Páginas

Amigos de Caaporã

SHOPPING LUX MAGAZINE

sábado, 30 de julho de 2011

Presidente da OAB, Odon Bezerra pode ser candidato a Prefeitura de João Pessoa

O bate-papo com o presidente da OAB/PB, Odon Bezerra, acontceu nos bastidores do programa Rede Verdade, do Sistema Arapuan de Comunicação, nesta sexta-feira, 29.
Odon é de uma família de políticos. Sobrinho do ex-governador Clovis Bezerra, de saudosa memória, o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, seccional da Paraíba, está sem filiação partidária, mas pode estar estudando um partido.
O cargo que ocupa não impede de exercer uma filiação partidária:
“Não tem problema algum; existem colegas presidente da OAB de outros estados que tem filiação partidária”, contou.
Irmão do deputado Hervázio Bezerra (PSDB), líder do governo na Assembleia, Odon admite a possibilidade de se candidatar a prefeito. “Vamos decidir isso no próximo ano”.
Você é candidato a prefeito de João Pessoa?
- Pode ser!
É sério? Quando começa essa discussão?
- Calma! Deixa chegar o próximo ano.
Mas existe essa possibilidade?
- Não é de se jogar fora, não.
O cargo que você ocupa permite ter filiação partidária?
- Colegas de outros estados são filiados a partidos.

A informação está no blog e Marcone Ferreira.

Ministro da Saúde assina acordo para construir Centro de Oncologia em Patos

Da Redação
Com Secom-PB

Durante solenidade de assinatura do Termo de Compromisso para a construção do Centro de Oncologia de Patos, o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, anunciou a construção de mais 4 Unidades de Pronto Atendimento (UPA) nas cidades de Patos, Bayeux e duas em João Pessoa, e 88 unidades de saúde em toda a Paraíba. O termo de compromisso para o fortalecimento e descentralização da prevenção, diagnóstico e tratamento do câncer foi assinado pelo ministro da Saúde e pelo governador Ricardo Coutinho.
O projeto do Centro de Oncologia está orçado em R$ 7 milhões com a inclusão de um equipamento especializado em radioterapia. São cerca de R$ 5 milhões do Governo Federal e R$ 2 milhões do Estado que também ficará responsável pela contratação de pessoal e manutenção do centro.Estamos assegurando parte dos recursos para que o projeto esteja concluído até 2012, para que assim possamos oferecer o tratamento do câncer aos pacientes que vivem no interior da Paraíba”, declarou o ministro da Saúde, Alexandre Padilha.
Ele informou que a política nacional de saúde prevê a instalação no país de 20 centros de tratamento de oncologia e a Paraíba sai na frente nesse processo. “A interiorização dos pacientes de oncologia é um desafio do Ministério, e Patos será um centro de prevenção e tratamento através da quimioterapia e radioterapia para os pacientes de câncer”.
O ministro desembarcou em Patos neste sábado (30) e foi recepcionado por autoridades como o prefeito Nabor Wanderley (PMDB), os deputados Hugo Motta (PMDB), Efraim Filho (DEM) e Antônio Mineral (PSDB), o ex-deputado Dinaldo Wanderley (PSDB), além de lideranças de várias cidades sertanejas.
No auditório do Fórum Miguel Sátyro, Padilha e o governador Ricardo Coutinho assinaram o convênio que prevê a construção do Centro de Oncologia em terreno anexo ao Hospital Regional de Patos, além do termo de compromisso para o fortalecimento e descentralização da prevenção, diagnóstico e tratamento do câncer na Paraíba.

Raposa leva gol do América no final e perde a segunda na Série C

Da Redação
Parecia que o Campinense Clube iria conseguir segurar o América de Natal em jogo realizado fora de casa, mas não deu. O gol do adversário saiu nos minutos finais e o time paraibano acabou sendo derrotado pela segunda vez no Campeonato Brasileiro da Série C.
O América jogava em casa, mas como o Estádio Machadão está sendo todo reformado para a Copa do Mundo de 2014, a partida foi realizada no Estádio Nazarenão, em Alagoinha. Num jogo difícil, o gol só saiu aos 40 minutos do segundo tempo, e de pênbalti. O autor do único gol do jogo foi Wanderley.
Foto: assessoria do América de Natal
O jogo deste sábado foi assistido por um público de 3.907 torcedores, sendo 3.455 pagantes. A renda foi de R$ 44.505. A arbitragem ficou por conta dos pernambucanos Claudio Mercante (árbitro central) e Alcides Lira Júnior (assistente) e pelos potiguares Valdomir Araújo (assistente) e Pablo Gonçalves (árbitro reserva).
Válida pela terceira rodada da 1ª fase da competição nacional, o América continua invicto com seis pontos conquistados e assume a ponta da tabela. Já a Raposa permanece com apenas três pontos e fica em penúltimo (ameaçado de rebaixamento).
No outro jogo do grupo, o CRB em casa venceu o Guarany de Sobral. O time alagoano vai para a vice-liderança e joga a equipe cearense para a terceira colocação.
Na próxima rodada, a Raposa joga contra o Fortaleza, que está na lanterna e nesta rodada não jogou. Será um confronto direto entre os times que lutam para não cair para a Série D, mas o Campinense joga no Amigão.

PARAIBA1

Irmão de Tiririca morre em acidente de moto no RN

Um irmão do deputado federal Francisco Everardo Oliveira Silva (PR), o Tiririca, morreu em um acidente de moto na rodovia RN-118, que liga os municípios de Ipanguaçu a Assu, no Rio Grande do Norte, nesta quinta-feira (28).
No fim da tarde de ontem, o corpo de Francisco Fonseca Sobrinho, 69, conhecido como Chico de Higino, foi sepultado no cemitério São João Batista, em Assu (a 204 km de Natal).
De acordo com informações da polícia, Chico de Higino estava viajando em uma moto quando teria sido atropelado por um caminhão nas proximidades do povoado de Arapuá, em Ipanguaçu. O motorista fugiu sem prestar socorro à vítima. Ele foi levado a um hospital de Mossoró, mas não resistiu.
Francisco Fonseca Sobrinho era um dos dez filhos por parte de pai do comediante, que é caminhoneiro. “O pai do meu sogro [pai de Tiririca] é muito namorador. Por onde ele viajava deixava um filho e nem sabe ao certo quantos filhos tem, pode ser que tenha uns 20 filhos”, afirmou o genro da vítima, Ricardo Santos.
“Nas vezes que ele [Tiririca] veio aqui, reunimos os dez filhos de seu Higino, que moram aqui em Assu, para comemorar a visita do irmão ilustre. Foram momentos de confraternização”, relembra Santos.
Segundo a sobrinha de Tiririca, Fabíola Santos, o comediante conheceu melhor a família na época do sucesso da música Florentina, mas depois perdeu o contato. “Acho que ele nem sabe que perdeu um irmão num acidente”, finalizou.
A reportagem tentou contato com a assessoria de imprensa do deputado, mas ninguém foi localizado.
uol.com

Ex-presidiário é executado a tiros em Caaporã

Um ex-presidiário foi assassinado nesta sexta-feira (29), com vários tiros na cidade de Caaporã.
Segundo informações de testemunhas a vítima foi identificada por Jozias e foi morto em um conjunto habitacional, que estão construindo na cidade.
Dois homens se aproximaram da vítima e efetuaram vários disparos. A polícia trabalha na hipótese de acerto de contas.
Mais informações em instantes.


PORTAL CORREIO

sexta-feira, 29 de julho de 2011

Ministério Público notifica Globo por exibir menores imitando Amy Winehouse

http://natelinha.uol.com.br/img/pag/315x265/img20110728141122.jpg
O Ministério Público Federal de São Paulo notificou a Rede Globo por exibir fãs menores de idade imitando a cantora Amy Winehouse em uma homenagem feita pelo "Fantástico" no último domingo (24).

Segundo o jornal Agora São Paulo, o procurador regional direitos do cidadão, Jefferson Aparecido Dias, pediu que a emissora forneça os dados dos adolescentes que apareceram na matéria, em especial os da jovem que simula portar bebida alcoóliga e cigarro, além da cópia do alvará que autoriza as participações desses jovens.

A Globo tem dez dias para esclarecer o fato ao MP.
 

Gervásio afirma que quer dissidentes fora da reunião com o PMDB nesta sexta-feira

Líder do PMDB na Assembleia Legislativa, o deputado estadual Gervásio Maia não está brincando quando defende um novo rumo para o partido. Além de defender a mudança do presidente Antônio de Sousa, o qual considera um ótimo técnico, mas um desconhecedor da geografia política da Paraíba, Gervasinho quer que o PMDB coloque ordem na casa ao tirar dos dissidentes do partido o comando da legenda em seus municípios de origem.
“Não pode alguém ser contra a posição do partido, estar como adesista desse governo, e ainda ter controle ou privilégios da legenda”, destacou, se referindo aos deputados Márcio Roberto, Wilson Braga e Doda de Tião.

A posição de Gervasinho é tão firme que ele chegou a dizer que não aceitar sequer a presença dos três na reunião extraordinária desta sexta-feira no PMDB.

Ele acha que os três poderão levar informações para o governo Ricardo Coutinho (PSB). “Não se pode permitir que os adesistas fiquem sabendo de tudo apenas pra ter informações contra nós”, declarou.

Do blog de Luis Torres

Governador pede apoio para distrito industrial em Alhandra

O governador Ricardo Coutinho solicitou apoio do Ministério do Desenvolvimento da Indústria e Comércio Exterior para a instalação de um distrito industrial no município de Alhandra com objetivo de atrair empresas fornecedoras da montadora da Fiat, que deverá ser instalada em Goiana (PE). Durante audiência na tarde desta terça-feira (26), em Brasília, com o ministro Fernando Pimentel, o governador discutiu sobre os projetos desenvolvidos pelo Estado como a criação de uma Zona de Processamento de Exportação (ZPE), em Santa Rita, e do Porto Seco de Campina Grande.
Durante audiência, Ricardo Coutinho também pediu a inclusão do setor ceramista na lista dos 100 produtos nacionais com tarifa externa comum (TEC) como forma de estímulo diante da concorrência desleal dos produtos chineses que entram no mercado com preço muito baixo devido a fatores como mão de obra barata e grande capacidade financeira.
O ministro ressaltou que o ministério irá contribuir com a implantação desses projetos importantes para o desenvolvimento industrial do Estado. Pimentel acionou o setor técnico para apresentar os programas de apoio à formação de distritos industriais em torno de grandes empreendimentos que geram toda uma cadeia de empresas fornecedoras em seu entorno.
Fernando Pimentel ressaltou que a inclusão do setor ceramista no TEC será analisada e recomendou aos auxiliares a revisão na lista dos 100 itens nacionais com tratamento diferenciado. “Reconheço a importância desse segmento na geração de emprego e se for demonstrado a viabilidade vamos possibilitar a entrada do setor entre os produtos com tarifas diferenciadas”, afirmou.
Ricardo Coutinho considerou a audiência com o ministro e com representantes do setor ceramista bastante positiva por abrir uma discussão de proteger a indústria ceramista no país com uma taxação diferenciada para atuar de forma competitiva frente à concorrência chinesa. “É preciso que o Governo Federal esteja atento para desenvolver mecanismos de proteção à indústria nacional diante do avanço dos produtos da China que entram muito barato e prejudicam o setor ceramista”.
Distrito industrial – Ricardo ressaltou que a Paraíba tem todo o interesse em implantar um distrito industrial próximo à fábrica da Fiat, em Goiana, já que o empreendimento deverá estar há poucos quilômetros do território paraibano e a 14 quilômetros da cidade de Alhandra. “Acreditamos que com esse distrito industrial, com o Porto Seco em Campina Grande e a ZPE em Santa Rita estaremos mudando o perfil econômico do nosso Estado”, completou.
O representante dos fabricantes de cerâmica, Antônio Kieling, disse que hoje o Brasil é o segundo maior produtor de cerâmica e o segundo maior mercado consumidor, mas vem perdendo espaço para as fábricas chinesas.  Ele agradeceu o apoio do governador Ricardo Coutinho nesse pleito de incluir o setor na lista dos 100 itens com tratamento diferenciado no país. “Já fomos o terceiro maior exportador do mundo e nos últimos cinco anos caímos para a quinta colocação. Geramos mais de 200 mil empregos diretos no país. Porém, nos deparamos com a ameaça dos produtos chineses que entre 2005 e 2010 tiveram um salto nas exportações de 148 mil metros quadrados para 19 milhões de metros quadrados”, completou.
Luiz Cláudio com Secom

Defesa Civil estadual faz apelo para que municípios elaborarem documento sobre danos, Alhandra e Pitimbu ainda não entregaram relatório


Representantes dos municípios prejudicados pelas chuvas e que tiveram situação de emergência decretada pelo governador Ricardo Coutinho já estão procurando a Gerência Executiva de Defesa Civil do Estado para elaborar a Avaliação de Danos (Avadan), a ser encaminhada à Defesa Civil Nacional.
No documento, devem constar todos os tipos de danos e ajuda humanitária, tanto na zona urbana como na zona rural do município. Com ele em mãos, os municípios em situação de emergência serão incluídos na relação para recuperação dos estragos, por meio de uma parceria entre os governos do Estado e Federal.
Técnicos da Defesa Civil Nacional estão em João Pessoa desde a semana passada, preparando o documento em parceria com os técnicos da Paraíba. Os representantes das prefeituras devem se dirigir à sede da Defesa Civil estadual, no Centro Administrativo do bairro de Jaguaribe, em João Pessoa.
Já comparecem representantes de Alagoa Grande, Caaporã, Conde, Itatuba, Lagoa Seca, Lucena, Mataraca, Mulungu, Puxinanã, Riachão do Bacamarte, Rio Tinto, São José dos Ramos e Umbuzeiro.
A Defesa Civil aguarda, ainda, as prefeituras de Alagoa Nova, Alagoinha, Alhandra, Araçagi, Arara, Areia, Aroeiras, Barra de Santana, Barra de São Miguel, Bayeux, Cabaceiras, Cabedelo, Caldas Brandão, Campina Grande, Cruz do Espírito Santo, Gurinhém, Ingá, Itabaiana, João Pessoa, Juarez Távora, Lucena, Mari, Mamanguape, Massaranduba, Matinhas, Mogeiro, Natuba, Pilar, Pirpiritibua, Pitimbú, Pocinhos, Queimadas, Salgado de São Félix, Santa Rita, São Miguel de Taipú, São Sebastião de Lagoa de Roça, Sapé e Sobrado.
Para outras informações, a Defesa Civil disponibilizou os seguintes telefones:
 3218.4652/468/4679
8839.1188 (Brito)
8828.8343 (George)
8828.8350 (Coronel Rufino)

Parceria entre DER, prefeituras e empresas é firmada para recuperar ponte de Cupissura


O acordo foi feito na manhã desta segunda-feira (25), em reunião do grupo de trabalho criado pela diretoria do órgão rodoviário para fiscalizar, orientar e acompanhar todas as obras de pontes e trechos danificadas pelas chuvas. Participaram do encontro o diretor-superintendente do DER, Carlos Pereira, e o secretário de Obras de Caaporã, Milton Pires de Almeida, que representou as duas prefeituras e as empresas. O aterro de acesso à ponte de Cupissura, no município de Caaporã, destruído pelas chuvas, será recuperado por meio de uma parceria firmada entre o Departamento de Estradas de Rodagem (DER), as prefeituras de Caaporã e Alhandra, a Destilaria Tabu e a fábrica de cimento Lafarge. As duas prefeituras e as empresas fornecerão todo o material necessário para a recuperação total da ponte, cabendo ao DER o apoio técnico.
Sinalização – Todas as rodovias e pontes que sofreram danos por causa das chuvas no Estado terão, a partir desta terça-feira (26), a sinalização reforçada pelo DER. Fitas e placas vão orientar os motoristas no início de cada rodovia e nas proximidades do local das obras, com o objetivo de evitar acidentes.

Luiz Cláudio com Secom
Show da Manhã

Blog Show da Manhã: Os Muídos da politica no litoral sul

A fé de quem não tem
O Padre do PT que se lançou como pré-candidato a prefeito, além de enfrentar a oposição dos fiéis e da igreja, também vem sendo "cutucado" por um lider politico que garantiu: ' Ele não vai ser candidato, a caixa preta não deixa', afirmou.

Barracos da Politica

Após o cacete rolar na festa de aniversário de "Toinho Machado" em Pitimbu, Sandra Ribeiro, está repensando os convites feitos para o lançamento da sua pré-candidatura a prefeita do Conde. A jovem pensa em "desconvidar" alguns convidados para que a festa não termine em barraco.

Barracos da Politica II

O pré-candidato a prefeito de Pitimbu, Kleyber Araújo se livrou de apanhar na festa de "Toinho Machado", Kleyber que foi convidado para o evento, estava se dirigindo ao local quando recebeu uma ligação e mudou os planos, após saber do ocorrido, Kleyber suspirou aliviado com a ligação salvadora.

Aviso aos festeiros

Senhores pré-candidatos vocês que estão sempre querendo agradar em período "eleitoreiro", lembrem-se que ainda falta 1 ano e 3 meses para as eleições de 7 de outubro. Portanto evitem as baixarias e barracos públicos e digam não as centenas de convites que vocês recebem. O povo merece respeito e brigas, pancadaria e xingamentos em  público não é exemplo de politica e sim de falta de ação. Ao invês de estarem brigando em festas, vão ajudar o povo que está passando necessidade após as chuvas na região, vão procurar o que fazer!!!

Como é?

Ela não é candidata, ela diz que vai apoiar o pai, mais o pai quer vender o apoio a um adversário ferrenho, comenta-se que o pai jogou a toalha após fazer uma pesquisa e constatar que não há chance de vitória, portanto não vai jogar dinheiro no lixo, muito pelo contrário, vai aproveitar e negociar seu apoio para embolsar um dinheirinho extra. Sei não, acho que vale alguma coisa, alguma coisa pouca é claro!

E veio a ordem

A chapa contra Dr. João foi autorizada, Manoel do Fumo - Prefeito e Kiko - Vice, essa foi a ordem vinda de cima, a vereadora Didi não gostou nadinha, mas terá que engolir. Resta saber até quando durará essa formação, pois a filha de Manoel do Fumo, Jeane Nazário quer emplacar um nome do PSB em Caaporã.

Quem tem mais

As cidades de Conde e Pitimbu estão disputando o titulo de cidade com maior números de pré-candidatos a prefeitos, até o momento 11 nomes foram lembrados em Pitimbu e 11 no Conde. Sabemos que todo mundo lança o nome na esperança de levar algum para declarar apoio, ao final só 3 ou 4 nomes restarão.


Show da Manhã

Em 5 de agosto, Craques da seleção de futsal estarão em João Pessoa

Secom/PB


Nomes que marcaram época na seleção brasileira de futsal, como Manoel Tobias, Danilo, Chôco, Calípio, Cacau, Edinho, Ortiz e Vander Carioca estarão presentes em João Pessoa participando de um amistoso comemorativo que marcará a despedida oficial das quadras do paraibano Fininho, bicampeão mundial pela seleção brasileira.

O evento será no dia 5 de agosto, aniversário de João Pessoa, às 20h, no Ginásio Ronaldão, onde a seleção paraibana enfrentará os amigos de Fininho. Para ter direito a entrada, o torcedor deverá levar 2 kg de alimento não perecível que serão destinados às pessoas atingidas por enchentes decorrentes das fortes chuvas que caíram na Paraíba.

“Será um excelente atrativo no dia 5 de agosto, pois vários atletas que conquistaram títulos pela seleção brasileira estarão presentes, que homenageará um jogador que soube honrar o nome da Paraíba no Brasil e no mundo”, disse o secretário de Juventude, Esporte e Lazer, Fábio Maia.

João Pessoa Futsal Cup – Entre os dias 5 e 7 de agosto o Governo do Estado através da Secretaria de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel) apoiará a João Pessoa Futsal Cup, que contará com 12 equipes de sete categorias.

De acordo com o presidente da Federação Paraibana de Futsal, Bosco Crispim, cinco estados já confirmaram presença nas disputas. “Até agora já confirmaram presença times do Ceará, Rio Grande do Norte, Sergipe, Pernambuco, além da Paraíba”, disse o dirigente.

O primeiro dia de competição será encerrado às 17h00, começando em seguida os preparativos para o amistoso entre os amigos de Fininho e a seleção paraibana de futs
al.

Semifinal do Campeonato Paraibano de Futsal

Hélio Marques
Campina Grande, PB  - Neste sábado (30), no ginásio do Colégio Alfredo Dantas (CAD), a equipe feminina do Treze estará jogando com o River Plate de Guarabira, pela segunda partida da semifinal do Campeonato Paraibano de Futsal. O jogo está marcado para às 15h.

No primeiro confronto entre as equipes, em Guarabira, as meninas do Treze venceram pelo placar de 2x1. Sua presença é importante.

Agora Esportes

No Treze: Jogadores querem assegurar vaga de titular




Recuperado, André Lima treinou bem


O treino tático/coletivo da tarde desta quarta-feira (27), no PV, ficou marcado pela raça dos jogadores. Todos estão em busca de garantir vaga entre os titulares, no jogo do próximo domingo, quando o Galo enfrenta, fora de casa, o Bahia de Feira de Santana.
Com praticamente todos os jogadores do grupo à disposição, o técnico Marcelo Vilar terá uma ‘dor de cabeça saudável’ para escalar a equipe na segunda rodada da Série D do Campeonato Brasileiro.
Sabendo que ninguém tem lugar assegurado no time considerado titular, os atletas vêm se empenhando ao máximo durante os treinamentos, para adquirir a confiança do treinador.
No coletivo desta tarde, o zagueiro Anderson foi poupado, já que sentiu um desconforto em uma das panturrilhas. Mas segundo o preparador físico Alexandre Duarte, o atleta terá condições de atuar contra os baianos.
Um dos destaques do treinamento desta quarta foi o zagueiro André Lima, que recuperado, treinou bem, entre os titulares.
O coletivo apronto com vistas ao jogo de domingo será nesta sexta-feira (29), a partir das 15h30, no 'Amigão'. Para esta quinta, estão programados treinos nos dois períodos, no PV.

Tiago França
Agora Esportes

Antonio Carlos Moreno afirma "Paraíba tem veia esportiva"

Secom/PB



A realização da Semana Olímpica na Paraíba é uma iniciativa que certamente vai ter consequências positivas para a formação de atletas no Estado. Quem garante é o ex-capitão da Seleção Brasileira de Vôlei, Antonio Carlos Moreno, que ministrou por dois dias um curso de voleibol para cerca de 70 pessoas, entre professores e estudantes de Educação Física, no Colégio Motiva Ambiental, em Campina Grande.

Moreno ressaltou a vontade, a participação e o entendimento da filosofia do curso pelos alunos. “A prática do voleibol é uma proposta de reconstrução de um novo profissional. A ideia é como cada um pode tirar de si o melhor e transmitir aos seus atletas. Estou muito contente, criamos desafios e a turma reagiu bem”, ressaltou Antonio Carlos, que participou de quatro olimpíadas.

Ele destacou ainda a iniciativa do Governo do Estado na realização do evento, em parceria com o Comitê Olímpico Brasileiro (COB). “Se o gestor não tem a veia esportiva educacional, a coisa não anda. A Paraíba está dando mostras de que tem essa veia. Tenho certeza de que podemos mudar o cenário do voleibol na Paraíba”, disse.

Intercâmbio - O professor Eduardo Guerra, um dos participantes do curso, comentou que, em três décadas de atividades esportivas, nunca tinha participado de uma Semana Olímpica ou mesmo presenciado um atleta da Seleção Brasileira ministrando curso em Campina Grande. “Essa iniciativa do Governo do Estado vai gerar bons frutos. Estão todos de parabéns”, disse.

A estudante de Educação Física, Yana Carla, destacou o intercâmbio entre Antonio Carlos Moreno e os professores. “Neste curso, aprendemos a teoria e a prática com pessoas experientes, o que é fundamental para a nossa formação”, frisou.

Outro que participou foi o estudante Gabriel Vitor. Natural de Campina Grande, ele atualmente treina na equipe de voleibol do Minas Tênis Clube. “Aprendi muito neste curso. O próximo passo agora é treinar muito para um dia chegar à Seleção Brasileira e participar das Olimpíadas”, ressaltou Vitor.

Perilima é destaque no GloboEsporte.Com



Por Diego Rodrigues Rio de Janeiro
Seu Pedro no estádio do Perilima (Foto: Divulgação / Arquivo Pessoal)Seu Pedro, fora de campo, mas apoiando o seu
clube (Foto: Divulgação / Arquivo Pessoal)
Pedro Ribeiro Lima não é nenhum craque - como costuma dizer - nem chega perto dos mil gols na carreira, muito menos é um jovem com futuro promissor. Pelo contrário. Com 63 anos completados na última quinta-feira, ele é dono, técnico e centroavante do Perilima (Pedro + Ribeiro + Lima), clube de Campina Grande, na Paraíba. Detalhe: tem apenas um gol na carreira, contra o Campinense, de pênalti. Jogador profissional que se diz o mais velho do mundo, ele precisa conviver também com o status de ser o “destaque” do pior time.
Fundado em 1992, o clube foi profissionalizado em agosto de 1998 e estreou em uma partida oficial contra o Santos de João Pessoa, no empate por 1 a 1. O currículo, aliás, não é dos melhores, o que levou ao status de um dos times com desempenho em campo menos bem-sucedido. Sem nenhum título profissional, a Associação Desportiva Perilima se orgulha dos cinco vice-campeonatos da Segunda Divisão do Paraibano - sendo um deles disputado com a participação apenas do Perilima e mais um clube -, que garantiram o acesso. Em 127 jogos oficiais, foram 13 vitórias, 15 empates e 99 derrotas. Para piorar, o time levou 416 gols e marcou apenas 107.
- Tentamos ser um time bom, mas ultimamente não temos dinheiro para recrutar os melhores jogadores e pagar - disse Pedro Lima, conhecido como Seu Pedro.
Treinando em média de uma a uma hora e meia por dia em um parque da cidade, que ele mesmo diz ter até caixa de areia para realizar circuitos físicos, Seu Pedro mantém a forma, ainda disputa peladas, mas teme por ter de pendurar as chuteiras. Isso porque, se realizar o sonho de encontrar algum investidor, pode ser forçado a não jogar para não prejudicar a equipe.
- Possíveis parceiros não são tão favoráveis a minha presença em campo. Mas minha vontade é de poder continuar jogando. Não vou correr como o cara mais novo do time, mas com força e o desejo de estar em campo. Sei que aguento os 90 minutos. Não posso prometer produção boa, porque nunca fui técnico, sou voluntarioso (risos). Quem é técnico já nasce com o dom - disse, quase em forma de apelo.


time do Perilima  (Foto: Reprodução)
Pedro posa para foto com o antigo elenco do Perilima, que se desfez por falta de recurso (Foto: Reprodução)
Segundo Seu Pedro, sua saúde está bem melhor que há 12 anos, quando fez seu primeiro contrato profissional, com aval do cardiologista, que também assinou o vínculo do dono do time com seu próprio time.
- Para não morrer do coração, achei melhor fazer o contrato para me distrair. Veio a ideia, trouxe divulgação e hoje sou viciado em exercício físico. Não sinto dores nas articulações mais, diminuiu o problema de gastritre, que tinha desde os 30 anos ... - contou Seu Pedro, que, para não ter problemas ao assinar contrato com o seu próprio clube, entregou a presidência ao seu filho Emanuel dos Santos Ribeiro.

Dívidas e mais dívidasO jogador sessentão, de sorriso fácil, só fecha o semblante quando o assunto é a fase atual da equipe. Sem investidores, o clube deve cerca de R$ 12 mil à federação paraibana, e, por conta da dívida e falta de recursos, não disputa a Segunda Divisão do Paraibano desde 2009. A participação há dois anos, aliás, não foi das melhores: última posição geral da competição.

A grande esperança era o recebimento dos recursos do Gol de Placa, programa do governo. O projeto funciona com verba de empresas contribuintes de ICMS que investem no desenvolvimento do futebol profissional. Mas, segundo o site do governo paraibano, o programa contempla os clubes que disputam a Primeira Divisão do Estadual, o que não é o caso do Perilima.

O clube, então, passou a depender da ajuda de fãs - isso mesmo, fãs. A história do Perilima chamou a atenção da imprensa nacional há mais de dez anos e, desde então, Pedro Lima virou pop star, o ícone de marketing do Perilima, angariando adeptos. Seu Pedro apareceu até na televisão.

- Não tinha o pensamento de jogar. Em 2005, o time que eu esperava dar show perdeu de 5 a 0. Aí eu vi que ia levar muitas lapadas e fiz meu contrato para me divertir no meio deles.

A ajuda

jornal do Perilima com foto do Seu Jorge (Foto: Reprodução)Seu Pedro e o Perilima em destaque na imprensa
local (Foto: Reprodução)

Dono de uma fábrica de sordas, uma espécie de bolachas de trigo e rapadura, Seu Pedro utiliza o espaço que dispõe na empresa como sede do clube. Em partidas oficiais o time mandava seus jogos no Estádio Amigão Mas, apesar do esforço, os números não ajudam.
Nem por isso desanimou os sordados, alcunha da torcida. A principal ajuda, no entanto, surgiu do Orkut. A comunidade Futebol Alternativo, repleta de membros que se interessam por times de menor expressão, decidiu colaborar. Na primeira semana, foram R$ 1.400 doados. Mas a procura diminuiu. Hoje, a principal fonte de renda vem da venda das camisas, que custam R$ 60, seja de goleiro ou jogador.  Com a confirmação da venda de 45 camisas 5 (em alusão ao número utilizado por Pedro), serão arrecadados R$ 2.700.
Quem doar acima de R$ 100 ganhará uma das camisas doadas por Seu Pedro. Com R$ 20, terá direito a um nome para participar do sorteio. A partir de R$ 40, serão dois nomes.
- Em 2006, durante um jogo da Segunda Divisão (do Paraibano), o Auto Esporte, meu time de coração, fez 7 a 0 no Perilima e achei legal o Seu Pedro jogando. Tirei foto com ele, e, a partir dali, passei a admirar o clube - explicou Láercio Ismar.
Laércio é fã do Perilima e o principal articulador das doações e envio das camisas. Radialista, ele atualmente não exerce a função. É designer, mas segue apaixonado pelo futebol. E já passou por situações complicadas com colegas que se comprometeram a ajudar:
- Logo na distribuição da primeira remessa, um amigo que me ajuda na distribuição tomou uma multa (R$ 130) porque estacionou em local indevido. Mas nunca reclamou de nada. Ele mesmo falou que já ficou uma semana com a camisa do Perilima. Fora isso, creio que gastamos em torno de R$ 50 por mês (R$ 300 até hoje) a mais do próprio bolso com frete. Fora gasolina.
camisas do Perilima  (Foto: Divulgação)Os dois uniformes do Perilima. O segundo foi
inspirado (Foto: Divulgação)
Ele foi o responsável por criar também o blog ajudeaperilima.blogspot.com. Outra fonte de renda surgiu da venda de um espaço na camisa. Foram definidos os preços para cada local, que variam de R$ 50 a R$ 200, uma taxa anual (que pode ajudar no projeto da base). Um empresário de Brasília investiu R$ 1.000 para que as camisas fossem fabricadas e tem o nome de seu site estampado na parte mais nobre do “manto” do Perilima.
O problema é que a ajuda não cobre o prejuízo acumulado até hoje. Além disso, Pedro Lima está proibido pela família de retirar dinheiro da fábrica de sordas e investir na paixão pelo clube.
- Minha família, que era para ser mais adepta, dizer que sou o jogador mais velho, me deixou sozinho.
Sem os recursos da fábrica, ele já chegou a contar até com a ajuda dos próprios jogadores. Apostando na vontade dos atletas de aparecerem no cenário nacional, Seu Pedro negociou um acordo: eles não teriam salário e jogariam pela vontade de seguir na profissão.
- Ninguém ganhava nada, foi na base da cooperação. Combinamos que, se conseguíssemos coisas boas, tudo seria dividido com todo mundo. É um risco. Mas esses jogadores se comprometeram a pagar e era uma maneira de disputar uma competição. Teve jogador que pagou além dos R$ 400 (taxa de inscrição), porque nem todos tinham dinheiro. Alguns deram, outros não, e tive que deixar débito na inscrição acreditando que arrumaria dinheiro. Mas o time não fez uma campanha boa e fomos deixando o nome do Perilima cair - disse, lembrando que é o único jogador com contrato em vigor com o clube.
Fora os salários, é necessário pagar a taxa de R$ 400 por jogador à federação, além das despesas para realizar uma partida de futebol, que, segundo Seu Pedro, varia de R$ 2 mil a R$ 5 mil. Isso sem contar hospedagem, material de treino, medicamento...

O erro
time do Perilima  (Foto: Divulgação / Arquivo Pessoal)Seu Pedro cobra lateral durante partida do clube
(Foto: Divulgação / Arquivo Pessoal)
No meio de idas e vindas do Perilima na Primeira Divisão, Seu Pedro assume o erro: não criar concentrações. Durante cerca de 40 minutos de bate-papo, ele repetiu ao menos cinco vezes que tudo hoje seria diferente se não tivesse falhado no planejamento do time quando existia dinheiro em caixa para investir.
- Em 2009 arrisquei sem dinheiro mesmo e os jogadores pagaram a taxa. Mas se engana quem acha que o futebol de pelada vai ser suficiente. Em campo, é outra coisa. Aí fiz uma Segunda Divisão sem chance de subir, peguei uma chave com menos jogos para ter menos despesas...  Se você paga, pode exigir com mais firmeza. Mas meu grande erro estratégico não foi esse, foi quando tinha um time brigador, mas que não se concentrava para fazer economia. Eles não eram ruins, mas passavam a noitada sem o respeito ao outro dia. Às vezes isso acaba repercutindo no rendimento em campo. Era um time para brigar com Treze e Campinense.
Na época, Seu Pedro recebia dinheiro como forma de patrocínio de uma distribuidora de combustível. Sem sucesso em campo, perdeu o investimento, ficou sem dinheiro e chegou a vender seu carro, uma picape S10.

Aposta na garotada
Para não ter frustrações futuras, o sessentão agora quer apostar na base, que poderá treinar em um campo em Mangabeira, bairro de João Pessoa. Se continuar impossibilitado de jogar o Paraibano, vai recrutar jovens de Campina Grande e torcer para revelar um craque do futebol brasileiro que movimente seu caixa.
Se dará certo, só o tempo dirá. Mas a meninada poderá escutar muitas histórias da aventura de Seu Pedro, que lembra a excursão frustrada da equipe à Bolívia:
- Fui burro. Peguei dois jogadores bons para jogar lá, porque estavam sendo cogitados e treinando há uma semana. A intenção deles era de ficar. Mas perdemos de 2 a 0 para o San José graças a esses jogadores que eram bons. Como não nos programamos bem, e era eu e mais um aventureiro comigo, não foi fácil acertar os outros jogos. Mas posso dizer que meu time já jogou na Bolívia - contou, lembrando que na época não entrou em campo e assistiu à partida da tribuna do estádio, em Oruro.
Quanto às justificativas por ter marcado apenas um gol na carreira...
- Arrisquei muitas vezes em cobrança de faltas. Teve uma que bati no ângulo e o goleiro fez milagre. Aí fiquei só com o golzinho de pênalti mesmo.


http://globoesporte.globo.com/futebol/noticia/2011/07/brasil-afora-jogador-do-perilima-aos-63-teme-fim-da-carreira-e-do-clube.htm

Agora Esportes

Seletiva do Futebol Feminino Paraibano


João Pessoa, PB - As equipes de futebol feminino interessadas em participar do Torneio Seletivo precisam urgentemente enviar ofício ao departamento técnico da Federação para confirmar a participação na competição nos dias 13 e 14 no estádio Almeidão. O ofício tem que ser enviado a FPF até o dia 29, póxima sexta-feira.

O Torneio Seletivo de Futebol Feminino tem o objetivo de descobrir talentos para a seleção brasileira nos Jogos Pan-Americanos de 2011 que vão acontecer no México, em Guadalajara. A competição contará com a presença de um técnico da CBF ligado ao departamento feminino de seleções, conforme entendimento já mantido e aprovado pelo presidente Ricardo Teixeira com a FPF.



Geraldo Varela/FPF

MDA entrega 14 Arcas das Letras em municípios paraibanos

O Programa Arca das Letras, do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), vai entregar, até a próxima quinta-feira (28), mais 14 bibliotecas a comunidades rurais de 10 municípios paraibanos. Com mais esta ação, o programa Arca das Letras contabiliza a implantação de 384 bibliotecas rurais em mais de 80 municípios da Paraíba, instaladas entre 2003 e 2011. A previsão da Delegacia do MDA-PB é alcançar 400 arcas até o final deste ano.
            As entregas estão sendo acompanhadas pelo delegado federal do MDA na Paraíba, Antônio Alves, e começaram na última segunda-feira (25) pelos municípios de Juazeirinho, que teve três comunidades rurais contempladas, e de Junco do Seridó, com mais duas comunidades atendidas.
            Nesta quarta-feira (27) será entregue a Arca das Letras destinada à zona rural do município de São José dos Cordeiros.
            As oito bibliotecas restantes serão entregues por Antônio Alves no segundo dia de programação do Dia da Agricultura Familiar do Território do Cariri Oriental Paraibano, que deverá reunir, nestas quarta-feira (27) e quinta-feira (28), um público estimado em mil pessoas, entre agricultores familiares, assentados da reforma agrária e entidades no município de Boqueirão, a 163km de João Pessoa.
            Duas bibliotecas serão destinadas ao município de Boqueirão e uma para cada um dos municípios de Alcantil, Caturité, Riacho de Santo Antônio, Caraúbas, Barra de São Miguel e Barra de Santana.
Voluntários das comunidades ficarão responsáveis pelas atividades das bibliotecas e receberão noções básicas sobre o cadastro de leitores, o sistema de empréstimo, a seleção e a catalogação de novos livros e ainda sobre técnicas de incentivo à leitura e de organização de eventos para a ampliação dos acervos.
O treinamento dos agentes será feito através da oficina “Formação de Agentes para o Programa Arca das Letras”, que será oferecida nesta quarta-feira (27) dentro da programação do Dia da Agricultura Familiar do Território do Cariri Oriental Paraibano, em Boqueirão.
            De acordo com Alves, o programa já implantou mais de 8,5 mil bibliotecas rurais em mais de 3 mil municípios brasileiros e a experiência do Arca das Letras já ultrapassou as fronteiras do Brasil e chegou a Cuba, a Angola e ao Timor Leste.
Arca das Letras
Criado pelo MDA em 2003, o Programa Arca das Letras promove o acesso à leitura por meio da implementação de bibliotecas em comunidades rurais brasileiras. Atende a famílias de agricultores, assentados da reforma agrária, pescadores, quilombolas, indígenas e populações ribeirinhas.
Os acervos são formados por livros didáticos, literatura para crianças, jovens e adultos e livros técnicos e especializados nas áreas de saúde, meio ambiente, educação, técnicas agrícolas e de pesca. Também contam com publicações que orientam o exercício da cidadania, como os Estatutos da Criança e do Adolescente, do Idoso, da Igualdade Racial, do Torcedor, a Lei Maria da Penha e a Constituição do Brasil.
Instalada na casa de um morador, ou na sede de uma associação rural, cada biblioteca é formada, inicialmente, por cerca de 200 livros. As comunidades escolhem os assuntos que formam os acervos, o local onde a biblioteca é instalada e indicam os moradores que serão capacitados como agentes de leitura. Os agentes são moradores das comunidades beneficiadas que se responsabilizam pelo empréstimo dos livros e pelo incentivo à leitura. O trabalho é voluntário, e a escolha é feita em reuniões de consulta popular e de planejamento das bibliotecas.
            O Programa conta com parceiros como o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação do Ministério da Educação (FNDE/MEC), o Banco do Brasil/Projeto BB Fome Zero, o Departamento Penitenciário Nacional do Ministério da Justiça, o Ministério da Cultura, o Banco do Nordeste e outros órgãos públicos federais, estaduais e municipais. Também participam os movimentos sociais e sindicais, editoras, artistas e a população urbana, que contribui com a doação de livros.
 
--------------------------------------------------------------
Siga o Incra/Sede no Twitter: @Incra_oficial
--------------------------------------------------------------

Kalyandra Vaz
Assessoria de Comunicação do Incra-PB
(83)  3049-9259 / 8610-1118

Assentados comemoram Dia do Agricultor Familiar na AL da Paraíba

Mais de 500 trabalhadores rurais de assentamentos da reforma agrária na Paraíba comemoraram o Dia do Agricultor com uma sessão especial na Assembléia Legislativa da Paraíba na tarde desta segunda-feira (25). Com o plenário ornamentado com produtos agrícolas, a exemplo de coco verde, cachos de banana e espigas de milho, os agricultores apresentaram uma encenação sobre a luta pela terra. A sessão foi proposta pelo deputado estadual Frei Anastácio (PT), ex-superintendente regional do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) na Paraíba, e contou com a participação do atual gestor da autarquia no estado, Lenildo Morais.
Morais ressaltou a importância da agricultura familiar que, segundo o IBGE, é responsável por 72% dos alimentos que vão para a mesa dos brasileiros. Na Paraíba, grande parte desses alimentos vêm da reforma agrária, que possui 281 assentamentos no estado, onde vivem cerca de 14 mil famílias, além dos agregados, como filhos, netos, noras e genros dos assentados, que somam uma população acima de 100 mil pessoas.
Representando as entidades presentes, o agricultor Ednaldo Leite Pereira, presidente da Federação dos Trabalhadores da Agricultura Familiar (Fetraf), disse que o segmento da agricultura familiar tem movimentado a economia do estado da Paraíba, com ênfase para a região do litoral sul do estado.
A sessão contou ainda com a participação de representantes da Comissão Pastoral da Terra (CPT), do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST), de sindicatos rurais, de ONGs e do governo do estado. Uma das propostas da sessão especial foi realizar audiências públicas, no Poder Legislativo paraibano, para debater o uso de agrotóxico, a educação, a habitação, a segurança e a saúde na zona rural.
 
 
--------------------------------------------------------------
Siga o Incra/Sede no Twitter: @Incra_oficial
--------------------------------------------------------------

Kalyandra Vaz
Assessoria de Comunicação do Incra-PB
(83)  3049-9259 / 8610-1118

Mutirões de documentação marcam Dia da Agricultura Familiar no Cariri Oriental

O Programa Nacional de Documentação da Trabalhadora Rural (PNDTR) vai promover, nestas quarta-feira (27) e quinta-feira (28), mutirões de documentação no município de Boqueirão, a 163km de João Pessoa. Os mutirões, promovidos pela Superintendência Regional do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) na Paraíba e pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), fazem parte da programação do Dia da Agricultura Familiar do Território do Cariri Oriental paraibano. De acordo com Maria Célia Araújo, que integra o Fórum de Desenvolvimento Territorial Sustentável do Cariri Oriental Paraibano e é uma das fundadoras da Associação de Lideranças de Agricultores e Agricultoras do Cariri Paraibano (Casaco), o evento deverá reunir um público estimado em mil pessoas, entre agricultores familiares, assentados da reforma agrária e entidades.
Na quarta-feira (27) serão oferecidas três oficinas de formação, com 30 participantes cada uma, com os temas: Protagonismo Juvenil e Políticas Públicas, Formação de Agentes para o Programa Arca das Letras e Agricultura Familiar e Convivência com Semi-Árido.
O segundo dia do evento, quinta-feira (28), será aberto com uma caminhada agroecológica pelas ruas da cidade, saindo da Rodoviária até a saída para o município de Cabaceiras.
Em seguida, será lançada a campanha “Cariri livre dos agrotóxicos”, que pretende mobilizar 14 municípios da região para a produção de alimentos saudáveis através de parcerias com o Sebrae, a Embrapa, o MDA, a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) e com o Programa de Aplicação de Tecnologia Apropriada às Comunidades (Patac), entidade que trabalha pelo fortalecimento da agricultura familiar no semi-árido brasileiro através da agroecologia.   
As 14 caravanas irão receber um estandarte da campanha “Cariri livre dos agrotóxicos” para, em cada município, dinamizar a ação junto a escolas e comunidades rurais. “Vamos ter adesivos que serão espalhados por todos os municípios participantes para que possamos trabalhar essa questão dos alimentos saudáveis no território inteiro”, explicou o articulador estadual dos territórios do estado da Paraíba, Antonio Junio da Silva.
Segundo ele, o evento conta com o apoio do Banco do Brasil, do Banco do Nordeste, da Embrapa Algodão e Transferência de Tecnologias e da Conab – entidades que estarão expondo em estandes suas ações para o desenvolvimento da região e para a convivência com o semiárido.
A Secretaria de Estado do Desenvolvimento da Agropecuária e da Pesca do Estado da Paraíba (SEDAP) vai apresentar ações e tecnologias de fortalecimento da pecuária e da agricultura regional, a exemplo do trabalho com silos, fenações e com variedades de palmas resistentes à Cochonilha do Carmim.
Arcas das Letras
            Durante o evento, na quinta-feira (28), o delegado federal do MDA na Paraíba, Antônio Alves, fará a entrega de oito arcas das letras, sendo duas para o município de Boqueirão e uma para cada um dos municípios de Alcantil, Caturité, Riacho de Santo Antônio, Caraúbas, Barra de São Miguel e Barra de Santana.
            Criado pelo MDA em 2003, o Programa Arca das Letras promove o acesso à leitura por meio da implementação de bibliotecas em comunidades rurais brasileiras. Atende a famílias de agricultores, assentados da reforma agrária, pescadores, quilombolas, indígenas e populações ribeirinhas.
Documentação gratuita
  Durante todo o dia, poderão ser tirados, gratuitamente, documentos como registro de nascimento, carteira de identidade, CPF, carteira de trabalho, registro junto ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e carteira de pescador.
 Os participantes do mutirão também poderão receber orientações sobre direitos previdenciários, a exemplo de salário maternidade e auxílio doença, e assessoria jurídica em casos como mudança de profissão de doméstica para agricultora (destinado a agricultoras familiares), pensão alimentícia, divórcio, termo de união estável e reconhecimento de paternidade.
A prioridade nos atendimentos é dada às mulheres, como parte das ações do Programa de Promoção da Igualdade de Gênero, Raça e Etnia (Ppigre/MDA), mas homens e crianças também são beneficiados.
            Na Paraíba, as ações vêm sendo desenvolvidas em parceria com instituições como o Instituto de Polícia Científica do Estado (IPC), Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), a Secretaria Especial da Aquicultura e Pesca da Presidência da República (Seap/PR), a Superintendência Regional do Trabalho e Emprego (SRTE), a Defensoria Pública do Estado, a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural da Paraíba (Emater), o Ibama, o Banco do Nordeste, a Caixa Econômica Federal e o Banco do Brasil, o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), o Projeto Dom Helder Câmara, o Cunhã – Coletivo Feminista e a Secretaria de Saúde do Estado da Paraíba. Contam, ainda, com a participação de associações, sindicatos e movimentos de trabalhadores rurais.
--------------------------------------------------------------
Siga o Incra/Sede no Twitter: @Incra_oficial
--------------------------------------------------------------

Kalyandra Vaz
Assessoria de Comunicação do Incra-PB
(83)  3049-9259 / 8610-1118
 

Deputado Wilson Filho quer garantir transporte com desconto para professores


Tomando o exemplo do que já acontece em relação aos idosos e às pessoas com deficiência física, o deputado Wilson Filho (PMDB/PB) apresentou Projeto de Lei (1452/2011), na Câmara dos Deputados, que concede desconto de 50% no valor do bilhete de transporte público interestadual a professores carentes.
Segundo o projeto, todos os educadores do ensino infantil, fundamental, médio, superior e profissionalizante, que tiverem renda familiar igual ou inferior a três salários mínimos receberão o benefício. O direito ao desconto só será possível se o professor estiver em locomoção por motivo do exercício da profissão. “É importante o benefício uma vez que o profissional que se dedica ao ensino, mesmo ganhando pouco, tem direito a diminuição de despesas”, afirma o deputado.
Para o parlamentar paraibano, “a Educação deve ter atenção prioritária do Estado, sendo o professor parte fundamental de todo o sistema, o que nos obriga a sempre que possível oferecer aos docentes melhores condições de vida e de trabalho, como é o caso do projeto que estamos defendendo na Casa, e que representa a continuidade do nosso esforço em favor da juventude brasileira”. 

Assessoria
Wilson Filho utilizou o Estatuto do Idoso também para a regulamentação das questões operacionais envolvidas na concessão do desconto pretendido, como os meios de comprovação de renda e de acesso ao bilhete com desconto. Desde 2003, maiores de 65 anos têm direito ao transporte coletivo público gratuito.
Em rotas interestaduais, o estatuto garante a reserva de duas vagas gratuitas em cada veículo para idosos com renda igual ou inferior a dois salários mínimos. Se o número de idosos ultrapassar o limite previsto, eles devem ter 50% de desconto no valor da passagem, considerando-se sua renda.
Hoje, o Brasil tem cerca de 2 milhões de professores que ensinam mediante baixos salários, condições ruins de infraestrutura nas escolas, falta de segurança. E apesar do piso salarial de R$ 1.187,97 para 40 horas semanais, muitos são obrigados a fazer jornada dupla de trabalho para aumentar a remuneração.
Diante do quadro negativo, nada mais junto que oferecer o benefício para o transporte. Ainda para viabilizar o benefício, o PL prevê que poder público concedente e as empresas prestadoras do serviço adotarão as providências cabíveis para garantir o equilíbrio econômico e financeiro dos contratos em andamento.

Vendedor é morto com seis tiros de pistola

Vendedor morto em Patos
O vendedor ambulante Beethoven Fortunato Torres, de 40 anos, foi assassinado a tiros de pistola na noite desta quarta-feira (27) no município de Patos, no Sertão do Estado.
De acordo com informações do Portal Patos, a vítima foi atingida com seis tiros e morreu no local.
Com Beethoven foram encontrados três pedras de crack.
Testemunhas informaram à Polícia que o crime teria sido cometido por dois homens em uma moto Honda Biz.
Este já é o trigésimo quinto homicídio registrado em Patos somente este ano.
A Polícia está investigando o caso.
Da Redação, com PortalPatos

Ateus querem tirar cruz do Memorial do World Trade Center

Grupos ateus dos EUA anunciaram ação judicial para exigir a retirada de cruz feita com destroços do 11/09 do Memorial e Museu World Trade Center. Eles também querem que o símbolo católico seja retirado da exposição em homenagem às vítimas. A informação é do site "The Slatest"
Para esses grupos, a inclusão de cruzes viola a Constituição dos EUA por promover publicidade a uma única religião, o Cristianismo, em detrimento de outras. Eles afirmam que é uma forma de divulgação religiosa que não pode ser imposta pelo Estado.
Em resposta, a World Trade Center Memorial Foundation defendeu os monumentos, citados como "símbolos de conforto espiritual para milhares de trabalhadores que atuaram no resgate de vítimas do (chamado) Ground Zero."
A entidade disse que objetos de outras religiões também poderiam ser incluídos no memorial.

Mario Tama/Getty Images/France Presse
Imagem da cruz feita com destroços do 11/09 do Memorial e Museu World Trade Center
Imagem da cruz feita com destroços do 11/09 do Memorial e Museu World Trade Center

FPM de julho registra aumento de 47%

Municípios receberão a terceira parcela dos recursos do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). O chamado terceiro decêndio do mês de julho será creditado nas contas das prefeituras nesta sexta-feira (29). O montante total dos recursos é de R$ 1.421.868.896,94. Com o desconto referente à retenção do Fundo Nacional da Educação Básica (Fundeb), o repasse é de R$ 1.137.495.117,55, em valores líquidos.
Conforme levantamento da União Brasileira de Municípios (UBAM), tomando por base informações da Secretaria da Receita Federal, o FPM o mês de julho de 2011 registra um acréscimo de R$ 574 milhões, fechando um total de mais de R$ 5 bilhões repassados, o que tornou possível uma recuperação do FPM, que projeta para esse mês um amento de 47% em relação ao mesmo período do de 2010.
Segundo o presidente da UBAM, Leonardo Santana, embora todo o acumulado desses sete meses de 2011 o FPM tenha registrado aumento de 30% em relação ao exercício anterior, o mês de agosto poderá trazer números inferiores, devido retração da economia. Tendo esta previsão amparo nos principais dados da Receita Federal.
“É preciso muita cautela na gestão financeira dos Municípios, devido à inconstância nos valores repassados. Embora o governo da União tenha batido recorde de arrecadação, de 471 bilhões de reais, só nestes primeiros meses do ano. Os Prefeitos não podem confiar nos recursos que virão, pois a parte que cabe aos Municípios é muito inferior ao que realmente deveria ser devido à importância que eles têm na fomentação das principais políticas públicas e responsabilidades com a população”. Disse Leonardo.
Da assessoria

Projetos de Lei propõem criação de mais duas universidades na PB

Do Jornal da Paraíba
Duas novas universidades federais poderão ser criadas na Paraíba se os projetos de desmembramento da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) e Universidade Federal de Campina Grande (UFCG) forem aprovados no Congresso Nacional. A proposta foi encaminhada pelo senador Wilson Santiago (PMDB), que apresentou dois projetos de lei à Comissão de Educação do Senado para a criação da Universidade Federal Rural da Paraíba (UFRPB), em Areia, e a Universidade do Sertão (Unisertão), em Patos.
O projeto de lei n° 346/2011 foi apresentado à Comissão de Educação em 26 de junho, propondo que seja concedida a autorização ao Governo Federal para criar a Unisertão, absorvendo os campi da UFCG em Patos, Sousa, Pombal e Cajazeiras. A proposta prevê ainda a criação de outros quatro campi para a nova instituição, que seriam instalados nos municípios de Itaporanga, Catolé do Rocha, Princesa Isabel e Uiraúna
A UFCG possui atualmente 5,9 mil alunos matriculados nos 22 cursos de graduação oferecidos no Sertão. Em Patos funcionam os cursos de Odontologia, Veterinária, Engenharia Florestal e Ciências Biológicas. Em Sousa há vagas para Direito, Administração, Ciências Contábeis e Serviço Social. Em Cajazeiras funciona Medicina e Enfermagem, além do Centro de Formação de Professores com nove cursos de licenciatura.
Em Pombal há ainda a graduação em Agronomia, Engenharia de Alimentos e Engenharia Ambiental. Ao todo a UFCG possui sete campi com um total de 16,6 mil alunos, estando presente também em Campina Grande, Sumé e Cuité. Estes serão os únicos campi da UFCG, caso o desmembramento seja aprovado.
Já no último dia 7 de julho foi apresentado o Projeto de Lei n° 398/2011, que pretende garantir a autorização para a União criar a UFRPB com a utilização da infraestrutura já existente no Centro de Ciências Agrárias da UFPB em Areia e prevê também a criação de novos cargos para a ampliação da oferta de cursos em nível superior. A nova instituição seria composta ainda pelo Centro de Formação de Tecnólogos da UFPB no município de Bananeiras, que possui três cursos de nível superior e uma Escola Agrícola.
Estudam atualmente em Areia 1,2 mil alunos nos cursos de agronomia, zootecnia, biologia e veterinária e este ano serão ofertadas mais vagas com a criação dos cursos de licenciatura e bacharelado em química. Agronomia de Areia é o mais antigo curso superior do Estado, com 75 anos de existência. Já no Campus III da UFPB em Bananeiras funcionam Administração e Agroindústria e licenciatura em Ciências Agrárias e Pedagogia, além dos cursos técnicos em Agropecuária, Agroindústria e Aquicultura. A UFPB está presente ainda em João Pessoa, Rio Tinto e Mamanguape.
Essa não é a primeira vez que se propõe a divisão de universidades federais na Paraíba. No início do ano passado, a UFCG realizou audiências públicas nos quatro campi no Sertão para discutir a proposta, que não foi aprovada. “Fizemos uma série de audiências públicas e naquele momento a comunidade acadêmica entendeu que não era o momento de desmembrar uma universidade que ainda não completou seu processo de implantação e expansão”, comentou o vice-reitor da UFCG, Edilson Maia. A própria UFCG foi criada em 2002, a partir do desmembramento com a UFPB.
A direção do Centro de Ciências Agrárias (CCA) da UFPB, em Areia, informou que o projeto de divisão não está sendo discutido internamente pela instituição. “A divisão não depende apenas do projeto de lei, mas de um estudo entre os departamentos e a reitoria da UFPB e também a discussão com os parlamentares. O desmembramento é uma aspiração antiga de parte da comunidade acadêmica há mais de 30 anos e está ganhando força com a ampliação do CCA”, argumenta Alexandre Alves, vice-diretor de centro.
O senador justifica a apresentação dos projetos de lei afirmando que a criação das novas instituições vai diminuir o déficit de vagas para estudantes no ensino superior.
“O déficit de instituições e de vagas é particularmente sensível na região Nordeste, que detém baixos indicadores de oferta desse nível de ensino. Ainda que o Governo Federal tenha retomado a expansão da rede de universidades federais, persistem em diversas localidades gargalos injustificáveis na oferta de cursos superiores”, argumentou Santiago na justificativa encaminhada à Comissão de Educação do Senado.

VISITANTES

busca no blog