Páginas

Amigos de Caaporã

SHOPPING LUX MAGAZINE

sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

Planejamento Estratégico: Geplag divulga principais resultados administrativos do MPPB

Relatório com os principais resultados na área administrativa do Planejamento Estratégico do Ministério Público da Paraíba (MPPB), divulgado pela Gerência de Planejamento e Gestão (Geplag) da instituição, apontam números positivos nas atividades de transparência e de aproximação com a sociedade. Em 2013, por exemplo, dentro do projeto 'Participação Pra Valer', foram instaladas 70 urnas nas Promotorias de Justiça espalhadas pelo estado para captar reclamações e sugestões por parte da população, e a Ouvidoria Geral do MPPB registrou 1.955 manifestações durante o ano.

Já o site de notícias do Ministério Público contabilizou 387.802 acessos e ouve a implantação do programa semanal de rádio da instituição (o 'MP Notícias'), produzido e executado pela equipe de assessores de imprensa. Tanto o site quanto o programa radiofônico integram o projeto 'Foco no MP'.
Desde o dia 20 de outubro deste ano, as ações do MPPB passaram a ter mais espaço no cenário nacional, com a estreia do 'MP Notícias' na programação da Rádio Justiça. Mais pessoas passaram a ouvir e acompanhar o radiojornal que traz um resumo semanal do trabalho realizado pelo MPPB para garantir o cumprimento da lei, proteger os direitos da população paraibana e defender o interesse social.
O ouvinte pode acompanhar o programa de três formas: via internet, através do site da Rádio Justiça (www.radiojustica.jus.br), via satélite (pelo StarOne C2, frequência de descida 3674 MHz, polarização vertical, symbol rate 6666,17 Mbps, FEC 3/4, PID de Áudio 0350) e, em Brasília, pela freqüência modulada (FM) 104.7 Mhz.
O 'MP Notícias' é um programa de rádio semanal que foi idealizado em 2010 pela Assessoria de Imprensa e pela coordenação do então 1° Caop, que tinha à frente o promotor de Justiça Ádrio Nobre Leite. O programa é produzido pela Assessoria de Imprensa do MPPB, gravado e editado no estúdio H2, pelo engenheiro de som Arthur Ferraz e é apresentado pela jornalista Cristina Fernandes (servidora do MPPB) e pelo radialista Gilson Ricardo.
O programa foi ao ar pela primeira vez, em âmbito estadual, no dia 25 de setembro de 2013, por meio de uma parceria celebrada entre o MPPB e a Rádio Tabajara (autarquia estadual). Desde então, o programa é transmitido em cadeia para todo o estado da Paraíba às terças-feiras, a partir das 6h40min, no Jornal Estadual da Rádio Tabajara (1.110 AM e 105,5 FM). As edições do radiojornal também estão disponíveis no site do Ministério Público paraibano (www.mp.pb.gov.br) e podem ser ouvidas a qualquer hora do dia.

Outros resultados

Conforme o relatório divulgado pela Geplag, que é coordenada pelo promotor de Justiça Raniere Dantas, estão entre os principais resultados o Projeto de Reestruturação do Ministério Público, com a padronização das rotinas administrativas (mapeamento e desenho da nova estrutura organizacional, concluídos em novembro de 2012).
Para potencializar a atuação do Ministério Público, ocorreram 13 parcerias no decorrer do ano: Banco Santander; Secretaria Estadual da Saúde; Farpen; Imetro; Crea; Corpo de Bombeiros; Polícia Militar; Apae; Secretaria Estadual do Desenvolvimento Humano; CRM; Coren; Agevisa; e CNJ Acadêmico.
Dentro do projeto 'Atuação Ministerial Integrada', ouve a implantação da Agenda Única, a elaboração dos Manuais de Atuação e a implantação da Coordenadoria Recursal. No Plano de Cargos, Carreira e Remuneração (PCCR), houve a implantação do auxílio saúde e alimentação; e o Banco de Horas.
Já no 'Plano Diretor de Infraestrutura do MPPB' ocorrera: dez Promotorias de Justiça foram reformadas e recuperadas; três Promotorias de Justiça foram construídas (Esperança, Jacaraú e Mamanguape) e uma Promotoria de Justiça ampliada: Campina Grande.
No campo das captações foi R$ 1.450.370,88 arrecadado para o Fundo de Direitos Difusos (FDD) e a 'Escola Virtual' do Centro de Aperfeiçoamento Funcional (CEAF) capacitou 656 pessoas, entre membros (promotores e procuradores de Justiça) e servidores do Ministério Público da Paraíba.

MPPB
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários sobre as publicações nesse blog passarão pelo moderador e só publicaremos comentários de pessoas que estiverem devidamente identificadas e que não denigram a imagem de outrem.

VISITANTES

busca no blog