Páginas

Amigos de Caaporã

SHOPPING LUX MAGAZINE

terça-feira, 17 de dezembro de 2013

Prefeito Luciano Cartaxo faz novas mudanças e exonera três secretários municipais

Pasta da Receita Municipal, não ficará mais sob a responsabilidade de Fábio Guerra, passando ao comando interino do secretário-adjunto
 Por Redação, com assessoria
Reprodução/ EstadopbLuciano Cartaxo
Luciano Cartaxo
O prefeito de Luciano Cartaxo decidiu mudar, no início da noite desta segunda-feira, os titulares de três das mais importantes secretarias de sua gestão. Foram exonerados dos cargos, Aldo Prestes, que comandava Secretaria de Finanças, Raimundo Nunes, que estava a frente da Secretaria Municipal do Trabalho, Produção e Renda e Fábio Guerra, da Receita Municipal.
A Secretaria de Comunicação divulgou nota oficial confirmando a saída destes secretários. Contudo, a não explica os motivos de cada exoneração. Eis a nota na íntegra:
O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, anunciou, na noite desta segunda-feira (16), mudanças em seu secretariado. Aldo Prestes deixa de responder pela pasta das Finanças, que ficará sob o comando interino do secretário adjunto, o contador e especialista em finanças públicas Bruno Sitônio.
Outra alteração acontece na Secretaria Municipal do Trabalho, Produção e Renda, que deixa de ser liderada por Raimundo Nunes, e passa a ter como titular o empresário e bacharel em Direito Diego Tavares.
A última mudança acontece na pasta da Receita Municipal, que não ficará mais sob a responsabilidade de Fábio Guerra, passando ao comando interino do secretário-adjunto, o contador e agente fiscal Adenilson Ferreira.
Outras mudanças - Em outubro, o prefeito anunciou a troca do escritor e jornalista Marcus Alves, que ocupava a Secretaria de Comunicação, pelo publicitário e executivo, Cacá Martins. Marcus Alves continua na prefeitura, onde responde pela coordenadoria de Projetos Especiais da Prefeitura, órgão vinculado ao gabinete do prefeito.
Em abril, o então secretário de Saúde de João Pessoa, Lindemberg Medeiros, pediu exoneração do cargo em que ocupa sendo substituído por Adalberto Fulgêncio, advogado e gestor público no Ministério da Saúde.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários sobre as publicações nesse blog passarão pelo moderador e só publicaremos comentários de pessoas que estiverem devidamente identificadas e que não denigram a imagem de outrem.

VISITANTES

busca no blog