Páginas

Amigos de Caaporã

SHOPPING LUX MAGAZINE

terça-feira, 20 de maio de 2014

Assinado protocolo para instalação de 4 empresas e construção do Parque Industrial de Caaporã

cinep-novo-polo-industrial-em-caapora-foto-jose-marques-5-300x199
O Governo do Estado assinou protocolo de intenção com as empresas Votorantim, Moais, LM-Came e Paulista Praia Hotel, que vão se instalar na Paraíba. Juntas, elas devem vão gerar 585 empregos diretos. Na solenidade, que aconteceu na manhã desta segunda-feira (19), no Palácio da Redenção, também foi assinada a ordem de serviço para a construção da primeira etapa do novo Parque Industrial de Caaporã. O local vai abrigar empresas de grande porte, aproveitando a vocação da região como polo cimenteiro, automotivo, do setor de vidro e químico.
Para o governador Ricardo Coutinho, a assinatura do protocolo de intenção com as quatro empresas e a ordem de serviço para construção do novo parque industrial de Caaporã incentiva a competitividade do Estado. “Com o parque, nós teremos uma competitividade bastante importante até mesmo com os setores que já estão instalados no vizinho Estado de Pernambuco. Além disso, nós estamos mostrando a força da Mata Sul neste momento. Além disso, estamos aqui apresentando mais quatro grandes empresas que serão instaladas e vão gerar emprego”, afirmou.
cinep novo polo industrial em caapora foto jose marques (5), Governo do Estado assina protocolo para instalação de 4 empresas e construção do Parque Industrial de CaaporãO secretário executivo da Indústria e do Comércio, Marcos Procópio, ressaltou a importância das novas indústrias para o desenvolvimento do Estado. “A Paraíba vive um momento muito virtuoso, como demonstram os números do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) e PIB. Segundo o Caged, por exemplo, de fevereiro de 2013 a março de 2014, a Paraíba ficou em primeiro lugar no Brasil em crescimento de empregos relativos. É importante que o emprego seja gerado dentro do nosso território”, destacou.
A presidente da Companhia de Desenvolvimento da Paraíba (Cinep-PB), Tatiana Domiciano, destacou que o parque industrial terá capacidade para abrigar várias empresas de grande porte. “O Parque Industrial de Caaporã vai abrigar empresas de grande porte que vão atender a cadeia produtiva não só do polo cimenteiro, mas também do setor automotivo, vidro e química”, disse. “O investimento total é de R$ 40 milhões. Hoje assinamos a ordem de serviço da primeira etapa, que vai abranger em torno de R$ 6,7 milhões em investimentos. Serão ao todo 49 quadras, divididas em lotes, que darão para abrigar uma média de 50 grandes empresas”, explicou.
cinep novo polo industrial em caapora foto jose marques (1), Governo do Estado assina protocolo para instalação de 4 empresas e construção do Parque Industrial de CaaporãTatiana Domiciano também aproveitou para ressaltar o aumento da capacidade de produção cimenteira com a chegada da Votorantim na Paraíba. “O grupo Votorantim conclui agora as quatro indústrias cimenteiras instaladas na Paraíba que, juntas, vão colocar o nosso Estado no patamar de segundo lugar em produção de cimento”, observou.
O diretor executivo Global de Energia, Sustentabilidade e Segurança da Votorantim Cimentos, Edvaldo Rabelo, ressaltou que a nova fábrica deverá começar a ser construída no próximo ano. “Acreditamos que teremos a licença de instalação ainda este ano. E a partir disso faremos a construção da fábrica em 24 meses”, previu. “A aplicação de incentivos fiscais pelo Governo do Estado, aliada ao crescimento do mercado no Nordeste, a boa infraestrutura da Paraíba e a presença dos recursos minerais fez com que a gente tomasse a decisão de fazer essa fábrica aqui, no município de Caaporã”, afirmou.
Durante a solenidade desta segunda-feira, o diretor presidente da empresa Moais, Edinson Munoz, falou em nome das quatro empresas parceiras. “Essa é a nossa primeira empresa no Nordeste. Agradecemos o apoio e o incentivo. Só temos que contribuir como crescimento desse Estado”, enfatizou.
Investimento 
O investimento estimado da Votorantim na construção de uma fábrica no município de Caaporã, gerando cerca de 200 empregos diretos, será de R$ 700 milhões. Enquanto isso, a LM-Came vai atender a fábrica da Fiat, que está sendo construída em Goiana (PE), e também será construída no mesmo município. A empresa projeta, fabrica e instala desde simples dispositivos até completas linhas de solda e montagem para a indústria automobilística. O investimento é de R$ 5,5 milhões e a expectativa é que 80 empregos sejam criados.
O outro empreendimento que assinou o protocolo com o Governo do Estado foi o Paulista Praia Hotel, empresa do Grupo Pontes Hotéis e Resorts, que edificará um hotel também em Caaporã. O investimento é estimado em R$ 10 milhões e vai gerar 55 empregos diretos.
A quarta empresa a ser instalada é a Moais, que investirá R$ 3 milhões na construção de uma fábrica em João Pessoa e gerará 250 novos postos de trabalho. Ela é responsável pela fabricação de uniformes profissionais, acessórios militares, confecção de artigos de cama, mesa e banho, calçados, artigos esportivos, artigos de camping, artefatos e roupas de couro e equipamentos de proteção individual (EPI).

(Fotos: Secom-PB / José Marques)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários sobre as publicações nesse blog passarão pelo moderador e só publicaremos comentários de pessoas que estiverem devidamente identificadas e que não denigram a imagem de outrem.

VISITANTES

busca no blog