Páginas

Amigos de Caaporã

SHOPPING LUX MAGAZINE

sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

Dilma quer incluir 800 mil famílias no Brasil sem Miséria até 2013

Brasília - A presidente Dilma Rousseff afirmou, nesta segunda-feira, que pretente incluir no Brasil sem Miséria todas as 800 mil famílias que preenchem os requisitos para participar do programa, mas ainda não estão cadastradas. No programa semanal de rádio "Café com a Presidenta", ela lembrou que, até o momento, 407 mil famílias foram localizadas, 90 mil a mais do que a meta fixada para este ano. Do total de 407 mil, 235 mil já estão recebendo o benefício.
- Para identificar essas famílias, foi fundamental a chamada busca ativa, que é o nosso compromisso de ir atrás dos extremamente pobres para garantir os seus direitos. Até 2013, nós vamos, com certeza, encontrar todos que ainda não estão no Bolsa Família e dar a eles o direito e as condições para que deixem de ser extremamente pobres - disse Dilma.
Segundo a presidente, reforçaram o Bolsa Família algumas medidas como a ampliação do número máximo de benefícios de três para cinco filhos com até 15 anos, o que incluiu mais de 1,3 milhão de crianças e adolescentes no programa. A implantação do Bolsa Gestante também já beneficia 25 mil gestantes que realizam o pré-natal, e do Bolsa Nutriz, 92 mil mulheres que estão amamentando.
Dilma ressaltou ainda que a mobilização de estados e municípios contribuiu para que a meta de famílias localizadas em 2011 fosse superada. Governadores do Amapá, Espírito Santo, de Mato Grosso, do Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Distrito Federal, de Goiás, Rondônia e São Paulo assinaram um pacto com o programa Brasil sem Miséria e complementam o benefício que as famílias mais pobres recebem.

O GLOBO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários sobre as publicações nesse blog passarão pelo moderador e só publicaremos comentários de pessoas que estiverem devidamente identificadas e que não denigram a imagem de outrem.

VISITANTES