Páginas

Amigos de Caaporã

SHOPPING LUX MAGAZINE

segunda-feira, 4 de março de 2013

Campinense quebra tabu, vence o Fortaleza e pega o Asa na final do Nordestão

Com a vitória o clube paraibano garantiu pela primeira vez na história uma vaga na final da Copa do Nordeste; já o time do interior de Alagoas supreendeu o Ceará, dentro do Castelão

do Portal Correio
Divulgação/AssessoriaTorcida prestigia Campinense no Amigão
Torcida prestigia Campinense no Amigão
O Campinense quebrou o tabu de nove jogos sem vencer o Fortaleza e derrotou, por 1 a 0, o time do Ceará no estádio Amigão, neste domingo (3), em Campina Grande. Com a vitória, o clube paraibano garantiu pela primeira vez na história uma vaga na final da Copa do Nordeste.
Na final, o Campinense pegará o Asa (de Alagoas), que surpreendeu o Ceará e venceu a partida de volta por 1 a 0, dentro do Castelão, na presença de 55 mil pagantes.
Dois pênaltis a favor da Raposa marcaram a partida. O jogo teve um início emocionante. Com um pênalti marcado a um minuto do primeiro tempo, o time paraibano abriu o placar com Zé Paulo, cobrando sem chances de defesa para o goleiro João Carlos.

Já o segundo pênalti foi desperdiçado. No segundo tempo da partida, depois de Zé Paulo ter sido derrubado na área, Jeferson Maranhense resolveu fazer a cobrança. O goleiro do Fortaleza João Carlos não teve dificuldade para defender a cobrança.
A arbitragem do pernambucano Nielson Nogueira chegou a ser contestada pelos tricolores do Fortaleza.  O gol sofrido ainda nos minutos iniciais não abateu o time tricolor. A resposta veio aos 6 minutos com Jailson quase marcando de cabeça após cruzamento na área. O Fortaleza seguiu na pressão e, Jackson Caucaia, perdeu um gol incrível após receber sozinho na área e isolar a bola.
Na primeira partida, disputada em Fortaleza no domingo passado, o Campinense havia perdido por 2 a 1. E foi este gol marcado fora de casa que foi determinante para a classificação da Raposa. O placar de 1 a 0 foi o suficiente. 
Asa é adversário da 'Raposa'
A segunda partida da outra semi-final foi entre Ceará e Asa (de Arapiraca-AL). Na primeira, em Alagoas, houve um empate de 3 a 3. Bastava outro empate de 0 a 0 para o time cearense se classificar. O Asa surpreendeu. Venceu por 1 a 0 neste domingo, fora de casa.
Sem a presença do zagueiro Rafael Vaz, suspenso, e do volante João Marcos, lesionado, o técnico Ricardinho optou por Marlon e Régis no time titular cearense.
Precisando do resultado, o técnico Leandro Campos decidiu manter o mesmo time que saiu jogando no primeiro confronto entre clubes, com a exceção de Cal entrando no lugar de Basílio, lesionado.

Com maior volume de jogo, o time cearense partiu para o ataque logo no início da partida, mas não conseguiu converter as várias chances de gol. Como quem não faz leva, o Ceará acabou castigado e foi eliminado da Copa do Nordeste, o Nordestão. O único gol da partida  foi de Léo Gamalho. FICHA TÉCNICA:

CAMPINENSE 1 x 0 FORTALEZA

Local: Estádio Amigão - Campina Grande (PB)
Arbitragem: Nielson Nogueira Dias (PE)
Assistentes: Jossemar Diniz (PE) e Marcelino Castro (PE)
Gol: (1-0) Zé Paulo,  a um minuto do primeiro tempoPúblico: 18.689
Renda: R$ 155.518
Cartões amarelos: Jefferson Maranhense e Bruno de Jesus (Campinense) ; Jackson Caucaia, Ronaldo Angelim e João Henrique (Fortaleza)

Cartões vermelhos: Não houve

Campinense: Pantera, João Paulo (Danilo Portugal, aos 34′/2ºT), Edvânio, Roberto Dias e Panda; Wellington (Bruno de Jesus, aos 25′/2ºT), Dedé, Glaybson e Bismarck; Zé Paulo (Selmir, aos 40′/2ºT) e Jéfferson Maranhense.

Fortaleza: João Carlos, Luiz Felipe, Gabriel, Angelim e Marinho Donizete (André Luiz, aos 35′/2ºT); Jackson Silva, Lucas (João Henrique, aos 24′/2ºT), Esley e Jackson Caucaia; Assisinho e Jailson (Júlio Madureira, aos 23′/2ºT).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários sobre as publicações nesse blog passarão pelo moderador e só publicaremos comentários de pessoas que estiverem devidamente identificadas e que não denigram a imagem de outrem.

VISITANTES

busca no blog