Páginas

Amigos de Caaporã

SHOPPING LUX MAGAZINE

quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

Ricardo assina contrato de R$ 689 milhões e destaca investimento em rodovias

Na solenidade ocorrida nesta manhã, no Palácio da Redenção, o governador destacou os investimentos na infraestrutura do Estado, a exemplo de recursos destinados a adutoras e estradas

Por Naira Di Lorenzo
Solenidade no Palácio da RedençãoPortal Correio
Solenidade no Palácio da Redenção
O governador Ricardo Coutinho e o diretor de Infraestrutura Social, Meio Ambiente, Agropecuária e Inclusão Social do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Guilherme Narciso de Lacerda, assinaram, nesta quarta-feira (30), contrato, no valor de R$ 689 milhões, do Programa de Apoio ao Investimento dos Estados e Distrito Federal (Proinveste).

Na solenidade ocorrida nesta manhã, no Palácio da Redenção, o governador destacou os investimentos na infraestrutura do Estado, a exemplo de recursos destinados a adutoras e estradas. “São recursos que sai de uma condição de 23% dos seus municípios isolados sem asfalto para todo Estado com acessos”, disse.

Outro investimento frisado por Ricardo Coutinho foi à liberação de verba para construção de açudes espalhados por toda a Paraíba e o montante de R$ 45 milhões “para quitar hospitais e concluir alguns deles, incluído o Hospital Metropolitano de Santa Rita”.

Durante a solenidade, o secretário de Planejamento e Gestão do Estado, Gustavo Nogueira, que coordena as operações de crédito realizadas entre o BNDES e o Governo, disse que o programa beneficiará a população de todo o Estado. Segundo ele, a verba será aplicada nas áreas de saúde, saneamento e abastecimento de água, habitação popular, segurança pública, infraestrutura de transporte intermodal e no fortalecimento da infraestrutura hídrica. 

O secretário detalhou em que áreas os R$ 689 milhões serão usados. Conforme informou, R$ 45 milhões serão destinados a saúde; R$ 40 milhões para saneamento e abastecimento; R$ 50 milhões para casas e moradias; R$ 30 milhões para segurança; R$ 35 mi pra infraestrutura hídricas; R$ 245 mi para rodovias; e R$ 235 milhões para obras diversas, como a construção do canal do Bodocongó a finalização do Centro de Convenções de João Pessoa.

Na ocasião, o governador esclareceu que a Paraíba “ainda tem grande margem para endividamento” e que os recursos obtidos nesse ‘pacote’ não comprometera as contas do Estado. “A Paraíba só consumiu um terço do que pode, ou seja, a Paraíba ainda tem dois terço para contrair em financiamento”, garantiu.

Além do governador, do diretor do BNDES e do secretário Gustavo Nogueira, a mesa na solenidade; o vice-governador, Rômulo Gouveia, o procurador geral do Estado, Oswaldo Trigueiro; o líder da bancada da situação na Assembleia Legislativa, deputado Hervázio Bezerra; e o Chefe do Governo do Estado, Adriano Galdino. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários sobre as publicações nesse blog passarão pelo moderador e só publicaremos comentários de pessoas que estiverem devidamente identificadas e que não denigram a imagem de outrem.

VISITANTES

busca no blog