Páginas

Amigos de Caaporã

SHOPPING LUX MAGAZINE

quinta-feira, 24 de outubro de 2013

COUTO: vender recém-nascidos é nova modalidade do tráfico

“Crianças estão sendo vendidas como mercadoria”, alerta petista


O vice-presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Tráfico de Pessoas no Brasil, deputado Luiz Couto (PT-PB), denuncia que a venda de recém-nascidos é a nova modalidade implantada pelos traficantes de seres humanos.

 "Essas crianças estão sendo vendidas como mercadoria e os preços são pagos com engano e falsas promessas. Existem casos como o que aconteceu na Região Metropolitana de Minas Gerais, onde uma empresária comprou um recém-nascido e ficou esperando o seu nascimento para levá-lo".


Luiz Couto destaca que a facilidade para praticar esse crime é tanta que basta escrever algumas palavras no sistema de busca on-line para localizar dezenas de mulheres, de diferentes idades e origens, dispostas a doar ou adotar crianças.

O parlamentar ressalta que o negócio excede as páginas do facebook, "utilizadas por mal intencionados", como o caso também de um casal de Jaboatão dos Guararapes - Pernambuco, detido quando tentava vender a filha de dois anos numa estação de metrô do município.


Couto lamenta que uma onda de investigações de situações relacionadas à venda e adoção de crianças pela web, "que se alastrou por todo o país e foi notícia em diversos países", ainda caminhe a passos lentos.


"Um fato interessante e recente foi o da estudante de administração que negociou a filha pelo facebook por R$ 50 mil. Esta ocorrência, entregue pela polícia ao Ministério Público de Pernambuco, está sendo investigada pela CPI do Tráfico de Pessoas", informa.

 Para Luiz Couto, a venda de crianças precisa ser enfrentada. "Por isso, como vice-presidente da CPI, afirmo que estamos trabalhando por uma nova legislação dentro e fora da internet e, até novembro, estaremos apresentando um relatório preliminar para que umprojeto possa ser aprovado e transformado em uma lei mais rigorosa e eficaz".


Assessoria de Luiz Couto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários sobre as publicações nesse blog passarão pelo moderador e só publicaremos comentários de pessoas que estiverem devidamente identificadas e que não denigram a imagem de outrem.

VISITANTES

busca no blog