Páginas

Amigos de Caaporã

SHOPPING LUX MAGAZINE

terça-feira, 27 de janeiro de 2009

Suspeito de matar vice-presidente do PT estaria preso em Recife


Numa ação conjunta, as policiais da Paraíba e Pernambuco já teriam feito a prisão do principal suspeita de matar o advogado Manoel de Mattos, vice-presidente do PT pernambucano. O crime aconteceu no último sábado, na praia de Pitimbu, localizada no litoral paraibano.
O secretário de Segurança Pública, Eitel Santiago, passou o dia com o celular desligado, dando a entender que está à frente da operação pelo lado da Polícia Civil da Paraíba. Não há confirmação oficial a respeito da prisão do suspeito de atirar no advogado. Segundo informação, não confirmada oficialmente, uma arma também teria sido apreendida e pode ser a mesma utilizada no crime.
O suspeito de atirar no peito e na cabeça do vice-presidente do PT de Pernambuco está preso em Recife, mas deverá ser transferido para João Pessoa. As primeiras informações sobre acusado dão conta de que ele teria sido preso com a arma do crime.
As policiais paraibana e pernambucana mantém sigilo sobre a prisão do assassino, porque, através dele, pretende chegar ao mandante, a pessoa que pagou para eliminar o advogado Manoel Mattos, que trabalhava como assessor do deputado federal Fernando Ferro (PT-PE).
Mattos foi uma das testemunhas da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investigou a existência de grupos de extermínios nos estados da Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Bahia e Ceará.
O relator da CPI do Extermínio, instalada pela Câmara Federal, foi o deputado federal paraibano Luiz Couto (PT). Em seu relatório, Couto citou o nome do hoje deputado federal Manoel Júnior (PSB). Por isso, está sendo processado judicialmente.
fonte: www.paraiba.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários sobre as publicações nesse blog passarão pelo moderador e só publicaremos comentários de pessoas que estiverem devidamente identificadas e que não denigram a imagem de outrem.

VISITANTES