Páginas

Amigos de Caaporã

SHOPPING LUX MAGAZINE

quarta-feira, 10 de abril de 2013

“Eu sei que vou morrer”, relata assassino da estudante Fernanda Ellen

Jefferson diz que “vai pagar caro” por ter cometido o assassinato da estudante


O assassino da morte da estudante Fernanda Ellen confessou em entrevista ao repórter Emerson Marchado, da TV Correio, que merece morrer pelo que fez com a garota.

“Eu mereço a morte. Eu sei que vou morrer e vou pagar caro”, disse Jefferson Luís de Oliveira Soares, 25 anos, ao repórter.

Jefferson também revelou detalhes do encontro que teve ontem com os pais de Fernanda Ellen na tarde de ontem e disse que não teve coragem de olhar na face do caminhoneiro Fábio Júnior.

“Ele perguntou porque eu fiz isso e eu não respondi muitas coisas porque não agüentei nem olhar nos olhos dele”, afirmou.

O assassino disse que chegou a ir as lágrimas quando viu a mãe de Fernanda Ellen chorando.

“Eu fechava e ia chorar também”.

Jefferson disse que diante da repercussão do sumiço da garota pensou várias vezes em se entregar a Polícia, mas recuou por “medo”.

Acusado também de tentativas de estupro, o assassino disse que não é “doente” nem “psicopata” e afirmou que não teve relação sexual com Fernanda Ellen.

O corpo de Fernanda Ellen foi encontrado na noite da última segunda-feira (8) enterrado em uma cova rasa no quintal do acusado que era vizinho da família da vítima, no bairro do Alto do Mateus, em João Pessoa. A garota estava desaparecida desde o último dia 7 de janeiro de 2013 após ir a escola buscar um boletim escolar


Roberto Targino - MaisPB

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários sobre as publicações nesse blog passarão pelo moderador e só publicaremos comentários de pessoas que estiverem devidamente identificadas e que não denigram a imagem de outrem.

VISITANTES

busca no blog