Páginas

Amigos de Caaporã

SHOPPING LUX MAGAZINE

sexta-feira, 4 de abril de 2014

Justiça afasta Rosilene Gomes do cargo de presidente da FPF por três meses

110015,362,80,0,0,362,271,0,0,0,0
A presidente da Federação Paraibana de Futebol (FPF), Rosilene Gomes, foi afastada do cargo na tarde desta quinta-feira (3). A decisão foi tomada pela juíza da 8ª Vara Cívil, Renata Câmara. A informação foi confirmada pelo procurador do Estado e vice-presidente do Botafogo, Ariano Wanderley.
Uma junta administrativa foi formada para comandar a entidade durante 90 dias. Passam a governar a FPF Ariano Wanderley, o ex-deputado João Máximo Malheiros Feliciano e Eduardo Faustino Diniz.
Em entrevista ao programa Balanço Geral, da rádio 98 FM, Ariano Wanderley explicou que Rosilene Gomes foi deposta por causa de irregularidades nas eleições de 2010. De acordo com o procurador, a suposta fraude foi denunciada pela diretoria do Auto Esporte, que pediu a anulação do pleito. A solicitação foi acatada pela Justiça paraibana e novas eleições devem ser realizadas em breve.
Portal Correio entrou em contato com Rosilene Gomes, mas a pessoa que atendeu o celular disse que ela havia esquecido o aparelho e só teria acesso ao dispositivo móvel novamente nesta sexta-feira (4).
O assessor dela, Geraldo Varela, também foi procurado pelo Portal Correio, mas os dois telefones dele não foram atendidos.

Portal Correio

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários sobre as publicações nesse blog passarão pelo moderador e só publicaremos comentários de pessoas que estiverem devidamente identificadas e que não denigram a imagem de outrem.

VISITANTES

busca no blog