Páginas

Amigos de Caaporã

SHOPPING LUX MAGAZINE

terça-feira, 9 de abril de 2013

10 empresas serão instaladas na Paraíba e contemplarão 8 cidades

O evento que isentará as empresas será nesta segunda-feira quando o governador da paraíba, Ricardo Coutinho, assina o decreto.

Cinep
Internet Sandálias da Copa 2014 - Empresa Amazonas
Sandálias da Copa 2014 - Empresa Amazonas
Dez empresas vão se instalar na Paraíba após um decreto Governo Estadual que garante isenção fiscal para empresas que se instalarão no Estado. Com os benefícios, as empresas poderão gerar 875 novos postos de trabalho para os paraibanos em oito cidades.
As empresas  Brasil Solair e Amazonas funcionarão em João Pessoa e serão beneficiados com a resolução do Conselho Deliberativo do FAIN (Fundo de Apoio ao Desenvolvimento Industrial da Paraíba) com base em estudos de viabilidade realizados pela Companhia Paraibana de Desenvolvimento (CINEP).
Brasil Solair é uma indústria de energia sustentável e trará para João Pessoa a primeira fábrica de painéis fotovoltaicos (solares) no Brasil. Os investimentos previstos são de aproximadamente R$ 20 milhões e perspectiva é de geração de 74 novos postos de trabalho na Paraíba.
Já a empresa Amazonas tem o selo oficial para produção dos calçados da Copa do Mundo FIFA 2014. O benefício do governo permitirá a criação de 243 novos postos de trabalho, com uma projeção de R$ 41,6 milhões na produção.
A economia estadual deverá receber uma injeção de mais de R$ 203 milhões da iniciativa privada. Os projetos de instalação das empresas contemplam oito cidades do estado (Ingá, Campina Grande, Lucena, Santa Rita, Sousa, Cajazeiras e João Pessoa), promovendo o desenvolvimento na Paraíba de acordo com a potencialidade de cada região. Os setores da economia contemplados incluem empresas de produção cimenteira, produção metalúrgica, calçadista e de tecnologia sustentável.
O evento que isentará as empresas será nesta segunda-feira (8) quando o governador da paraíba, Ricardo Coutinho, assina o decreto. A solenidade acontecerá na manhã desta segunda no Palácio da Redenção.
Grupo Amazonas- Empresa com mais de 30 anos de atividade, escolheu a Paraíba para instalar sua fábrica de calçados que tem a certificação para produzir as sandálias oficiais da Copa do Mundo FIFA 2014. Projeto de produção em João Pessoa deverá criar 243 novas vagas de emprego com um investimento previsto de R$ 41,6 milhões.

O Grupo Amazonas iniciou suas atividades na cidade de Franca/SP em 14 de março de 1947, por alguns empreendedores que iniciaram a Manufatureira de Borracha Amazonas para produzir saltos de borracha vulcanizada e concorrer com os saltos importados, fabricados nos Estados Unidos. A empresa logo atingiu seus objetivos: os saltos Amazonas eram mais econômicos, mais duráveis e bem mais fáceis de serem encontrados no mercado. Com o sucesso alcançado em dois anos, a pequena indústria pôde ampliar suas instalações e, com isso aprimorar a produção.

No início dos anos 70, a empresa já fabricava também placas de borracha, adesivos e ensaiava os primeiros passos na produção de solados de borracha termoplástica (TR) e poliuretano (PU). Consequentemente, a modesta sede foi substituída por um moderno conjunto de prédios que até hoje abriga uma das unidades industriais do Grupo Amazonas. Foi também nesta década que passou a ostentar, além da matriz, outras duas unidades de produção. A primeira a ser aberta fora de Franca foi em João Pessoa, capital da Paraíba. Com a unidade em Novo Hamburgo/RS, a expansão do grupo estava decretada.

Atualmente, com aproximadamente 3 mil colaboradores, o Grupo Amazonas é o maior fabricante de componentes para calçados, móveis e embalagens da América Latina, e um dos maiores do mundo. Amazonas, é a marca de solados e adesivos mais lembrada entre os consumidores brasileiros e a segunda mais lembrada no mundo. Seus produtos são exportados para todos os continentes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários sobre as publicações nesse blog passarão pelo moderador e só publicaremos comentários de pessoas que estiverem devidamente identificadas e que não denigram a imagem de outrem.

VISITANTES

busca no blog