Páginas

Amigos de Caaporã

SHOPPING LUX MAGAZINE

sexta-feira, 22 de março de 2013

ENTREVERO: blogueiro da PB parte para o ataque contra RC e relata ‘bate boca’ com o Mago em solenidade

ENTREVERO: blogueiro da PB parte para o ataque contra RC e relata ‘bate boca’ com o Mago em solenidade
Polêmico, irreverente e até mesmo temido por alguns políticos e empresários, o blogueiro Fernando Perisse, mais conhecido na região do Sertão da Paraíba, ganhou destaque esta semana por relatar em seu blog um ‘entrevero’ que disse ter tido com o governador Ricardo Coutinho (PSB) durante uma solenidade no Sertão.

No relato, Perisse classifica o governador de arrogante, autoritário e moco (não escuta). Tudo porque, segundo ele, o chefe do executivo teria se irritado e se negado a responder um questionamento. Em trechos, Perisse disse que o 'Mago' se exaltou e chegou a pedir respeito ao comunicador.

Confira o desabafo postado no blog de Fernando Perisse sobre o caso.

Bate-boca entre Perisse e  Ricardo Coutinho sobre as casas inacabadas do Projeto Mariz:

Perisse: "Governador o Sr. falou como se tivesse entrado no governo ontem. Maranhão nos enrolou por dois anos. O Sr. já está nos enrolando há dois anos também!"

Ricardo: "O Sr. me respeite!"

Perisse: "Respeite o povo Governador!"

O Movimento Popular pediu uma audiência com o Governador Ricardo Coutinho para tratar das obras do conjunto habitacional do Projeto Mariz. Informaram que o governador chegaria às duas. Para lá foram vários Sem Teto com suas famílias. Esperaram, esperaram, esperaram.

O Governador chegou muito mais tarde cercado de um monte de babões e puxa-sacos. Teve uma acolhida fria, sem entusiasmo. Um lcoutor do estado fez o possível para animar a galera. Sem sucesso.

Começaram os discursos, todos enaltecendo o governo. O governador fex um monte de novas promessas, elogiou bem o seu governo e foi assinar mais uma ordem de serviço. Mais uma entre as dezenas que já ssinou em nossa cidade. Sem nada ter sido até hoje inaugurado.

Tudo com jeito de deja vu. Até a empresa que assinou a ordem de serviço foi a mesma de sempre: a COIMPA de Luis de Olibeira e pelo que soube, também de sua esposa Fernanda Gadelha. Essa mesma empresa já está com a obra da torre da igreja, do Vale dos Dinossauros, das 160 casas destinadas às vítimas da enchente de 2008, das casas da Lagoa dos Patos.

Todas, todas mesmas não entregues e algumas com graves problemas de qualidade. Como prêmio, a COIMPA ganhou a reforma do Marizão. Durante seu discursoo governador dissera que agora as obras das casas do Projeto Mariz iam andar. Quem estava prometendo era ele. Que o governo anterior nada fez durante dois anos. Que tinham chegado à conclusão que o preço da empreitara estgava defasado. Que recindiram o contrato. e que iam fazer agora uma nova licitação.

Falou como se tivesse entrado para o governo ontem. Depois de dois anos chegaram à conclusão exatamente igual ao que disseramos a eles no início do governo. Passaram então dois anos sem fazer nada. Nada, absolutamente nada. Uma tremenda cara-de-pau. e agora queriam que acreditassemos que a obra andaria.

Depois de assinar mais uma ordem de serviço foi saindo, sempre cercado dos babões e puxa-saco de sempre. Eu continuei sentado, esperando que passasse por mim. Lafa lhe disse que eu queria falar com ele. Se aproximou e eu lhe perguntei por nossa audiência. Disse-me que não podia. Estava de saída para uma outra inauguração (como se tivesse feito aqui alguma).

Disse-lhe que precisávamos conversar sobre as casas do Projeto Mariz. Falou-me que não tinha tempo. Lembrei-lhe a a audiência tinha sido marcada. Perguntou por quem. Jota Cândido disse-lhe que tinha sido com Lindolfo. Falou-me que de nada sabia e que já tinha anunciado a solução.

Resolvi falar-lhe com franqueza "O Sr. falou como se tivesse começado seu governo ontem. Maranhão nos enrolou por 2 anos. O Sr. também está nos enrolando por dois anos." O governador autopritário e prepotente aflorou no seu rosto. Irritadíssimo me falou "O Sr. me respeite!" Retruquei "Respeite o povo, Governador!"

E foi saindo, com o amontoado de babões indiognados com minha conduta e ele falando "Nunca enrolei ninguém!" é muita cara-de pau.. Enrolou durante dois anos e agora fica irritado quando lhe dizemos isso com todas as letras e frente-a-frente. Se alguém está desrespeitando alguém, esse alguém é o governador Ricardo Coutinho. Está desereipeitando a inteligência dos sousenses, prometendo mundos e fundos e não entregando nada. Desrespeitando os Sem Teto que há anos tiveram o sonho da casa própria transformado em um pesadelo

O governador que respeite o povo para ser por mim respeitado.

 

Redação com blog do Perisse 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários sobre as publicações nesse blog passarão pelo moderador e só publicaremos comentários de pessoas que estiverem devidamente identificadas e que não denigram a imagem de outrem.

VISITANTES

busca no blog