Páginas

Amigos de Caaporã

SHOPPING LUX MAGAZINE

quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

Construtora Coenco é penalizada pela justiça por abandonar obras na cidade de Caaporã

fffffffffffffffffffffffffffffffA guerra judicial entre a prefeitura de Caapora e a construtora Coenco chegou ao fim com a decisão favorável ao prefeito, Dr. João Batista Soares que agora pode contratar outra empresa e reiniciar as obras na cidade que foram paralisadas após a construtura abandonar o trabalho. O prefeito de Caaporã, falou sobre os transtornos que a Empresa Coenco Construções e Empreendimentos causou. Pois após vencer a licitação (tomada de preço) para construir a estação de Tratamento de Esgoto da cidade, não cumpriu prazos e aumentou gastos.
Como o contrato não poderia ter elevação de despesas, a construtora abandonou a obra e deixou a cidade toda esburacada, causando um grande transtorno até hoje a população caaporense. A confusão foi parar na justiça e a prefeitura teve o bloqueio das verbas federais e ficou impedida de contratar outra empresa para dar continuidade aos trabalhos, causando assim muitos aborrecimentos a gestão que ficou de mãos atadas.
Mas, com a decisão judicial desta sexta-feira (06), que multou a Coenco em mais de 700 mil reais e deu parecer favorável a prefeitura municipal. O prefeito poderá contratar com urgência uma nova empresa e as obras serão retomadas ainda está semana.
“Mais uma vez peço desculpas a população, que sofreu com esses transtornos causados por essa empresa, mas, com essa decisão judicial, restabelecemos a verdade. Uma nova empresa irá finalizar as obras da estação de tratamento de esgoto e nossa cidade ficará ainda melhor”, garantiu o gestor.

Portal do Litoral PB

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários sobre as publicações nesse blog passarão pelo moderador e só publicaremos comentários de pessoas que estiverem devidamente identificadas e que não denigram a imagem de outrem.

VISITANTES

busca no blog