Páginas

Amigos de Caaporã

SHOPPING LUX MAGAZINE

quarta-feira, 5 de junho de 2013

Tubarão Martelo de 600 kg é capturado em Jacumã

A carne será vendida no Mercado do Peixe, localizado na praia de Tambaú em João Pessoa
Reprodução Lucilene Araújo 12
Tubarão Martelo
Um tubarão da espécie Martelo, com cerca de 600 kg, foi capturado por pescadores, na praia de Jacumã (Litoral Sul), na madrugada desta terça-feira (4). O animal era do sexo feminino e estava esperando cerca de 20 filhotes.
Os pescadores comemoram a captura do animal e afirmaram que podem lucrar, só com a venda da carne, até R$ 1,5 mil. A carne será vendida no Mercado do Peixe, localizado na praia de Tambaú em João Pessoa. 
De acordo com biólogo José Carlos Pacheco, da Universidade Federal Rural de Pernambuco, a espécie martelo não é um tubarão tão agressivo quanto um Cabeça Chata ou um Tigre. Contudo, como é um animal de grande porte pode ocasionar um acidente, caso ele se depare com um banhista.
Tubarão-martelo
Estima-se que existam cerca de 400 espécies diferentes de tubarão no mundo. Só no Brasil, uma média de 100 tipos foram identificados, mas apenas quatro são considerados agressivos e potencialmente perigosos: o tigre, o cabeça-chata, o galha-preta e o tubarão-martelo de grande porte. 
É uma espécie de tubarão corpulento. Cabeça larga e achatada. Focinho curto e razoavelmente arredondado ou truncado em vista dorso ventral. 
Habitat e hábitos
É um tubarão comum em águas tropicais e temperadas - costeiros e pelágicos. No Brasil, é mais comum no Nordeste. Aparentemente com hábitos noturnos. É uma espécie considerada perigosa. 
Alimenta-se do que puder abocanhar, desde caranguejos até grandes peixes, tartarugas etc. É conhecido como "lixeira de nadadeiras". É responsável por mais de 30 casos comprovados. É considerado o mais perigoso depois do tubarão branco. Foram registrados casos de ataques contra embarcações. Em Praia do Forte, na Bahia, um exemplar do tubarão foi capturado com parte da bacia e fêmur de um ser humano.
Geralmente as fêmeas produzem de 30 a 50 filhotes. Os casos extremos conhecidos são 10 e 82, que nascem com cerca de 45 a 80 cm de comprimento.
O maior exemplar já medido foi capturado em Cuba com 5,5 m. O peso de uma espécie de 4 m varia de 450kg a 600 kg.
Sua carne é utilizada fresca, seca-salgada ou defumada para consumo humano. Sua pele é usada como couro para confecção de vários produtos. Suas nadadeiras são utilizadas em sopas. E ocorre a extração do óleo de fígado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários sobre as publicações nesse blog passarão pelo moderador e só publicaremos comentários de pessoas que estiverem devidamente identificadas e que não denigram a imagem de outrem.

VISITANTES

busca no blog