Páginas

Amigos de Caaporã

SHOPPING LUX MAGAZINE

quarta-feira, 10 de abril de 2013

Obra da Translitorânea, de R$ 105 milhões, está com 95% dos trabalhos concluídos

Água para 1 milhão de pessoas. A obra de Ampliação do Sistema de Abastecimento de Água da região metropolitana da Capital, a chamada Transposição Litorânea, está com 95% dos trabalhos concluídos. A Translitorânea vai ampliar a capacidade de captação, tratamento e distribuição de água, a fim de atender às necessidades das cidades de João Pessoa, Cabedelo, Bayeux, Santa Rita e Conde.
O Governo do Estado investiu R$105.180.733,33 milhões. Para a execução da automação do sistema foi contratado, recentemente, o Consórcio Abiaí-Papocas, no valor de R$ 19.251.115,35. A empresa está iniciando os serviços.
De acordo com o engenheiro da Cagepa, Mateus Meira Ramos, o sistema adutor Translitorânea se constitui nas seguintes obras estruturantes: captação com canal de aproximação, em Alhandra; duas estações elevatórias de água bruta; duas adutoras de água bruta; um reservatório apoiado; um stand pipe (unidade que proporciona a mudança de regime de recalque para gravidade) e a Estação de Tratamento de Água Gramame. Para atender a futura demanda do novo sistema adutor a estação vai ter a capacidade de tratamento de água dobrada, passando de 1.917 litros por segundo para 3.834 litros por segundo.
A captação da água será feita no município de Alhandra, Litoral Sul, por meio do canal de aproximação de seção trapezoidal escavado em solo natural e diques em enrocamento de pedra arrumada.
As estações elevatórias de água bruta são estruturas em concreto armado compostas de canal de captação, desarenador, poço de sucção, dois conjuntos motor-bomba e subestação elétrica.
Uma das adutoras de água bruta em ferro fundido de 800 milímetros tem extensão de 4,8 quilômetros. A segunda adutora tem extensão de 23 quilômetros. Está concluída e testada. O reservatório apoiado reúne todas as captações a serem executadas no projeto. Tem capacidade total de 10 mil metros cúbicos d´água, sendo composto  de duas câmaras, com 5 mil metros cúbicos cada.

 Secom PB

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários sobre as publicações nesse blog passarão pelo moderador e só publicaremos comentários de pessoas que estiverem devidamente identificadas e que não denigram a imagem de outrem.

VISITANTES

busca no blog