã e Policia consegue prender acusado

facaNa manhã desta segunda-feira (14) o Samu de Caaporã foi acionada para socorrer uma vítima de ferimentos por arma branca, no conjunto Santo Antônio, chegando ao local a vítima tinha sido socorrida para o hospital da cidade por um carro particular e em seguida encaminhado ao Hospital de Trauma da Capital.
A Polícia foi acionada e após conversar com testemunhas conseguiu identificar um menor que seria o autor das facadas e após diligências o capturou em sua residência.
O acusado foi encaminhado pela guarnição do Sargento Elton e Soldado F. Guedes à Delegacia de Polícia de Caaporã.
A vítima E.V. J., 37 anos, passou por procedimentos médicos de emergência e segue em observação da Ortopedia. Quadro clínico regular (consciente e orientado).



Portal do Litoral 

sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

MPF desarticula esquema de desvio de verba pública em prefeituras da PB

Um esquema de desvio de recursos públicos que deveriam ser aplicados na Saúde e Educação de municípios do Sertão paraibano foi desmantelado na manhã desta sexta-feira (4), na Operação Desumanidade, deflagrada pelo Ministério Público Federal (MPF). São cumpridos 18 mandados de busca e apreensão e dez conduções coercitivas, nas cidades de João Pessoa, Cabedelo, Bayeux, Emas e Patos. Todas as ordens judiciais foram expedidas pelo Tribunal Regional Federal da 5ª Região, em Recife.
Uma das pessoas investigadas na operação é o prefeito da cidade de Emas, Segundo Madruga. Equipes do MPF e da Polícia Rodoviária Federal (PRF) cumpriram mandado de busca e apreensão na casa do pai do gestor, na praia de Camboinha, em Cabedelo. O prefeito e um empresário do ramo da construção civil prestam esclarecimentos na sede do MPF em Patos.
A operação ocorre em conjunto com o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado do Ministério Público Estadual da Paraíba (Gaeco) e com a Controladoria-Geral da União (CGU). Executam as medidas dois procuradores regionais da República, seis procuradores da República, 22 promotores de Justiça do Gaeco e 12 auditores da CGU. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) presta segurança às equipes e auxilia no transporte de documentos e equipamentos apreendidos.
Portal Correio

MPF desarticula esquema de desvio de verba pública em prefeituras da PB

Prefeituras do Sertão são alvos da Operação Desumanidade
Um esquema de desvio de recursos públicos que deveriam ser aplicados na Saúde e Educação de municípios do Sertão paraibano foi desmantelado na manhã desta sexta-feira (4), na Operação Desumanidade, deflagrada pelo Ministério Público Federal (MPF). São cumpridos 18 mandados de busca e apreensão e dez conduções coercitivas, nas cidades de João Pessoa, Cabedelo, Bayeux, Emas e Patos. Todas as ordens judiciais foram expedidas pelo Tribunal Regional Federal da 5ª Região, em Recife.
Uma das pessoas investigadas na operação é o prefeito da cidade de Emas, Segundo Madruga. Equipes do MPF e da Polícia Rodoviária Federal (PRF) cumpriram mandado de busca e apreensão na casa do pai do gestor, na praia de Camboinha, em Cabedelo. O prefeito e um empresário do ramo da construção civil prestam esclarecimentos na sede do MPF em Patos.
A operação ocorre em conjunto com o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado do Ministério Público Estadual da Paraíba (Gaeco) e com a Controladoria-Geral da União (CGU). Executam as medidas dois procuradores regionais da República, seis procuradores da República, 22 promotores de Justiça do Gaeco e 12 auditores da CGU. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) presta segurança às equipes e auxilia no transporte de documentos e equipamentos apreendidos.

Pai tenta matar namorado da filha após descobrir que eles fizeram sexo antes do casamento


big_6bb0d4dc9a2557872dbb
Um homem de 22 anos, seu pai e sua mãe ficaram feridos após serem atingidos por disparos de arma de fogo na noite da quarta-feira (2), na cidade de Araruna, localizada no Agreste da Paraíba. Segundo a polícia civil do município, o suspeito do crime é o pai de uma jovem que teria um relacionamento com o homem baleado. A polícia acredita que o pai teria feito os disparos após descobrir que o rapaz teve relações sexuais com a sua filha e exigia o casamento dos dois.
De acordo com a polícia, os primeiros relatos colhidos apontam que o suspeito dos disparos procurou o rapaz para agilizar o casamento com a sua filha. O rapaz, por outro lado, disse não ter condições de casar no religioso, ao menos nesse primeiro momento. Contudo, assumiria a jovem como sua companheira. Ainda segundo a polícia, o rapaz já namorava com a filha do suspeito há dois anos.
Apesar disso, segundo a polícia, a resposta do rapaz não agradou o pai, que fez os disparos e atingiu não só o rapaz, mas também o pai e a mãe dele, que estavam na residência.
A polícia diz que os tiros atingiram os pulmões, perto do coração e o abdômen do rapaz. A mãe dele foi ferida na perna e o pai na mão. O homem foi encaminhado para o Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande, passou por cirurgia e seu estado de saúde é regular. Os pais dele receberam os primeiros socorros, mas passam bem, segundo a polícia

g1

Trio é executado com tiros na cabeça em Baía da Traição

Três homens foram executados na noite desta quinta-feira (3) numa praça do Centro da cidade de Baía de Traição, no Litoral Norte do Estado. De acordo com a polícia, as vítimas foram identificadas por Patrick, Renne e Fausto.
Eles foram mortos com tiros de espingarda calibre 12. Um deles havia sido detido numa operação da Polícia Militar no dia anterior, conforme disseram militares que atuam na área. Os autores do crime seriam membros de facções rivais.
“Ele estava com pouca droga, o que não configurou tráfico, por isso foi liberado”, explicou o capitão Alberto Filho, da Companhia de Mamanguape, que cobre a área.
Renata Nunes

Segurança planeja ações de repressão à violência no Litoral Sul

O secretário executivo da Segurança e da Defesa Social, Jean Nunes, se reuniu na manhã desta quarta-feira (2) com gestores das Polícias Militar e Civil integrantes a 6ª Área Integrada de Segurança Pública (Aisp), com sede em Alhandra, e que compreende ainda os municípios de Conde, Pedras de Fogo, Pitimbu e Caaporã, todos no Litoral Sul do Estado.
O objetivo da reunião foi traçar metas para o enfrentamento à violência na localidade, analisando dados do Núcleo de Análise Criminal e Estatística (Nace) da pasta. “Viemos planejar de perto ações de prevenção e repressão qualificada, para otimizar o trabalho de forma integrada, de acordo com o que prevê o Programa Paraíba Unida pela Paz. O nosso maior foco é a redução de crimes contra a vida, os Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI), que são os homicídios dolosos ou qualquer outro crime doloso que resulte em morte, mas também estamos voltados para a redução dos crimes patrimoniais e repressão ao tráfico de drogas e apreensão de armas de fogo”, explicou o secretário.
Jean Nunes ainda destacou que o policiamento na área será intensificado, principalmente durante o mês de dezembro e período de veraneio, por conta da movimentação na região litorânea.
Na sede da 6ª Delegacia Seccional estiveram presentes, além do secretário, o delegado geral de Polícia Civil, João Alves, o comandante do policiamento metropolitano, coronel Lívio Delgado, o titular da 1ª Superintendência de Polícia Civil, delegado Marcos Paulo Vilela, além dos gestores locais: delegado seccional Aneilton Castro e o comandante da 1ª Companhia Independente de Polícia Militar, capitão Kelton Pontes.
Operações – As operações Avalanche 1 e 2 foram realizadas no Litoral Sul da Paraíba de maneira integrada. No dia 27 de novembro, houve a ocupação da comunidade Conjunto Mangabeira, no município de Caaporã. Um dos presos na operação, José Augusto de Oliveira Beltrão, de 20 anos, era integrante de uma associação criminosa responsável pela prática de vários homicídios na região.
No dia 1 de dezembro, foram cumpridas 10 prisões de pessoas suspeitas de associação para o tráfico na região, com dois cumprimentos de mandados de prisão preventiva e uma prisão em flagrante em Pitimbu e ainda o cumprimento de sete mandados dentro do Sistema Prisional, em João Pessoa.

Secom PB

quinta-feira, 3 de dezembro de 2015

Câmara de Pedras de Fogo instala CPI para apurar irregularidades na educação do município


541912_152178724930746_1341602556_n
Vereador Leleo do Alternativo apresentou o pedido de CPI
A Câmara Municipal de Pedras de Fogo, no Litoral Sul da Paraíba, em atendimento a requerimento do vereador Gilvando  da Silva Pontes, mais conhecido como Leleo do Alternativo, instala CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) para apurar possíveis irregularidades no setor educacional do município.
O requerimento de Leleo do Alternativo foi subscrito por oito vereadores de Pedras de Fogo, e teve imediato acatamento do presidente da Câmara Municipal, vereador José Felinto de Sousa, o popular Pelé, que anuncia a conclusão dos trabalhos da CPI dentro de 90 dias.
Segundo Pelé, o requerimento do vereador Leleo do Alternativo atende a reclames e denúncias de pais de alunos da rede municipal de ensino, dando conta de que a merenda fornecida nos estabelecimentos escolares não apresenta nem a quantidade e nem a qualidade exigidas pelos órgãos públicos responsáveis por seu fornecimento.
O problema em questão, segundo o requerente da CPI, tem provocado  uma certa evasão de alunos da rede pública municipal de ensino, além de gerar o que ele chama de ‘indesejável constrangimento aos pais, que vêm o Ano Letivo em curso, de uma certa forma, prejudicado.
Recesso e compromissos em dia – A Câmara de Vereadores de Pedras de Fogo entrou em recesso no dia 30 último, e, ainda segundo Pelé, fechou o atual semestre legislativo com todos os compromissos rigorosamente em dia, pagando os salários e a segunda parcela do 13º salário, aos servidores, além de honrar débitos (programados) a fornecedores e de recolher, de igual forma, despesas relativas a encargos sociais.




Assessoria

Casal e neta são amarrados durante assalto na PB; bandidos roubaram R$ 2,4 mil e eletrônicos

Três pessoas da mesma família foram feitas reféns e amarradas por assaltantes na noite dessa terça-feira (1º) na cidade de Puxinanã (Agreste do estado, a 121 km de João Pessoa). Os bandidos invadiram a casa por volta das 20h30 e renderam um casal e a neta deles.
Segundo a Polícia Militar, com base no relato das vítimas, três homens armados participaram da ação. Os bandidos roubaram cerca de R$ 2.400, uma espingarda artesanal e vários aparelhos eletrônicos. As vítimas foram resgatadas pelo filho do casal, que chegou a casa minutos após a saída dos assaltantes.
A polícia realizou buscas na região, mas até as 8h desta quarta-feira (2) nenhum suspeito tinha sido preso.

Portal Correio

Paraibanos são resgatados pela PRF na Bahia quando iriam para trabalho escravo em MG

Auditores fiscais do Ministério do Trabalho e Previdência Social (MTPS), lotados na Gerência Regional do Trabalho e Emprego (GRTE) em Feira de Santana (BA), resgataram 16 trabalhadores de condições degradantes em operação realizada no último dia 27, na cidade de Lamarão, próximo à Feira de Santana.A informação só foi divulgada nesta quarta-feira (2).
Os resgatados foram aliciados na cidade de Malta, na Paraíba, pelo dono do caminhão, e seriam transportados até a cidade de Governador Valadares, em Minas Gerais, juntamente com as mercadorias a serem vendidas no local de destino. A previsão era de que eles permanecessem em torno de quatro meses em Minas Gerais vendendo redes, tapetes e artesanatos na região de Governador Valadares, produtos comprados do dono do caminhão.
O grupo, que era transportado dentro do baú de um caminhão e foi interceptado na BR-116, viajava solto, deitado no assoalho do veículo, acomodado junto a mercadorias, em condições que colocavam em risco sua integridade física, sujeito à asfixia e a esmagamento pela carga. A situação foi caracterizada como análoga à escravidão.
A operação, realizada durante a madrugada, contou com o apoio da Polícia Rodoviária Federal (PRF).
De acordo com os auditores, o baú do veículo estava com 80% da área ocupada por mercadorias e os trabalhadores ocupavam o espaço que sobrava. A ventilação era insuficiente, uma vez que existiam apenas duas janelas de pequenas dimensões para a circulação de ar. Dois trabalhadores que estavam na cabine do veículo eram menores de 18 anos.
Os auditores fiscais providenciaram o retorno dos trabalhadores em uma van de Lamarão até a GRTE em Feira de Santana para os procedimentos de praxe, depoimentos dos envolvidos, cálculo das verbas rescisórias e o fornecimento dos requerimentos de seguro-desemprego dos trabalhadores resgatados.  Os custos com hospedagem, alimentação e transporte para a localidade de origem ficaram a cargo do dono do caminhão, que se deslocava juntamente com os trabalhadores.
As irregularidades constatadas pela equipe fiscal do MTPS motivaram a aplicação de penalidade administrativa por meio da lavratura de autos de infração e posterior encaminhamento aos órgãos competentes para a apuração de punições civis e penais.

Portal Correio

terça-feira, 1 de dezembro de 2015

Paraíba registra mais de mil mortes violentas de jovens em um ano

O número de mortes violentas de jovens com idade de 15 a 29 anos em 2014 foi quase o dobro do total de mortes naturais nesta faixa etária. Segundo as Estatísticas do Registro Civil, divulgadas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta segunda-feira (30), foram registradas 1.079 mortes violentas entre os jovens com idades de 15 a 29 anos, enquanto as mortes naturais totalizaram 543 casos.
Em 2013, foram registradas 1.080 mortes violentas entre os jovens e 646 mortes naturais. Ainda de acordo com os dados do IBGE, os jovens são os que mais morrem de forma violenta.
Considerando todas as faixas etárias, foram totalizadas 2.506 mortes violentas e 22.507 mortes naturais em todo o estado em 2014. Em 2013, foram contabilizadas 2.476 mortes violentas e 23.103 mortes naturais.
Nascimentos
No ano de 2014, foram registrados 53.305 nascimentos na Paraíba. Em relação a 2013, quando foram registrados 52.621 nascimentos, houve um crescimento de 1,3%. A faixa etária média das mães no momento do parto no ano da pesquisa foi de 20 a 24 anos, com 14.391 registros.
Casamentos e divórcios
Segundo as estatísticas do Registro Civil, em 2014 foram registrados 4.801 divórcios na Paraíba. O número subiu em relação a 2013, quando 4.523 casais divorciaram, mas é menor que o número de divórcios registrados em 2012, que foi de 5.082. A maior parte dos divórcios registradas no ano passado (888 casos) aconteceu em casamentos com 26 anos ou mais de duração.
O número de casamentos registrados no ano passado também subiu em relação aos dados de 2013. De acordo com a estatística, 20.537 casamentos foram realizados em 2014, contra 19.538 em 2013. Dos casamentos registrados no ano passado, 31 foram homoafetivos, sendo que 16 foram entre casais do sexo masculino e 17, do sexo feminino.
Com G1

Litoral sul registra pelo menos três homicídio em apenas uma noite

5fe204f92720151130084200Pelo menos três mortes foram registradas no Litoral Sul paraibano na noite deste domingo (29). Os casos aconteceram em Acaú, distrito de Pitimbu; Pedras de Fogo, e na Mata de Chica, região do Conde. Houve o levantamento de mais três assassinatos em Pitimbu, mas a Polícia Militar da 1ª Companhia Independente, responsável pelo policiamento na área, não confirmou esses casos.
Em Acaú
João David Machado, de 28 anos, foi assassinado a tiros na noite deste domingo na localidade conhecida como Rua do Povo. Ele era ajudante de pedreiro e, depois da execução, o autor do crime jogou o corpo no mangue.
Duplo homicídio em Pitimbu
Existe a informação de que ainda aconteceu outro assassinato e um duplo homicídio na região, mas a PM da área confirma apenas um caso em Pitimbu, outro em Pedras de Fogo e mais um no Conde. Segundo informações, o duplo homicídio foi registrado também na Rua do Povo, em Acaú, onde o corpo de João David foi encontrado.
No Conde
O cadáver de um homem foi encontrado na região conhecida como Mata de Chica, no Conde. Havia sinais de disparos de arma de fogo. A vítima foi identificada como Marcone, de 32 anos. Ele estava acompanhado de um primo, identificado como Edson, de 36 anos, o qual foi baleado na perna e socorrido para o Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena.
Segundo boletim médico da unidade, Edson foi atendido pelo Samu, deu entrada no hospital às 2h10 de hoje e segue internado em estado regular após cirurgia. A PM da região coletou informações de que Marcone teria boas referências de conduta e nenhuma passagem pela polícia. Já sobre o Edson, a família não soube informar as procedências e disse apenas que ele mora em Mangabeira, na Capital.
Em Pedras de Fogo
Um homem foi morto em um bar no Sítio Santa Terezinha na Zona Rural de Pedras de Fogo após uma discussão com o dono do estabelecimento. Segundo informações, a vítima teria uma dívida de R$ 90 com o proprietário do bar.
Ele teria se armado com uma faca e perfurado várias vezes o agricultor de 45 anos, identificado apenas como Bartolomeu. O homem não teve chances de socorro e morreu no local. O autor do crime fugiu.
Motivos e autores
Com exceção do último caso, nas outras mortes não há confirmação ou suspeita do motivo e os nomes dos autores. Nenhum acusado foi detido até as 8h desta segunda-feira.
Por Lucas Isídio
Tambaú 247

VISITANTES

busca no blog