Amigos de Caaporã

sábado, 30 de abril de 2011

MENSAGEM DO DIA 30/04/2011

PostHeaderIcon Dicas para se conhecer um grande homem


O Grande Homem:
Mantém o seu modo de pensar independentemente da opinião pública. É tranqüilo, calmo, paciente.
Não grita nem se desespera.
Pensa com clareza, fala com inteligência, vive com simplicidade.
É do futuro, e não do passado.
Sempre tem tempo.
Não despreza ser humano algum.
Causa a impressão dos vastos silêncios da natureza testemunhados pelo céu.
Não é vaidoso.
Como não anda à cata de aplausos, jamais se ofende.
Possui sempre mais do que julga merecer.
Está sempre disposto a aprender, mesmo das crianças.
Despreza a opinião própria tão logo verifique o seu erro.
Traz dentro de si as antenas da verdade, que não lhe permite deixar-se inchar pelo louvor ou deprimir pela censura.
Não obstante essa equanimidade, não é frio: Ama, sofre, compreende, sorri.
O que você possui – dinheiro ou posição – nada significa para ele.
Só lhe importa o que você é.
Não respeita usos estabelecidos e venerados por espíritos mesquinhos.
Respeita somente a verdade.
Tem mente de homem e coração de menino.
Conhece-se a si mesmo tal qual é, e conhece a Deus.

www.mensagensdiarias.com.br 

sexta-feira, 29 de abril de 2011

Arbitragem paraibana se reune neste sábado no Juracizão

Os árbitros paraibanos vão se reunir neste sábado, a partir das 15 horas, no estádio Juracizão, com a Comissão Estadual de Arbitragem de Futebol, com o objetivo de discutir a participação de todos na fase final do Campeonato Paraibano da 1ª Divisão, além das futuras atuações na Segunda Divisão, Copa Sub 18 e Copa Paraíba Sub 21.
A informação foi confirmada pelo presidente do Sindicato dos Árbitros, Genildo Januário, que confirmou, ainda, a realização dos testes físicos da CBF para os dias 8, 9 e 10 de maio no Centro Universitário (Unipê).
Além de palestras, nas atividades deste sábado constam ainda um treinamento físico e a definição do calendário para a pré-temporada de 2012.
 
 
 
Geraldo Varela
Agora esportes

Inscrições abertas para os Jogos Escolares etapa Campina Grande

Já estão abertas as inscrições para os Jogos Escolares da Paraíba, de 12 a 14 anos, etapa de Campina Grande.  As escolas interessadas deverão efetuar as inscrições até o próximo dia 18 de maio. Para isso, devem comparecer na sede da Secretaria de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel) da Rainha da Borborema, localizada na 3ª Região de Ensino na rua João da Mata, 722, Centro,

De acordo com o professor Ricardo Silveira, gerente executivo dos Jogos Escolares de Campina Grande, o período de realização dos Jogos será entre 27 de maio a 4 de junho e a competição terá as modalidades de Atletismo, Basquete, Badminton, Ciclismo, Futsal, Futebol, Ginástica Rítmica, Handebol, Judô, Karatê, Natação, Tênis de Mesa, Taekwondo, Voleibol e Xadrez.

“O diretor de cada escola, seja ela pública ou privada, deverá comparecer na Sejel de Campina Grande com um ofício solicitando a inscrição e ainda informando quais as modalidades que irá competir”, disse Silveira  Ele ainda fez questão de lembrar que todas as escolas das cidades que integram a 3ª Regional de Ensino podem se inscrever e disputar os Jogos “Serão quase 5 mil alunos atletas de vários municípios na grande festa do desporto escolar paraibano”, completou Ricardo.

Os Jogos Escolares da Paraíba são realizados pelo Governo do Estado através da Sejel em parceria com a Secretaria de Educação.

Stéfano Wanderley

Governos Estadual e Federal firmam convênios em habitação e buscam parcerias com municípios da Paraíba

O governador Ricardo Coutinho assinou, na manhã desta sexta-feira (29), três ações de oferta de moradia para famílias de baixa renda. A solenidade, que ocorreu nas dependências do Palácio da Redenção, em João Pessoa, contou com a presença da ministra Inês Magalhães, da Secretaria Nacional de Habitação do Ministério das Cidades. Na ocasião, o governador declarou que pretende estabelecer um diálogo franco e aberto com os municípios do Estado para que a Paraíba entre no caminho certo do desenvolvimento e melhore seus indicadores sociais.
Ricardo ressaltou que a política habitacional deverá ser uma das prioridades de sua gestão. Além disso, o governador informou que políticas direcionadas ao trabalhador rural também deverão ter atenção especial, já que o Estado está há anos em dívida com esta categoria.
“Mesmo neste inicio de caminhada, sabemos dos grandes desafios que a Paraíba tem no setor de habitação. Neste momento, devemos deixar de ser meros expectadores, para sermos coordenadores dos processos habitacionais, dialogando com os municípios sobre as responsabilidades e deveres dos programas de habitação para a população de baixa renda. Também precisamos nos direcionar para as necessidades do trabalhador rural, com quem o Estado tem uma enorme dívida. É preciso direcionar políticas publicas para o setor que vem sendo deixado de lado”, frisou Ricardo.
Cerimônia – Durante o evento, o governador Ricardo Coutinho, acompanhado da ministra Inês Magalhães, da presidente da Cehap Emília Correia Lima e de prefeitos e parlamentares, lançaram o Programa de Habitação Rural. O objetivo é a construção de cerca 800 unidades habitacionais voltadas para as comunidades rurais de baixa renda, através da parceria entre Governo do Estado, através da Companhia Estadual de Habitação Popular (Cehap), e o Ministério da Integração.
Segundo a ministra da Secretaria Nacional de Habitação do Ministério das Cidades, é preciso debater sobre as políticas públicas de habitação rural, dentro do programa Minha Casa, Minha Vida. Para ela, este é um momento importante no que diz respeito à política nacional de habitação, por isso, é preciso empregar todos os esforços e instrumentos disponíveis para que a população de baixa renda tenha moradia própria.
“Tanto o ex-presidente Lula, como a então presidente Dilma, se esforçaram para vencer o desafio da habitação para todos. Eles puseram a habitação na agenda principal. Temos a certeza que Ricardo, cujas políticas são semelhantes às da presidente Dilma e do ex-presidente Lula, fará muito pela Paraíba”, ressaltou a ministra.
Cooperação entre Estado e municípios – O governador também assinou Acordo de Cooperação do Estado com os Municípios paraibanos dentro do Programa “Minha Casa, Minha Vida” – Sub 50 e PSH, destinado aos municípios com populações inferiores a 50 mil habitantes. O acordo beneficiará, inicialmente, 61 municípios paraibanos que não dispunham de condições financeiras para bancar a contrapartida nos projetos habitacionais relacionados ao programa. Com a adesão desses municípios à parceria oferecida pelo Governo Ricardo Coutinho, o Estado passará a ajudar, não somente na questão da contrapartida, mas também na disponibilização de acompanhamento e fiscalização técnica dos projetos habitacionais que deverão envolver, inicialmente, convênios para construção de 2.500 unidades habitacionais.
Segundo o prefeito de João Pessoa, Luciano Agra, a habitação é um dos espaços fundamentais para se viver em sociedade, por isso é preciso assumir as responsabilidades pela habitação, quando outras instâncias deixarem o tema de lado. “Desde 2005, mesmo sem apoio, temos deflagrado em João Pessoa uma política de habitação social fortalecida. Chegamos ao patamar de mais de 12 mil casas construídas e isso é um bom sinal, mas precisamos do apoio do Governo e da sociedade para ir além”, frisou.
Gestão do ‘Minha Casa, Minha Vida’ – Outro decreto esteve na pauta de assinaturas, criando o Comitê Gestor do Programa “Minha Casa, Minha Vida”, destinado aos municípios com população superior a 50 mil habitantes. O Comitê Gestor, segundo a presidente da Cehap, Emília Correia Lima, vai criar as condições para que o Estado e os municípios paraibanos consigam atingir as metas do Programa “Minha Casa, Minha Vida”, contratando todos os recursos alocados e transformando-os em moradias para as populações que delas necessitam.

paraibaja

Secretário executivo da Agricultura Familiar diz que violência é um fenômeno que está sendo enfrentado pelo governo

O secretário executivo da Agricultura Familiar do Estado, Alexandre Duarte, esteve em Solânea, na sexta-feira (29), para participar da feira agroecológica e concedeu entrevista ao nosso repórter Luís Carlos.
Alexandre falou, entre outros assuntos, da importância do fortalecimento da comercialização dos produtos da agricultura familiar; dos encontros realizados sobre o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) e até das apreensões de motocicletas na região.
Confira a entrevista:
FN – Quais ações o governo do estado tem realizado em prol do homem do campo?
AD – O governo do estado vem num discurso contínuo de fortalecer o fundo rural paraibano, de propiciar melhores condições de vida para pessoas que moram no campo, e algumas das ações especiais desse primeiro semestre se relacionam com a comercialização dos produtos da agricultura familiar. Outra ação importante que estamos desencadeando a partir de segunda-feira, dia 2, é a campanha de vacinação para erradicação da febre aftosa. É importante que a Paraíba faça a erradicação da febre aftosa e se torne área livre com a vacinação. Contamos com um elenco de excelentes profissionais que temos na defesa agropecuária que é uma gerencia vinculada a secretaria de desenvolvimento agropecuário e da pesca. Na última vacinação nós ficamos bem a quem. Não chegamos a atender 80% do rebanho. Isso é muito ruim para a Paraíba perante o resto do Brasil e nessa campanha agente espera atingir a margem dos 90%. Para isso todos os nossos profissionais estão empenhados para assegurar que tanto a agricultura familiar como os grandes produtores vacinem o seu rebanho e agente possa ter uma Paraíba num patamar melhor perante o resto do país.
FN – Em Bananeiras já acontece há algum tempo esse projeto da compra direta ao produtor e agora também através do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE). O governo do estado tem incentivado essa pratica por parte dos gestores?
AD – O governo do estado esta empenhado desde o mês janeiro. Nós já realizamos encontros estaduais do PNAE e encontros regionais. Até quinta-feira (28) o estado já tinha contratado aproximadamente 2 milhões de reais de propostas do PNAE. A exemplo do trabalho que está sendo feito em bananeiras está sendo em todos os demais municípios. Agente espera até o mês de dezembro ser feita a contratação da ordem de 7 milhões de reais só neste programa e isso significa dinheiro direto no bolso do produtor, do agricultor e da agricultora, que é o que o nosso governador Ricardo Coutinho quer. O fortalecimento econômico, fortalecimento social e ambiental dessas famílias que vivem no campo.
FN – Uma preocupação da região tem sido a violência na zona rural. O que o governo está fazendo para resolver este problema?
AD – Esse é um fenômeno. Antigamente agente conhecia a violência urbana e o campo era um lugar de calmaria. Hoje nós vivemos uma verdadeira aberração. As pessoas do campo não têm mais segurança. O governo herdou esse problema e esta também procurando resolvê-lo. No mês de fevereiro tivemos um encontro aqui no pólo da Borborema que aconteceu no município de Lagoa Seca com todo o secretariado, com todos os cargos administrativos, responsáveis pela segurança do nosso estado, discutindo com exclusividade a segurança na zona rural. Então o estado esta fazendo a sua parte pra que num breve futuro nós tenhamos a zuna rural e a cidade livres da mazela da violência, que é um fenômeno que infelizmente vem crescendo em todo o país.
FN – A apreensão de motocicletas gerou polêmica, mas em seguida o governo tomou medidas que criaram facilidades na hora do emplacamento, a exemplo da habilitação popular. Essas foram medidas acertadas?
AD – O governador, com suas medidas, acertaram muito bem em resolver o problema de locomoção do homem do campo, resolvendo o problema de documentação dessas motocicletas. Veja como é interessante nós termos os agricultores com suas motocicletas regularizadas e eles também com sua documentação, com sua habilitação. Ao mesmo tempo agente tá combatendo a criminalidade, porque só vai poder transitar motocicleta que tiver documento e isso inibi os ladrões de moto. Eles vão vender a quem moto sem documento? Então, ao mesmo tempo em que possibilita o acesso do agricultor inibe, também, o roubo que é muito comum aqui na nossa região.

Focando a Notícia
Repórter Luís Carlos

Volante Cloves é contratado pelo Flamengo Paraibano para a Segundona


João Pessoa, PB - O Flamengo segue se reforçando para a segunda divisão do Campeonato Paraibano de Futebol, após anunciar o lateral direito Maneco e o atacante Marcelo Oliveira, a diretoria do Urubu paraibano anuncia o experiente Cloves, volante que atuou pelo Esporte de Patos na primeira divisão deste ano.

Cloves agora é do Urubu da capital
O atleta é mais um que chega para compor o elenco do rubro-negro pessoense, visando à conquista do título da segunda divisão do estadual e conseqüentemente o acesso para a elite do futebol paraibano.

Cloves Bernardo De Souza
28 anos,
Altura: 1;70m,
Peso: 74kg,
Naturalidade: João Pessoa-PB,
Posição: Meio campo/Volante.
Último clube: Esporte de Patos

Em breve a diretoria do mengão irá anunciar mais contratações de expressão no futebol paraibano.


Da Assessoria Flamengo Paraibano

Região de Sousa elege prioridades do Orçamento durante plenária com presença de Ricardo e secretários

Plenária na cidade sorriso registrou 444 sugestões da população

A população do Alto Sertão, da 10ª Região Administrativa Estadual, polarizada pelo município de Sousa reivindicou mais ações nas áreas de saneamento básico, habitação popular, segurança, saúde e pavimentação de estradas. Os moradores expuseram as demandas da região, durante a primeira audiência popular do Orçamento Democrático Estadual, que contou com a presença do governador Ricardo Coutinho e de secretários de Estado.

Das 444 participações da audiência, escritas e faladas, 280 foram reivindicações ligadas à saúde e saneamento básico, 154 habitação, 143 educação e 100, relativas à estradas.

O motoboy Osmando Matias, que reside no município de Sousa, gostaria que fosse colocado no Orçamento do Estado do próximo ano, recursos para ampliação da saúde pública. Sua reivindicação ao governo estadual, através do OD, é com relação a melhoria das condições de atendimento para a população usufruir do setor de saúde com mais atenção.

“Com esse benefício não somente a população de Sousa, mas pessoas de outros municípios polarizados poderiam também usar esse serviço com conforto – mais médicos, remédios e equipamentos – citou Osmando Matias.

Francineldo Silva, de Vieirópolis, secretário de Saúde, também falou sobre a necessidade de melhoria na saúde da região, que para ele, precisa haver investimentos no saneamento básico. “Somos muito carentes no que diz respeito a saúde e ao saneamento básico. Precisamos tirar o esgoto das nossas ruas e pavimentar a estrada que liga Sousa a Vieiropólis”, afirmou.

Democracia – O padre Djacy Brasileiro, do município de Santa Cruz, também participou da plenária popular e listou uma série de reivindicações, principalmente nas áreas de segurança e de pavimentação de estradas. Segundo ele, o Sertão do Estado presencia um aumento no número de crimes na região, com problemas sérios de falta de policiais e de pouca estrutura para atuação da Polícia.
“É urgente a necessidade de recapeamento das rodovias do Sertão. É preciso que o Governo faça a pavimentação da estrada que liga São Francisco a Aparecida. Quero aproveitar para parabenizar a iniciativa do governador Ricardo Coutinho de ouvir o povo e dizer que ‘quem sabe faz a hora, não espera acontecer. Isso é democracia, minha gente’”, comemorou.

O vereador Luciano Caetano, de Santa Cruz, também falou sobre o problema do saneamento básico na região, que segundo ele reflete diretamente na saúde da população. Ele citou ainda a necessidade do reforço na segurança pública, principalmente porque o município faz fronteira com o Rio Grande do Norte João Rabelo, de Aparecida, disse que alguns moradores se reuniram previamente para levar as demandas à audiência. Para ele, além da saúde, é preciso que o Governo também se atenha para obras de recursos hídricos e também na preservação do meio ambiente, com a construção do Aterro sanitário.

  Segurança – A professora Vera Lúcia Holanda pede para que se inclua no Orçamento Democrático mais recursos para aparelhar a segurança pública estadual. “Aqui em Sousa falta policias, viaturas e equipamentos de segurança. Esta área teve uma melhora considerável depois que o governador Ricardo Coutinho assumiu a administração estadual. Nesses quatro meses houve uma melhora considerável”, afirmou Vera Holanda.

Manoel Fernandes, da comunidade cigana Vicente Vital de Negreiros, usou o microfone para pedir mais ações na área de saúde, com a construção de um hospital de Trauma no município, e também de saneamento básico para acabar com o esgoto a céu aberto na localidade.

José Perisse, representante de uma ONG, disse aproveitou para elogiar o gesto do Governo e do governador de ir onde o povo está para ouvi-lo e colocar a opinião da população como norteadora do orçamento estadual. “A democracia ainda não passou por aqui (no Sertão). Aqui quem reivindica, é perseguido. Parabenizo a ação do Governo de vir ouvir a população, esse é um passo fundamental para a democracia. Diálogo é o primeiro passo para que o recurso que vem para o pobre, chegue realmente ao pobre”, comentou.

MaisPB com SecomPB

Atleta do Campinense é convocado para a Seleção Brasileira de Basquete Máster


alt O Atleta da equipe de Basquete do Campinense Hevelter Guedes, foi convocado esta semana para disputar o XI Campeonato Mundial de Basquetebol Máster pela Seleção Brasileira. A competição será realizada pela primeira vez no Brasil e a cidade escolhida foi Natal-RN.
 A Convocação veio após a participação do atleta no V Norte-Nordeste Máster realizado em Fortaleza onde a equipe da Paraíba sagrou-se Campeã na categoria de 35 a 43 anos. 
O evento contará com a participação de aproximadamente 200 (duzentas) equipes, 3.000 atletas edirigentes e a realização de mais de 500 jogos em 15 (quinze) ginásios, sob adireção de 90 árbitros e com um público estimado de 250.000 pessoas. Os jogos acontecerão no período de 25 de junho a 03 de julho. 
Serão disputadas várias categorias no masculino, as competições serão realizadas em 10 (dez) faixas etárias: 30-34,35-39, 40-44, 45-49, 50-54, 55-59, 60-64, 65-69, 70-74 mais de 75 anos; Já no feminino, as competições serão realizadas em 07 (sete) faixas etárias: 30-34,35-39, 40-44, 45-49, 50-54, 55-59 anos e mais 60 anos.

Ascom

Depois de vencer o Flamengo Paraibano, Picuiense joga nesta sexta-feira em Casseregue

Da Redação

Picuí, PB - Depois de vencer o Flamengo Paraibano no Estádio da Graça na noite da última quarta-feira (27), a Picuiense enfrenta na tarde desta sexta-feira (29), o Selecionado de Casserengue. O jogo faz parte das comemorações do aniversário de emancipação política da cidade.

Reinaldo Baiano, presidente e técnico da equipe Picuiense, esclarece que o time que venceu a partida com o Flamengo e encantou a todos os presentes pela garra demonstrada em campo, é composta de jovens garotos em sua maioria entre 15 e 18 anos que vem se destacando a cada partida disputada.


Fotos de Flamengo 0 x 1 Picuiense

Formação do Flamengo Paraibano


Formação da Picuiense



Arbitragem do confronto

Técnico do Flamengo Paraibano


Momento de agradecimento pela vitória

Meia kaique Silva recebe orientação do técnico Baiano antes de entrar en campo


No final da partida a alegria dos garotos da Picuiense era grande

Agora Esportes

Marcha para Jesus 2011 deve reunir 50 mil pessoas neste sábado na Capital

Promover a integração das famílias para uma consciência voltada para a paz, o amor e a vida, como também conscientizar a população e autoridades sobre a importância de políticas públicas contra as drogas. Estes são os objetivos da Marcha para Jesus 2011, que será realizada pela Associação dos Pastores Evangélicos da Paraíba (Apep) neste sábado (30), a partir das 14h, com concentração em frente ao Moriah Shopping, na Av. Epitácio Pessoa.

A Marcha é um dos eventos evangélicos de maior repercussão no Estado e este ano tem como tema “O grande barato é viver sem drogas”. Além do apoio de diversas igrejas evangélicas da Capital, o evento também é apoiado oficialmente pelo Arcebispo da Paraíba, Dom Aldo Pagotto. A estimativa é que 50 mil pessoas tomem as ruas da cidade.

Conhecida internacionalmente, a Marcha para Jesus ocorre anualmente em diversas cidades do país, sem distinção de religião. Estão confirmadas as presenças do prefeito da Capital, Luciano Agra, da primeira-dama do Estado e madrinha do Programa Estadual de Política sobre Drogas, Pâmela Bório, do arcebispo Dom Aldo Pagotto, pastores e outras autoridades políticas e religiosas do Estado.

Os participantes seguem da concentração ao som de quatro trios elétricos até o Busto de Tamandaré. Além de diversas bandas evangélicas, as grandes atrações da festa serão Carlinhos Félix e o grupo paulista PG e banda. De acordo com o presidente da Apep, Pastor João Pereira Gomes Filho, “um evento como esse é de suma importância, pois mostra que estamos ganhando mais espaço na sociedade. Vale salientar que a Marcha pra Jesus também é lei e a Prefeitura Municipal de João Pessoa disponibiliza recursos financeiros todo ano para a realização desse movimento”.


O trânsito será interrompido durante o evento, na Avenida Epitácio Pessoa.



MaisPB com Assessoria

Contra o Treze : 13 jogadores estão fora do Nacional de Patos

Francisco Sales

Patos, PB - Se a comissão técnica do Treze diz que o time vai enfrentar o Nacional desfalcado de alguns atletas no jogo do próximo domingo que será realizado no estádio José Cavalcanti em Patos,   imaginem só  como está o Nacional para enfrentar o Treze no jogo válido pela 18ª rodada do Campeonato Paraibano deste ano.


Segundo o presidente do clube sertanejo José Ivan dos Santos, o time deverá entrar em campo na última rodada com os garotos que fazem parte das categorias de base, devido 13 atletas já estarem de fora do elenco.


Em entrevista na noite desta quinta-feira (28), o presidente do Canário falou: “É impossível continuar com um grupo de atletas até a ultima partida, quando já não existe mais nenhuma chance de classificação e os jogos são apenas para cumprir tabela. As despesas são altíssimas e para acabar de completar, ainda vamos concorrer com o jogo da TV entre Flamengo x Vasco que é no mesmo horário.”, finalizou Ivan.


Atletas que estão de fora contra o Treze

 Buique
Tita
Tiago
Bruno
Rodolfo
Du
Alex Praes
Nino
Jonny
Geffson
Alberone
Eduardo Rato 
Danilo

agora esportes

3 meses e corpo de jovem ainda não foi liberado

garota morta em patos
A família de Raelma Gomes Monteiro, 15 anos, morta com requintes de crueldade pelo namorado no dia 04 de fevereiro, no Sítio Trapiá, no município de Patos, ainda espera pela liberaração do corpo dela para o sepultamento. Já são quase três meses de espera.
Devido à jovem ter sido encontrada em estado adiantado de decomposição, a família fez o reconhecimento do corpo, mas foi ainda necessário a realização de exame de DNA para comprovação do reconhecimento. Foram colhidas amostras de DNA do pai da vítima, o aposentado Raimundo Carlos Monteiro. Mas até agora a família aguarda a liberação do laudo para fazer o sepultamento do corpo de forma digna.
O resultado ainda não saiu e por isso, o Instituto de Medicina Legal em Campina Grande não liberou o corpo. A irmã da vítima, Alba Marques, disse que a família já ligou várias vezes para o IML, mas a resposta é sempre a mesma: que só libera mediante o resultado do exame de DNA.
Alba disse que o acusado fez o reconhecimento do corpo e o delegado emitiu documento relatando que o corpo havia sido reconhecido, mas o IML só libera após sair o resultado de DNA. Alba fez um apelo para que se resolva logo esta angústia, pois a família não aguenta mais tanto sofrimento.
O acusado conhecido por Alan, que confessou o crime, teve sua prisão preventiva cumprida pela Polícia Civil em 6 de abril. Ele está recolhido aguardando julgamento.
O modo bárbaro como o assassino confesso agiu, chocou a sociedade patoense, principalmente pela frieza do acusado. Ralema foi morta com requinte de crueldade com pedradas na cabeça e a golpes de estilete.
Alan havia se apresentado dias depois o crime (dia 12 de fevereiro) e confessado ser o autor do homicídio ao delegado Manoel Martins. Ele se apresentou acompanhado dos seus advogados e contou por que matou a jovem com quem tinha um relacionamento há pelo menos seis meses.
Segundo ele, o acusado levou a jovem para tomar banho pela manhã nas proximidades do local do crime, e em dado momento, resolveu assassiná-la, pois estava sofrendo muitas ameaças de Raelma. O acusado não teria mostrado arrependimento.
O delegado ouviu o acusado em depoimento e o liberou, pois não existia flagrante para deixá-lo preso. Em abril, a Justiça determinou a sua prisão preventiva.
O delegado informou ainda que já concluiu o inquérito e o remeteu à Justiça.
 
Do Hora Exata

CRISE: torcedores do Botafogo-PB respondem a acusação de traição feita por dirigente do clube

A crise entre a diretoria do Botafogo da Paraíba e sua torcida continua impiedosa. Desta vez, as declarações de um dos diretores, o professor universitário Raimundo Nóbrega, revoltou um grupo de torcedores e conselheiros do clube que lideram o movimento de oposição “Queremos nosso Belo de volta”.

As duras palavras foram postadas na própria comunidade do Botafogo no Orkut pelo dirigente, onde insinua que os resultados desfavoráveis do Botafogo no campeonato poderiam ser fruto das armações de “bastidores” promovidas por esses partidários contrários (Clique aqui para ver o print)

Em resposta às declarações, a comissão do movimento enviou carta revoltada à imprensa.

Confira na íntegra.

Hoje, sexta-feira, 29 de abril de 2011, o Movimento "Queremos nosso Belo de volta.", criado por conselheiros e torcedores tradicionais do clube, vem por conta de calúnias defender-se do ataque direto, manifestado por um membro da diretoria, que em um ato covarde e de pura falta de respeito, acusa a torcida de estar manipulando resultados negativos contra o Botafogo-PB, clube no qual todos nós amamos e pagamos os nossos ingressos.

O movimento jamais foi criado no intuito de prejudicar a instituição Botafogo Futebol Clube, pelo contrário, foi uma resposta ao anseio dos torcedores que clamavam por uma medida que fosse tomada visando a cobrança por melhores resultados nos demais departamentos do clube. O referido diretor acaba de prestar um grande desserviço ao clube, fazendo insinuações gravíssimas e sem nenhum embasamento material comprobatório, questionando a lisura da nova Comissão de Arbitragem da Paraíba, como também de todos os árbitros envolvidos nas últimas partidas do Campeonato Paraibano, competição organizada pela FPF na pessoa da Sra. Rosilene Gomes. Tais questionamentos, absurdos e irresponsáveis, acabam abrindo margem para que os profissionais entrem com uma medida judicial contra ao clube para que o mesmo prove tais atos indecentes e de pura corrupção não comprovada segundo as declarações do diretor. Gostaríamos de assegurar a todos q o “Movimento queremos nosso Belo de volta.” está firme na luta pelos direitos da torcida e continuará fiscalizando os destinos do clube seja qual for a diretoria.

Agradecemos as diversas adesões, de grande força e solidariedade, de toda torcida para o movimento que trouxe voz a mesma. Em breve traremos mais novidades para toda massa Botafoguense. Dias melhores para o Botafogo Futebol Clube.

Comissão do Movimento “QUEREMOS NOSSO BELO DE VOLTA.”


PB Agora

Paraíba tem 885 casais homossexuais; Brasil tem 60 mil

A Paraíba tem 885 casais homossexuais, segundo dados do Censo Demográfico 2010, divulgados na manhã desta sexta-feira (29). Em 2007, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) já havia realizado uma pré-pesquisa, que tinha apontado apenas 438 casais.
No Brasil, são 60 mil casais homoafetivos. Essa foi a primeira edição do recenseamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) a contabilizar a população residente com cônjuges do mesmo sexo.
Ainda de acordo com os resultados preliminares, 37.487.115 pessoas vivem com cônjuges do sexo oposto.
Em números absolutos, a região com mais casais homossexuais é o Sudeste, que abriga 32.202 casais, seguida pelo Nordeste, com 12.196 casais. O Norte tem o menor número de casais do mesmo sexo: 3.429, seguido do Centro-Oeste, com 4.141. A Região Sul tem pouco mais de 8 mil casais homossexuais. Entre os estados, São Paulo é o que tem a maior quantidade de casais homossexuais (16.872) e Roraima é o que tem menos, com apenas 96 casais que se declararam homossexuais.
Nesta sexta, o IBGE também divulgou a Sinopse do Censo Demográfico 2010, que apresenta os primeiros resultados definitivos do último recenseamento. Alguns números divulgados preliminarmente em novembro de 2010 foram ajustados, a exemplo do total da população, com a inclusão de estimativas sobre a população dos domicílios considerados fechados durante a coleta de dados.
Os censos demográficos são realizados no Brasil a cada dez anos. Participaram desta edição, segundo o IBGE, cerca de 230 mil recenseadores, supervisores, agentes censitários e analistas censitários. A coleta do Censo 2010 foi realizada entre 1º de agosto e 30 de outubro de 2010.

Da Redação, com G1.com

Propaganda estimula jovens a beberem, diz estudo

Praias e festas com gente bonita e alegre bebendo são comuns em anúncios publicitários de cervejas. Essas cenas atraem os adolescentes e estão diretamente associadas ao consumo da bebida alcoólica por jovens entre 11 e 16 anos, que não teriam idade para ingerir esse tipo de produto. É o que mostra um estudo da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) que acaba de ser publicado pelo periódico científico Revista de Saúde Pública.
A pesquisa também revelou que os jovens prestam muita atenção aos anúncios. E dizem acreditar que as propagandas retratam "apenas a verdade". Isso, segundo os pesquisadores, tem relação com o consumo precoce do álcool. "Os jovens já têm até uma marca preferida de cerveja", diz a psiquiatra e autora do estudo, Roberta Faria.
Vice-presidente da ABA (Associação Brasileira de Anunciantes), instituição que representa AmBev e Schincariol, entre outras indústrias, Rafael Sampaio contesta a pesquisa, mas admite que os fabricantes sabem que a publicidade tem influência sobre o consumo de cerveja por adolescentes.
- Sabemos que há um "vazamento" do sinal além do público-alvo do produto.
No estudo, 1.115 estudantes de 11 a 16 anos, dos 7°e 8º anos de três escolas de São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo, responderam a um questionário com mais de cem variáveis ligadas à ingestão de álcool - sendo o método por variáveis uma forma de investigação científica descrita na literatura médica.
- A escolha da cidade foi baseada em informações do IBGE que indicam São Bernardo com um perfil socioeconômico parecido com o padrão nacional.
Já a amostra (alunos dos 7º e 8º anos) foi determinada por dados do Cebrid (Centro Brasileiro de Informações sobre Drogas Psicotrópicas), de 2004, que indicam o início do consumo de álcool no Brasil, em média, aos 12,5 anos.
A psicóloga e vice-presidente da Associação Brasileira dos Estudos do Álcool e outras Drogas, Ilana Pinsky, associa o resultado da pesquisa com as propagandas.
- Não podemos atribuir o consumo de cerveja aos comerciais, mas a pesquisa aponta que eles estão associados ao ato.
Pais
Não só a propaganda está ligada à iniciação alcoólica, segundo o estudo.
- Pouco controle dos pais e consumo de cigarro também aparecem diretamente associados.
O consumo de cerveja foi menor no grupo de jovens que respondeu "dar satisfação aos pais" ao sair sem a companhia de parentes.
- O jovem vai imitar o comportamento do adulto, está na fase de experimentação, da curiosidade, explica a psiquiatra e membro da Associação Brasileira de Psiquiatria, Ana Cecília Marques.
 
r7.com

IBGE: população da PB cresceu 10 vezes em 138 anos e hoje o crescimento anual é de 0.9 %

Em um período de 138 anos, entre o primeiro censo demográfico realizado no Brasil no Ano de 1870 e o Censo de 2010, a população da Paraíba cresceu dez vezes, passando de cerca de 376 mil e 226 habitantes para três milhões, 766 mil e 528 habitantes. A informação é do primeiro relatório divulgado pelo Instituto Brasileiro de geografia e Estatísticas – IBGE, divulgado nesta sexta-feira (dia 29).
Segundo o chefe da Unidade do IBGE na Paraíba, Aniberto Mendonça explicou o crescimento populacional na Paraíba, lembrado que até a década de 40 predominava um alto nível de fecundidade e também de mortalidade. Só que adoção de políticas públicas, os índice de mortalidade caíram.
Ele ressaltou que nos anos 50 o crescimento populacional no Brasil chegou a três por cento, um fato que se refletiu em todos os estados do País. Já na década de 6º, tem inicio um lento declínio dos níveis de fecundidade, um fato que se acentuou na década de 70, uma queda continuou nos anos 80.
O último censo realizado pelo IBGE foi em 2010 entre o dia primeiro de agosto e 31 de outubro e se comparando os números com o censo de 1991, a população paraibana apresentou um crescimento de populacional de 9,3 por cento, com um crescimento atual em torno de 0,9 por cento.

EM SOUSA: Professora recebe cheque sem fundo de vereador e pretende pedir cassação de mandato

A professora Maria José Morais Abrantes Ferreira, procurou a Delegacia para apresentar Queixa Crime denunciando que o vereador sousense Odair José da Silva (PTB), da base de sustentação do prefeito Fábio Tyrone, passou um cheque sem fundos no valor de 12 mil reais, no mês de Dezembro do ano passado.


Segundo informações do advogado da professora, Dr. José Paulo Torres Gadelha, o delegado Dr. Aulison Taboja irá ouvir o vereador, encaminhando, em seguida, o procedimento para o Ministério Público, que cuidará de uma Ação Penal.


O advogado da professora ainda afirmou que a constituinte pretende apresentar a notícia crime à Câmara Municipal de Sousa, solicitando a cassação do vereador por quebra de decoro parlamentar.


Segundo o advogado, à esta altura, mesmo que o vereador pague sua dívida, pode perder sua vaga. Se isto vier a acontecer, a suplente Flávia Garcia (PDT) assume a cadeira do petebista.


Pelo fato do inadimplente ser representante do Legislativo Municipal, a notícia está repercutindo bestante em Sousa e o risco de o parlamentar chegar a perder o mandato é iminente.
Portal 950

PMDB fará encontros regionais em 13 cidades; Maranhão acredita que partido deve crescer em 2012

Deputados, vereadores e lideranças do PMDB, estiveram reunidos no final da manhã desta sexta (29), na sede do Diretório Estadual. O ex-governador José Maranhão e o presidente da legenda na Paraíba, Antonio Souza da Silva, ressaltaram a unidade partidária e o fortalecimento da legenda com objetivo nas próximas eleições. Também foram definidas as datas e as cidades onde, a partir de maio, serão realizadas reuniões regionais.
O primeiro encontro regional do partido ficou acertado para o dia 28 na cidade de Guarabira. Em Campina Grande o evento acontecerá no dia 11 de junho, em João Pessoa dia 16 de julho e dia 23 do mesmo mês em Patos.
Os encontros regionais serão realizados, ainda, nas cidades de Monteiro, Princesa Isabel, Itaporanga, Catolé do Rocha, Pombal, Cajazeiras e Araruna, em datas que serão definidas posteriormente. Nos eventos serão debatidas estratégias que permitam a continuidade do crescimento e fortalecimento do partido, que se reafirma como a maior agremiação política na Paraíba e no país.
Esteve em pauta, também, a discussão sobre os preparativos para o lançamento do curso de orientação aos candidatos a prefeito e a vereador, pelo PMDB, nas próximas eleições. O curso, que será realizado no dia 19 de maio, na Capital, em local a ser definido, reunirá lideranças de todo o Estado e é uma promoção da Fundação Ulysses Guimarães e do PMDB nacionais, com apoio do Diretório Estadual e da representação paraibana da FUG.
O ex-governador José Maranhão concedeu entrevista à imprensa, após a reunião, e mostrou otimismo em relação ao crescimento e fortalecimento do PMDB. Sobre a possibilidade de uma aliança com o PSDB, Maranhão afirma que: “A aliança política é feita da democracia, sobretudo depois que se instituiu o segundo turno nas eleições. Não descarto a possibilidade de aliança com o PSDB ou qualquer outro partido que tenha os mesmos projetos do PMDB", concluiu.

Redação

Professores do Estado entram em greve e se dirigem ao Palácio

No mesmo dia em que os professores do município de João Pessoa saem da greve, os professores do Estado paralisam as suas atividades por tempo indeterminado. Em assembleia geral na sede do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras em Educação do Estado da Paraíba (Sintep) nesta sexta-feira (29), as Regionais de Ensino presentes votaram por unimidade por paralisar as atividades a partir de segunda.

Em manifestação, os professores saíram do Sintep e estão se dirigindo ao Palácio da Redenção. Segundo o coordenador da secretaria de organização, Paulo Tavares, outra assembleia ainda será realizada no dia 11 de maio, em referência à paralisação nacional da Educação e a categoria espera poder analisar mais uma proposta do Governo na ocasião.

A expectativa é de que aproximadamente 500 mil estudantes fiquem sem aula em toda a Paraíba. O comando de greve ainda está discutindo qual o percentual de profissionais que continuarão trabalhando e informará à população.

O Sintep reivindica o pagamento do piso nacional, um reajuste de 13,73%, o pagamento das gratificações dos servidores que não receberam em janeiro, a nomeação de professores concursados e a realização de novos concursos.

O Governo, por sua vez, ofertou um auxílio-transporte de R$ 60, para funcionários de apoio de João Pessoa e Campina Grande, e uma bolsa-desempenho de R$ 230 para os profissionais ainda atuantes.

Censo 2010 constata que 20% da população paraibana é analfabeta

Da Redação
Com G1


O Censo 2010 divulgado nesta sexta-feira (29) pelo IBGE apontou que 20,2 % da população paraibana com idade acima de 10 anos é analfabeta. A Paraíba é o 3º estado com maior índice de pessoas que não sabem ler nem escrever. Os dois estados que lideram este incômodo ranking também são nordestinos. O maior índice foi registrado em Alagoas, com 22,52%, e, depois, no Piauí, com 21,14%.

De acordo com o último Censo, dos 3.766.528 habitantes da Paraíba, 3.162.340 têm idade acima de 10 anos. Desses, 638.864 não sabem ler nem escrever. Um dado que vale ser destacado é que a zona urbana concentra 392.858 dos analfabetos, enquanto que 246.006 situam-se na zona rural.

O índice registrado na Paraíba é maior que o do Nordeste, que é de 17,6%. Entre as regiões, o Nordeste foi a que apresentou a maior taxa de analfabetismo, seguido do Norte (10,6%), Centro-Oeste (6,6%), Sudeste (5,1%) e Sul (4,7%).

A percentagem nacional é de 9,02%, o que representa 14.612.183 analfabetos. Destes, 9,4 milhões de pessoas que não sabem ler nem escrever vivem em áreas urbanas e 5,2 moram em zonas rurais.

Paraíba tem 117 mil mulheres a mais que homens, aponta Censo

De acordo com o Censo Demográfico 2010 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a Paraíba tem 117.770 mulheres a mais que homens. São 1.942.149 mulheres e 1.824.379 homens. Ao todo, a população paraibana é de 3.766.528 habitantes.

Já na zona rural, o número de homens supera o de mulheres em 21.268. São 474.559 pessoas do sexo masculino e 453.291 do sexo feminino. Na zona urbana, a superioridade numérica das mulheres permanece. Dos 2.838.678 habitantes da zona urbana, 1.488.858 são mulheres e 1.349.820 são homens.

De acordo com a faixa etária, os dados de censo mostram que o número de homens com idade entre 0 e 19 anos supera o de mulheres na mesma faixa etária. Dos habitantes com 19 anos ou menos, 662.914 são homens e 642.944 são mulheres. A partir desta idade, o número de mulheres supera o de homens.

Entre os habitantes com mais de 60 anos de idade, 195.451 são homens e 255.934 são mulheres. Detalhe para o número de pessoas com idade acima de 100 anos. Das 757 pessoas com mais de um século de vida, 234 são homens e 523 mulheres.

O IBGE separa as idade em: 1) até 1 ano; 2) de 1 a 99, a divisão é feita de quatro em quatro anos (1 a 4, 5 a 9, 10 a 14, e assim sucessivamente); e 3) acima de 100 anos.

paraiba1

CAAPORÃ: NOTÍCIAS DO AÇÃO GLOBAL

As providências para a realização da Ação Global já foram tomadas, a primeira etapa  que era a realização de um diagnóstico que contou com a participação da população e de lideranças do município. O diagnóstico tem o objetivo de apontar as necessidades da comunidade local e será feito através de um questionário, logo após o levantamento dos dados, será a etapa de convocação dos parceiros.
   
A Ação Global é um programa realizado pelo SESI em parceria com a Rede Globo, o projeto visa oferecer serviços relevantes e gratuitos à população brasileira. A união de uma rede única, em todo o país, formada por parceiros do poder público, ONGs, voluntários, pequenas, médias e grandes empresas tem garantido a oferta de mais de 40 serviços diferenciados e de qualidade.
 
No ano de 2010 o projeto foi realizado na cidade de Queimadas e atendeu mais de 18 mil pessoas e realizou mais de 56 mil atendimentos, promovendo serviços de saúde, educação, responsabilidade social, cultura, esporte e lazer.

A divulgação está sendo feita através do rádio Caaporã FM e do carro de som, e há a oferta de diversos cursos, ligados a todas as areas.oferecidos pelo Sesi,Senac.
No dia  07/maio(sabado) às 19 horas ,no Ginasio de Esporte, serão realizados 105 casamentos,onde ocorrerá o casamento civil,com um momento religioso catolico e evangelico e uma bonita festa para os noivos e seus padrinhos.Eles já receberam as senhas de acesso,e a organização esta preparando a senha para acesso dos secretários e vereadores.
A Secretaria de Infra Estrutura,esta no trabalho de mutirão,na organização dos predios e vias publicas,que receberão a população e os parceiros externos.

LOCAIS

A Ação Global vai acontecer nas seguintes localidades: Escola Severina Helena,Escola Rita Araujo,Escola Maria Emilia Valença,Ginasio Esporte,Secretaria de Educação,Patio de eventos,Praça do Colorido,Prefeitura Municipal.

No sábado dis 08 de maio, haverá uma caminhada pela feira publica,as 8 horas da manhã,para dá um clima para a semana global,teremos atrações culturais,um chamamento
publico.

da Redação
com Assessoria

CAAPORÃ E O PROBLEMA DA DENGUE

Nos últimos dias foram muitos os casos de dengue em Caaporã. Infelizmente não tivemos acesso a números oficiais da doença em nosso município. Mas constatamos alguns pontos interessantes e preocupantes sobre a doença em Caaporã. Um desses pontos é o fato de que não há qualquer trabalho sendo realizado no município no sentido de conscientizar a população sobre os reais perigos da doença e essa falta de informação tem feito com muitos vejam a dengue como mais uma dessas doenças de estação. Fatores como, não procurar o posto de saúde, mesmo quando há apenas a supeita da doença para que se faça o diagnóstico clínico pelo médico, contribui para que os possíveis números apresentados sejam imprecisos. Um fato curioso e muito importante, também, é que muitos pacientes infectados com o vírus se dirigem a Goiana-PE para se consultarem e assim acabam por fazer o diagnóstico da doença naquele município.

Em pesquisa feita por nosso blog, acabamos por constatar que os maiores números de casos da doença estão nos bairros de Mangabeira e Santo Antônio; que os casos registrados são do tipo clássico da doença e que os mais afetados pela doença tem sido principalmente as crianças. Apesar de os dados não serem oficiais, a constatação é óbvia, e ficamos na esperanças de que providências sejam tomadas tomadas, no sentido de evitar que casos mais graves da doença venham ser registrados na cidade.

Destacamos aqui que, um dos maiores responsáveis pelo grande número de casos de dengue, ainda é a população que não fiscaliza seus vizinhos ou não denuncia os locais de possíveis focos do mosquito próximos as suas residências. Na maioria das vezes o lixo é deixado na rua de forma irregular, são garrafas jogadas em qualquer lugar sem tampa, enfim, todos sabemos como e onde os mosquitos estão se reproduzindo. DEIXAMOS AQUI UM APELO A TODOS OS CAAPORENSES PARA QUE COMPREM ESSA BRIGA CONTRA O MOSQUITO DA DENGUE. NÃO VAMOS DEIXAR QUE SEJAMOS ABATIDOS POR UM MOSQUITO. TODOS JUNTOS, FISCALIZANDO NOSSAS RESIDÊNCIAS, DENÚNCIANDO LOCAIS DE POSSÍVEIS FOCOS, COMUNICANDO AS AUTORIDADES DE SAÚDE ONDE ESTÃO OCORRENDO OS CASOS, EDUCANDO NOSSOS FILHOS, PODEREMOS VENCER ESSA LUTA!

UM APELO ESPECIAL AOS EDUCADORES PARA QUE PROMOVAM CAMPANHAS JUNTO AOS SEUS ALUNOS, MOBILIZANDO E INCENTIVANDO PROJETOS QUE DESPERTE NELES O INTERESSE EM COMBATER OS FOCOS DO MOSQUITO.

DA REDAÇÃO
CAAPORÃ-RAINHA DO LITORAL SUL


MENSAGEM DO DIA 29/04/2011

PostHeaderIcon A surpresa


(Paulo Roberto Gaefke)

A surpresa não é a notícia ruim, tampouco o fim do relacionamento já desgastado.
A surpresa é o fato de você receber tudo como se fosse novidade,
como inesperado…
Mesmo as notícias de morte, que acreditamos ser “do nada”, não são surpresas, porque a única coisa certa na vida, é a morte, só não sabemos a data, por isso, não se espante com nada.
Isso não quer dizer que você deve ficar insensível. Nada disso, chore seus mortos, descabele-se pelos amores findos, coma as unhas de raiva pelo desemprego, chute pedras na rua (pequenas é claro), pelo não que ouviu, e remoa o seu fígado pelo orgulho ferido.
Mas, por favor, tenha atitude coerente com os vencedores:
- olhe para frente, onde está o futuro que você almeja.
Ao olhar para trás, você dará mais importância para o “problema”,
e com certeza, não enxergará as soluções.
Hoje, exatamente hoje, o sol saiu por sua causa, por acreditar que seus raios benditos podem mostrar, que todos podem, de alguma maneira servir a todos, e se fazendo pequeno, crescer de tal maneira,
que você deixe de ser apenas esta pessoa especial que você é, e passe a ser IMPRESCINDÍVEL.

O tempo de chorar, já passou,
o tempo de viver, recomeçou.
Sorria e olhe para frente,
é tempo de vencer,
tempo de você!

www.mensagensdiarias.com.br 

quinta-feira, 28 de abril de 2011

Ariano defende Chico César e nega especulações sobre o Nobel de Literatura

Durante a entrevista coletiva que concedeu à imprensa paraibana no Hotel Caiçara na quinta-feira (28) o escritor paraibano Ariano Suassuna deu uma aula de humildade e desconversou sobre a possibilidade de concorrer ao Prêmio Nobel de Literatura. “Eu nunca havia pensado nisso e nem me deslumbro com essa possibilidade, até porque não me considero com perfil para galgar esse prêmio”.
Ariano louvou seus escritores prediletos, tais como o espanhol Miguel de Cervantes e se confessou satisfeito com o que alcançou até hoje. “Eu nunca fui muito ambicioso. Certa vez disseram por aí, que o ‘Auto da Compadecida’ ia ganhar uma versão produzida em Hollywood e coisa e tal. Mas eu fiquei feliz mesmo foi quando Guel Arraes fez o filme, até porque eles jamais iriam encontrar um Chicó como Matheus Natchegaele”, afirmou sorridente.
Para o autor de “O Romance da Pedra do Reino” um tema polêmico como a decisão do Subsecretário de Cultura da Paraíba, o compositor Chico César, que tem sido motivo de debate nos últimos dias na mídia paraibana, com repercussão nacional, é simplificado na observação de Ariano Suassuna de uma forma firme e aparentemente simples.
Suassuna recorda que quando foi Secretário de Cultura em Pernambuco esteve envolvido em algo parecido, e não vê problema em dizer que “estou com Chico César e não abro”. Para Ariano as bandas do chamado forró de plástico já tem o mercado de portas abertas para ele e “os artistas que fazem uma obra de teor cultural legítimo lutam para conseguir sobreviver”.
No entendimento do autor de “O Santo e a Porca” o Estado tem por obrigação fomentar a cultura, adiantando que esses artistas que fazem uma música meramente comercial não têm necessidade de lutar por espaços abertos pelo dinheiro público. Ariano Suassuna recorre ao episódio em que travou um embate ferrenho com o cantor Chico Science (líder do movimento Mangue Beat falecido de forma prematura em um acidente automobilístico) e nunca se arrependeu de ter dado a cara à tapa naquele momento. “Eu nunca tive nada pessoal com o Chico Science, mas a música dele, do grupo Nação Zumbi, já tinha a mídia aberta para ele”.
“Gosto de Chico César! Estou com ele e não abro”, concluiu Suassuna que lembrou na ocasião o fato de grupos como o Quinteto da Paraíba e do compositor Eli-Eri Moura, por exemplo, padecerem do mal que é a falta de visibilidade enquanto essas bandas que fazem uma música de qualidade fraca “enriquecem à custa dos espaços que, no meu entendimento, não fazem por merecer”.
Rasgando elogios a Sivuca, Ariano Suassuna lembrou o quando o autor de “Rapsódia Gonzagueana” sofreu antes de conquistar o mundo. “Eu vi o Sivuca ainda menino, tocando no meio da rua para ganhar uns trocados; e eu várias vezes lhe dei dinheiro quando passava por ele. Vejam que absurdo. E o Sivuca precisou ir para fora do Brasil para poder ter sua genialidade reconhecida”.
Sobre a homenagem que recebe do Sindicato dos Bancários da Paraíba (SEEB-PB) o poeta (para quem não sabe a sua antologia poética é fenomenal), dramaturgo e romancista se disse emocionado e agradecido. “Eu nem sei se mereço tanto, acho que Deus foi bondoso comigo. Mas fico feliz em ter meu trabalho reconhecido pelos meus conterrâneos”.


Paraíba Já com Assessoria para o Focando a Notícia

Humorista Shaolin completa 100 dias em coma sem apresentar sinais de melhoras

Shaolin completou 100 dias em coma na quinta-feira (28). Sem maiores informações, o humorista permanece internado na UTI do Hospital das Clínicas de São Paulo e não apresenta sinal de melhoras.
A família, amigos, e fãs continuam em vigília de oração e a imprensa tem dado destaque ao humorista que há 100 dias não nos deixa sorridentes ao vê-lo na Tv.
De acordo com a sua mulher, Maria Laudicéia Veloso, a recuperação do artista continua lenta, mas seu quadro é estável. Shaolin não apresenta sinais de melhoras, mas também não apresenta nenhum sinal de piora e médicos não dão previsão para novo procedimento médico.
As últimas informações são da esposa de Shaolin, que disse que ele tem passado por exames de rotina, para acompanhar a evolução da sua saúde. De acordo com o Hospital das Clínicas e com familiares, não há previsão de quando Shaolin deve passar por algum procedimento médico. E os médicos explicam que nenhum exame é conclusivo até que ele saia do coma.
Ele teve o braço esquerdo operado, porque perdeu musculatura e massa óssea no acidente. De acordo com Laudicéia, os médicos retiraram uma parte externa da coxa do artista e a colocaram no braço. A cirurgia faz parte do processo de restauração do membro superior.
Relembre o caso

O humorista Francisco Josenilton Veloso, 39 anos, mais conhecido como Shaolin, permanece internado em estado de coma no Hospital das Clínicas em São Paulo após ter sofrido um acidente de carro no dia 18 de janeiro em Campina Grande, na Paraíba. Segundo a assessoria do hospital, Shaolin permanece na UTI e não há previsão de melhora ou de realização de novas cirurgias.
Quando sofreu o acidente, o artista deu entrada no hospital regional de Campina Grande com traumatismo craniano. Três dias depois e após duas cirurgias, uma na cabeça devido ao traumatismo e outra para reconstrução do ombro que fora danificado, Shaolin foi transferido para o Hospital das Clínicas.
O acidente

Shaolin sofreu um acidente de carro às 23h38 pelo horário local (0h38 em Brasília) de 18 de janeiro em Campina Grande, na Paraíba.
De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, o acidente envolveu um caminhão que estava vazio e o carro conduzido pelo humorista, que seguiam pela mesma via (BR-230), porém em sentidos opostos. Na altura do km 163, os veículos teriam se chocado lateralmente. O motorista do caminhão fugiu sem prestar socorro, mas dias depois se apresentou à polícia para prestar depoimento e foi liberado.
Investigação

No 20 de janeiro, o motorista envolvido no acidente com Shaolin, Jobson Clemente Benício, de 23 anos, apresentou-se à delegacia da Polícia Rodoviária Federal da cidade paraibana. O inspetor responsável pela unidade ouviu o motorista que, em seguida, foi liberado.
Desde o acidente, já foram ouvidos policias rodoviários federais; médicos do Samu, que prestaram os primeiros atendimentos ao humorista; pessoas da comunidade local, que presenciaram o ocorrido, segundo informou ao R7 o advogado da família de Shaolin, Rodrigo Felinto.
Ainda de acordo com o advogado, a delegada responsável pelo caso pediu mais prazo ao Ministério Público, pois ainda faltam duas ou três testemunhas prestarem depoimento, além da documentação com o quadro clínico do humorista do hospital em que ele deu entrada logo após o acidente.
Assim que tudo estiver anexado ao inquérito, o Ministério Público julgará se acusa ou não o motorista do caminhão como réu no crime de lesão corporal na direção de veículo automotor, previsto no Código de Trânsito Brasileiro.


Fonte: PB Agora
Focando a Notícia

Presidentes do PMDB e do PSD discutem fusão dos dois partidos num futuro próximo

O presidente em exercício do PMDB nacional, senador Valdir Raupp (RO), disse nesta quinta-feira em Porto Alegre que o prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, não descarta uma futura fusão de seu novo partido, o PSD, com o PMDB. "O Kassab me disse isso pessoalmente. Com a reforma política e as mudanças em relação às coligações, a tendência é de que aconteça um enxugamento no número de partidos" afirmou.
Em março, Kassab informou sua saída do DEM e a criação do PSD. Desde então, membros do DEM passaram a migrar para o novo partido. Seis vereadores tucanos deixaram o PSDB com a possibilidade de ir para a nova sigla. Na segunda-feira, o governador de Santa Catarina, Raimundo Colombo, afirmou que caso não ocorra uma possível fusão entre DEM e PSDB, como vem sendo defendida por lideranças, seu caminho político será uma filiação ao PSD.
O senador Valdir Raupp também admitiu que o controle do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social, o Conselhão, era uma reivindicação do PMDB. O partido fez forte pressão interna no governo e acabou levando a melhor. O Conselho estava subordinado à Secretaria de Relações Institucionais, comandada pelo ministro Luiz Sérgio (PT-RJ). Mas decreto publicado no Diário Oficial da União da última terça-feira transferiu o comando do colegiado para a Secretaria de Assuntos Estratégicos, sob o comando do ministro Moreira Franco (PMDB-RJ). "Essa participação mais forte diminui os pontos de atrito. O Conselho decide as políticas públicas e a ocupação de espaços é natural", disse.
Sobre se a relação dentro do governo Dilma é melhor ou pior do que aquela mantida com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o senador avaliou que o momento atual é equivalente ao do segundo mandato de Lula. "O PMDB sempre deu governabilidade. E agora está ainda mais inserido no núcleo de governo. Na Câmara, com o novo partido do Kassab, a oposição deverá ficar resumida a algo entre 90 e 100 deputados, o que até não é muito saudável para a democracia", afirmou.
Questionado sobre se o partido está por hora "controlado" no que se refere à relação com o PT e a ocupação de espaços, o senador sorriu e disse que "não está não". "A situação está calma porque a base de sustentação (do governo) é muito ampla", disse.
Em Porto Alegre, Raupp participou da edição no Rio Grande do Sul do projeto "Entradas e Bandeiras", promovido pela Fundação Ulysses Guimarães (um braço do PMDB, comandada pelo ex-deputado federal gaúcho Eliseu Padilha) para discutir a organização da sigla para as eleições municipais de 2012. Antes, ele se reuniu com a bancada da legenda na Assembleia Legislativa. Os deputados gaúchos solicitaram uma reunião com o vice-presidente da República, Michel Temer (PMDB), para tratar sobre dois temas polêmicos: as propostas do novo Código Florestal e os royalties do pré-sal.


 PBHOJE
Fonte: Edmilson Pereira com Assessoria

Secretária Nacional de Habitação vem à PB

Três ações importantes voltadas para a oferta de moradia digna para famílias de baixa renda serão realizadas na manhã desta sexta-feira (29), às 10h, pelo governador da Paraíba, Ricardo Coutinho, e a ministra Inês Magalhães, da Secretaria Nacional de Habitação do Ministério das Cidades.
Durante cerimônia no Palácio da Redenção, os gestores irão lançar o Programa de Habitação Rural, por meio do qual o Governo do Estado, através da Companhia Estadual de Habitação Popular (Cehap), e o Ministério da Integração vão realizar convênio para a construção de cerca 800 unidades habitacionais voltadas para as comunidades rurais de baixa renda.
No ano passado, segundo observou a presidente da Cehap, Emília Correia Lima, nenhum centavo dos recursos destinados pelo Governo Federal para a construção de moradia rural foi aplicado no interior da Paraíba.
Cooperação financeira e técnica – Também na manhã desta sexta-feira, durante a solenidade que acontecerá no Salão Azul do Palácio da Redenção, o governador Ricardo Coutinho assinará Acordo de Cooperação do Estado com os Municípios paraibanos dentro do Programa “Minha Casa, Minha Vida” – Sub 50 e PSH, destinado aos municípios com populações inferiores a 50 mil habitantes.
Esse acordo, segundo a presidente da Cehap, deverá beneficiar inicialmente 61 municípios paraibanos que não dispunham de condições financeiras para bancar a contrapartida nos projetos habitacionais relacionados ao programa. Com a adesão desses municípios à parceria oferecida pelo Governo Ricardo Coutinho, o Estado passará a ajudar, não somente na questão da contrapartida, mas também na disponibilização de acompanhamento e fiscalização técnica dos projetos habitacionais que deverão envolver, inicialmente, convênios para construção de 2.500 unidades habitacionais.
Comitê Gestor – O governador Ricardo Coutinho também assinará decreto que cria o Comitê Gestor do Programa “Minha Casa, Minha Vida” destinado aos municípios com população superior a 50 mil habitantes.
O Comitê Gestor, segundo a presidente da Companhia Estadual de Habitação Popular (Cehap), Emília Correia Lima, vai criar as condições para que o Estado e os municípios paraibanos consigam atingir as metas do Programa “Minha Casa, Minha Vida”, contratando todos os recursos alocados e transformando-os em moradias para as populações que delas necessitam.
Tal iniciativa evitará, por exemplo, que recursos destinados à Paraíba acabem sendo direcionados para outros Estados, como ocorreu no ano de 2010, quando mais de quatro mil das 8 mil casas alocadas para municípios da Paraíba acabaram beneficiando moradores de outras unidades da Federação porque os administradores paraibanos não conseguiram contratar a totalidade dos recursos disponíveis.

 
Da Secom-PB

MP constata irregularidades no Trauma


Pacientes em maca
Pacientes em maca ( foto: ilustrativa - internet)
A Promotoria da Saúde do Ministério Público constatou diversas irregularidades no Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa, durante uma inspeção realizada nesta quinta-feira (28). Seguindo determinação da Secretária de Comunicação do Estado, a assessoria de imprensa do Trauma vetou a entrada dos veículos de comunicação na unidade hospitalar.
Conforme relatos do promotor João Geraldo, a equipe de inspeção flagrou pacientes pelos corredores, falta de medicamentos e higiene, material infectante espalhados no chão e paredes dos leitos com infiltrações.
Uma das gravidades, conforme João Geraldo foi detectada numa Unidade de Terapia Intensiva (UTI). No local onde a capacidade máxima é de 12 pessoas estão internadas 24.
“Vamos aguardar o relatório final da inspeção para notificar oficialmente a direção do Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa”, afirmou o promotor.
Governo vai aguardar relatório de vistoria ao Hospital de Trauma para adotar possíveis recomendações
 O Procurador Geral Adjunto do Estado, Wladimir Romaniuc Neto, disse que o Governo irá aguardar o relatório proveniente da inspeção realizada pelo Ministério Público Estadual e por seis conselhos de classe, no hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, em João Pessoa, na manhã desta quinta-feira (28), para se pronunciar sobre o assunto e adotar as possíveis medidas recomendadas no documento.
De acordo com diretor administrativo do Hospital de Trauma, o médico Ginaldo Lago de Melo Filho, estão sendo assistidos atualmente cerca de 220 pacientes na unidade. Porém, 80% desses pacientes são de cirurgias eletivas, casos de traumatologia, mas sem urgência. “Pela carência da rede hospitalar na Paraíba, todos os atendimentos acabam sendo concentrados no Trauma. Nós não podemos deixar de atender às pessoas, por isso acontece a superlotação”, explicou.
Ele afirmou que desde o ano passado o hospital já registrava excesso de pacientes. Problema, segundo ele, devido à carência de hospitais especializados em outras regiões do Estado, o que acaba sobrecarregando a unidade hospitalar da Capital.
Ginaldo Lago ressaltou que desde janeiro o atual governo tem trabalhado muito para reestruturar toda a rede de hospitais públicos de emergência do Estado. “Nós fazemos parte de uma rede de urgência e emergência em que o Governo está trabalhando para adequar o funcionamento em todo o Estado, de João Pessoa a Cajazeiras. Nosso objetivo é fazer com que o hospital de Trauma passe a atender somente urgência e emergência”, destacou o diretor.
Sem resposta – De acordo com o procurador do Estado, Wladimir Romaniuc Neto, após a vistoria feita em junho do ano passado, o Ministério Público deveria ter realizado uma segunda inspeção no final de dezembro e ter encaminhado ao hospital os relatórios com as providências e sugestões dos conselhos regionais.
Entretanto, até esta quinta-feira (28), a direção do Trauma não teve acesso aos dados da primeira vistoria, que foi realizada em junho de 2010. Wladimir Romaniuc Neto ressaltou que o Ministério Público está no desempenho da função institucional e que o atual governo está, neste curto espaço de tempo, mesmo com dificuldades financeiras, tentando sanar os problemas encontrados e melhorar os índices de qualidade dos serviços prestados pela unidade.
Participaram da inspeção o promotor de Saúde, João Geraldo Carneiro Barbosa e representantes de seis Conselhos Regionais: Medicina, Farmácia, Fisioterapia, Nutrição, Psicologia e Serviço Social.
 
Hyldo Pereira com secom PB
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

VISITANTES

busca no blog