Páginas

Amigos de Caaporã

SHOPPING LUX MAGAZINE

terça-feira, 24 de agosto de 2010

Marcelinho Paraíba é destaque na Seleção da Série B

Uma rodada de surpresas pelo Campeonato Brasileiro da Série B. Tanto que os quatro primeiros colocados não venceram e a turma de baixo reagiu, embora não tenha ocorrido grandes mudanças na tabela de classificação.
Por enquanto, ficam no G4, grupo de acesso: Coritiba (30 pontos), Figueirense (28), América-MG (27) e São Caetano (27). O Náutico perdeu sua vaga para o América Mineiro. De outro lado, o Bragantino deixou a zona de rebaixamento e colocou o Santo André. Os últimos colocados e que estariam rebaixados são: Vila Nova (7), América-RN (12), Ipatinga (12) e Santo André (15).
Muita gente boa ficou de fora da Seleção do Futebol Interior, armada no esquema 4-3-3. Confira a Seleção do Futebol Interior da 15.ª rodada:
Rodolpho (América-RN);
Renato (Sport), Preto (América-MG), Leandro Silva (Ponte) e Juninho (Figueirense);
Luciano Sorriso (Bragantino), Marcelinho Paraíba (Sport) e Júnior Xuxa (Icasa);
Fábio Júnior (América-MG), Alessandro (Ipatinga) e Júnior Viçosa (ASA).
Técnico: Márcio Bittencourt (Ipatinga).
Goleiro: Rodolpho (América-RN) – Esteve numa noite impecável na vitória americana sobre o Paraná, por 1 a 0, em Curitiba. A vitória tirou o jejum do time potiguar de oito jogos sem vitórias, mas não poderia ser conquistada não fossem as grandes defesas de Rodolpho.
Lateral-direito: Renato (Sport) – Marca bem e tem fôlego e força para apoiar o ataque. É a opção de desafogo para o Sport, além de opção ofensiva. Assim foi na goleada do Sport sobre o São Caetano, por 4 a 1, na Ilha do Retiro.
Zagueiro: Preto (América-MG) - O Coelho é dono da melhor defesa do Campeonato Brasileiro da Série B e boa parte disso se deve ao trio defensivo formado por Preto, Gabriel e Otávio. O primeiro se mostrou muito bem neste sábado e não deu espaços para o bom ataque do Guaratinguetá, que encontrou muitas dificuldades e pouco assustou o goleiro Flávio.
Zagueiro: Leandro Silva (Ponte Preta) – Foi um gigante na defesa da Macaca na vitória sobre a Portuguesa, por 1 a 0, sexta-feira, em pleno Canindé. E ainda teve seu trabalho facilitado pelo nervoso adversário que insistiu no jogo aéreo. Resultado: Leandro cansou de aliviar de cabeça e deixou o campo como um dos heróis da quinta vitória seguida da Ponte.
Lateral-esquerdo: Juninho (Figueirense) – é rápido, tem noção de marcação e sempre surpreende no ataque. Às vezes até marca gol, como aconteceu no empate, por 2 a 2, com o Duque de Caxias.
Volante: Luciano Sorriso (Bragantino) – Parece que está de volta à boa forma. Tanto que marcou dois gols importantes para o Bragantino na vitória sobre o rival Santo André, por 3 a 1, no ABC. Fez dois gols com frieza de centroavante. O melhor em campo do Massa Bruta na primeira vitória da equipe fora de casa
nesta Série B.
Meia: Marcelinho Paraíba (Sport) – A sua estreia em Bragança Paulista, no empate sem gols com o bragantino, tinha sido apenas discreta. Mas ele matou a pau na sua estreia dentro da Ilha do Retiro, comandando o Sport na goleada sobre o São Caetano, por 4 a 1. Marcou um golaço de falta e ainda participou dos lances dos outros três gols do rubro-negro, reagindo sob o comando de Geninho.
Meia: Júnior Xuxa (Icasa) - Foi o grande responsável pela reação do Icasa no segundo tempo contra o Náutico. Articulou as principais jogadas e não deu sossego aos defensores alvirrubros. Marcou um gol típico de um jogador oportunista, após falha do goleiro Glédson.
Atacante: Júnior Viçosa (ASA) – Continua fazendo a diferença para o Asa, que fez 3 a 2 sobre o lanterna Vila Nova, em Goiânia. Ele marcou mais dois gols e ajudou seu time a vencer outra vez fora de casa.
Atacante: Fábio Júnior (América-MG) - O experiente atacante é como vinho. Quanto mais tempo passa ele acaba ficando melhor. Neste sábado, comandou o ataque do Coelho no importante confronto contra o Guaratinguetá e balançou as redes em três oportunidades, mostrando o oportunismo de sempre. Deixou o campo como o principal jogador do jogo.
Atacante: Alessandro (Ipatinga) – Marcou dois gols, um deles de pênalti, na goleada inesperada do Ipatinga sobre o líder Coritiba, por 5 a 1. Ele vinha sendo o único a se salvar no time mineiro, agora sob o comando de Macio Bittencourt.
Técnico: Márcio Bittencourt (Ipatinga) – A estreia de um técnico sempre motivo um time de futebol. Mas o que aconteceu com o Ipatinga, com certeza, foi um exagero à regra. O time mineiro goleou o líder Coritiba, por 5 a 1, numa tarde em que mostrou muita eficiência. De qualquer forma, méritos para o técnico Márcio Bittencourt que estreou no lugar de Leonardo Condé, que já tinha substituído a Gilson Kleina, agora no Duque de Caxias, que deixou o time com cinco derrotas consecutivas.
 
 
 
AFI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários sobre as publicações nesse blog passarão pelo moderador e só publicaremos comentários de pessoas que estiverem devidamente identificadas e que não denigram a imagem de outrem.

VISITANTES