Páginas

Amigos de Caaporã

SHOPPING LUX MAGAZINE

quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

Morte da defensora pública da PB Fátima Lopes completa 3 anos

Júri popular está marcado para o dia 12 de março deste ano.
Familiares farão homenagens durante o dia.

Do G1 PB
Nesta quinta-feira (24), completa três anos do acidente de carro que causou a morte da então defensora pública-geral, Fátima de Lourdes Lopes Correia Lima, no cruzamento das avenidas Epitácio Pessoa com a Prefeito José Leite, no sentido Centro-Praia, em João Pessoa. O marido de Fátima, Carlos Marinho, ficou gravemente ferido. A suspeita é que o motorista do outro veículo, Eduardo Paredes, estaria embriagado.
De acordo com a denúncia do Ministério Público, Eduardo Paredes é acusado de cometer homicídio doloso, quando há intenção de matar. Ele teria ultrapassado o sinal vermelho, dirigido em alta velocidade e sob efeito de bebida alcoólica, assumindo o risco de uma morte.
No dia 19 de dezembro de 2012, foi adiado pela segunda vez o júri popular do caso, para o dia 12 de março deste ano. O adiamento foi concedido pela Juíza Ana Flávia Carvalho, após pedido do advogado de defesa Abraão Beltrão, com a concordância do promotor do caso, Edjacir Luna.
Eduardo Paredes, reú no caso Fátima Lopes, durante o júri em João Pessoa (Foto: Jorge Machado/G1)Eduardo Paredes, reú no caso Fátima Lopes,
durante o júri  (Foto: Jorge Machado/G1)
Dia Municipal da Paz no Trânsito
No mesmo dia que se completa três anos da morte de Fátima Lopes, se homenageia a memória da defensora pública e de todas as outras vítimas da violência no trânsito de João Pessoa, no Dia Municipal da Paz no Trânsito. Durante todo o dia será realizado um conjunto de ações.
Às 6h desta quinta-feira (24) será feito uma panfletagem em frente a Secretaria de Mobilidade Urbana de João Pessoa, localizada na BR-230, no bairro do Cristo. Logo depois, o grupo vai até o Parque Solon de Lucena, fazer outra panfletagem.
Às 12h será feito um ato chamado Abraço da Paz, no local do acidente de Fátima Lopes, no  cruzamento da Av. Epitácio Pessoa com a Rua Prefeito José Leite. Para finalizar o dia, os familiares de vítimas da violência no trânsito farão depoimentos, por volta das 18h no Busto de Tamandaré. Um Culto Ecumênico e dois shows acontecerão após isso, com a presença das bandas Forró das Mina e do cantor Ramon Schnayder.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários sobre as publicações nesse blog passarão pelo moderador e só publicaremos comentários de pessoas que estiverem devidamente identificadas e que não denigram a imagem de outrem.

VISITANTES

busca no blog