Páginas

Amigos de Caaporã

SHOPPING LUX MAGAZINE

quinta-feira, 24 de outubro de 2013

Polícia promete chegar aos receptadores dos produtos roubados por adolescentes

O delegado seccional de Polícia Civil em Campina Grande, Iasley Almeida, disse em entrevista coletiva à imprensa na manhã dessa quarta-feira (23) que as investigações sobre as quadrilhas de assaltos a residências e estabelecimentos comerciais não cessaram após a prisão de dois grupos acusados dos crimes.
De acordo com Iasley, pelo menos nove suspeitos apontados como executores dos delitos, entre eles cinco menores de idade, foram identificados e presos pela polícia Militar, mas as responsabilidades irão recair também sobre quem está comprando os produtos roubados.
- Vai o recado para quem está receptando essas mercadorias: nós vamos alcançar essas pessoas. Quem está receptando essas mercadorias também será alvo das operações desencadeadas pelas polícias Civil e Militar – disse o delegado.
O primeiro grupo, formado por dois homens e dois adolescentes, foi preso na última sexta-feira (18), pela Força Tática da Polícia Militar. A Polícia Civil investigou os suspeitos e descobriu que duas óticas no Centro de Campina foram alvos dessa quadrilha. “Então, são mais dois crimes que eles irão responder”, frisou Iasley.
Na segunda prisão, efetuada pela ROTAM, foram três adolescentes apreendidos e dois homens presos. Eles já vinham sendo monitorados pela Polícia Civil, devido aos vários crimes cometidos em Campina, e também deverão passar mais tempo presos, por causa desse trabalho de investigação.
- Por isso que nós pedimos às pessoas que foram vítimas dessas quadrilhas: venham à delegacia fazer o reconhecimento, porque quanto mais crimes confirmados, mais tempo eles passam fora de circulação. Se eles cometeram dez crimes, eles devem pagar pelos dez delitos – concluiu o delegado.

Redação com Secom-PB

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários sobre as publicações nesse blog passarão pelo moderador e só publicaremos comentários de pessoas que estiverem devidamente identificadas e que não denigram a imagem de outrem.

VISITANTES

busca no blog