Páginas

Amigos de Caaporã

SHOPPING LUX MAGAZINE

quinta-feira, 14 de março de 2013

TRE-PB tenta concluir julgamento de processo de Esperança nesta quinta


Depois de ser adiado por conta da polêmica formada, na última segunda-feira (11), em torno da recontagem de votos dos deputados estaduais, o processo que envolve o impasse das eleições 2012, em Esperança, deve ser julgado nesta quinta-feira (14) e o município finalmente pode conhecer o seu novo prefeito. Está na pauta do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) o recurso de Anderson Monteiro (PSC), candidato mais votado à prefeitura. Caso a corte libere a candidatura, ele deve ser diplomado e assumir como novo prefeito da cidade.

Anderson entrou na disputa na última hora em substituição ao deputado estadual Arnaldo Monteiro (PSC), seu pai. No entanto, a juíza Lua Yamaoka, da 19ª Zona Eleitoral, considerou o candidato inelegível em função de uma condenação por irregularidade em doação para a campanha de Arnaldo, nas eleições de 2010, sendo enquadrado assim na Lei da Ficha Limpa.

No pleito de 2012, ele foi o mais votado, com 50,93% dos votos válidos. Ele derrotou nas urnas Nilber Almeida (PSB), que também teve a candidatura indeferida por ter apresentado documentação incompleta à Justiça Eleitoral. No entanto, no dia 25 de fevereiro, o TRE liberou Nilber, mas negou o pedido para determinar a diplomação dele.

Anderson e Nilber foram os únicos que disputaram as eleições para a prefeitura de Esperança. Como eles foram barrados, a cidade está sendo administrada de forma interina pela presidente da Câmara Municipal, vereadora Cristina Almeida (PSB). Quando indeferiu os dois registros, a juíza Lua Yamaoka opinou pela realização de novas eleições.

 Fonte: PolíticaPB

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários sobre as publicações nesse blog passarão pelo moderador e só publicaremos comentários de pessoas que estiverem devidamente identificadas e que não denigram a imagem de outrem.

VISITANTES

busca no blog