Amigos de Caaporã

terça-feira, 27 de janeiro de 2015

Foragido de Pernambuco é preso com parceiro assaltando em Pitimbu

preso p
A Policia Militar prendeu neste fim de semana uma dupla de criminosos acusada praticar arrombamentos e assaltos a turistas e moradores na cidade de Pitimbu. Um deles é foragido da Policia de Pernambuco e estava com o seu parceiro de crimes, que é morador de Pitimbu, assaltando turistas em Praia Azul, quando foram presos em flagrante delito.
A dupla era considerada o terror da cidade e estava praticando diversos assaltos e arrombamentos de residências na localidade.
Os dois que tem 18 e 20 anos, foram encaminhados para delegacia de Alhandra e na manhã desta segunda-feira (26), deram entrada no presidio do Róger, em João pessoa.

PORTAL DO LITORAL 

Policia Federal apreende 45 quilos de drogas na cidade Caaporã

maconha
Cerca de 45 quilos de maconha foram apreendidos pela Polícia Federal (PF) na BR-101, nesta segunda-feira (26). A droga estava em um veículo Fiat Uno, que foi interceptado durante uma barreira policial no Posto Fiscal de Caaporã, próximo à divisa entre os estados da Paraíba e Pernambuco.
Segundo a PF, dois homens e um adolescente estavam no carro que vinha de Recife e levaria os 76 tabletes da droga até a cidade de Belém, Agreste paraibano. A maconha estava escondida embaixo e na parte interna dos bancos e na porta do veículo.
Os três detidos foram encaminhados para a Delegacia de Alhandra. Os dois homens, que não tiveram a identidade revelada, foram transferidos para o presídio do Róger, em João Pessoa. Eles serão autuados por tráfico de drogas e corrupção de menores.

Portal do Litoral

Acusado de assassinatos no Conde é preso prestes a praticar homicídio em Santa Rita

fg
Um jovem que acabou de completar 18 anos e que é acusado de praticar homicídios na cidade de Conde, litoral sul do Estado, foi preso em Várzea Nova, Santa Rita na noite deste domingo (25), prestes a praticar um assassinato na localidade. José Augusto Laurentino dos Santos, vulgo “Xeba”, foi preso com uma arma carregada e teria dito a Policia Militar que iria se vingar de um desafeto.
Os policiais prenderam o jovem que informou ser morador da cidade de Conde, ele foi encaminhada para 6ª Delegacia Distrital.

PORTAL DO LITORAL 

sábado, 17 de janeiro de 2015

RC renuncia aumento do próprio salário e suspende reajuste dos secretários e auxiliares de governo

O governador Ricardo Coutinho renunciou o aumento do próprio salário e suspendeu reajustes dos vencimentos da vice-governadora, Lígia Feliciano, dos secretários e auxiliares de governo. O reajuste salarial, que deve ser promulgado na próxima terça-feira (20) pela Assembleia Legislativa da Paraíba, concederia um aumento para o chefe do executivo estadual, vice-governadora, secretários de Estado e secretários executivos. A ação faz parte do pacote de medidas para a contenção de gastos e enxugamento da máquina pública.
 “Tudo isso faz parte de um conjunto de medidas que estamos tomando e ainda vamos tomar para garantir ao máximo atingir as metas de fazer mais com menos”, ressaltou Ricardo Coutinho.
Ainda como parte das ações para contenção de gastos, o governador anunciou a diminuição de 60% no teto das diárias dos servidores, que antes era de dez diárias por mês e hoje passa a ser de quatro diárias a cada 30 dias.
Desde o final de 2013, o governador Ricardo Coutinho vem anunciando medidas fiscais para reduzir os gastos públicos no Estado. A primeira medida foi a reestruturação das secretarias, redução dos cargos comissionados e corte nos gastos com custeios; a segunda foi a suspensão das despesas relativas ao patrocínio de festividades e eventos para os próximos 60 dias. Na próxima semana, outras medidas para contenção de gastos públicos serão anunciadas pelo governador.
Secom PB 

Ricardo Coutinho recebe diretor rede que construirá hotel em Caaporã

rc
O governador Ricardo Coutinho recebeu, na manhã desta sexta-feira (16), na Granja Santana, o diretor-superintendente da Rede Pontes Hotéis e Resorts, Luis Guilherme Pontes, e a diretora-presidente da Companhia de Desenvolvimento da Paraíba (Cinep), Tatiana Domiciano. Durante a reunião, o governador conheceu mais detalhes sobre o projeto do hotel que será construído em Caaporã, próximo ao novo Parque Industrial que está sendo instalado no município.
A empresa está concluindo o projeto executivo do Paulista Praia Hotel, que contará com 96 quartos para atender empresários e executivos da região. O investimento é estimado em R$ 18 milhões e o hotel deve gerar 55 empregos diretos quando estiver em funcionamento. Na reunião, o governador Ricardo Coutinho reconheceu a importância do empreendimento para a Zona da Mata Sul e destacou o potencial do turismo paraibano, que desponta como um importante destino para o turismo de negócios.
O hotel ocupará uma área de seis hectares, às margens da BR-101 e ao lado do Parque Industrial de Caaporã. Em um raio de aproximadamente 30 quilômetros, estão situadas as fábricas que compõem o polo cimenteiro, a Fiat Chrysler, Hemobras e Companhia Brasileira de Vidros Planos (CBVP).
De acordo com Luis Guilherme Pontes, o investimento realizado pela Rede Pontes Hotéis e Resorts em Caaporã é importante para atender à crescente demanda por hospedagem nas proximidades da divisa entre Pernambuco e Paraíba.
O crescimento tem ocorrido, sobretudo, devido à instalação da fábrica da Fiat Chrysler, polo cimenteiro e outras atividades. “O hotel estará situado em uma nova área econômica, então suas características são voltadas ao público de negócios. Temos em Caaporã maior comodidade e uma localização privilegiada, estando perto de grandes empreendimentos e de duas capitais”, observou.
A diretora-presidente da Cinep, Tatiana Domiciano, frisou que o hotel é mais um equipamento que agrega valor ao Parque Industrial de Caaporã. “Além de fortalecer a indústria, o Parque Industrial também beneficia diversos setores, como o hoteleiro. A chegada de novos negócios fomenta atividades ainda pouco exploradas naquela região, como é o caso do segmento hoteleiro”, afirmou.
A Rede – A Rede Pontes Hotéis e Resorts atua no setor hoteleiro desde 1969, quando lançou o Mar Hotel (hoje Mar Hotel Conventions), em Recife (PE). Ainda na capital pernambucana, o grupo inaugurou, em 1995, o Hotel Atlante Plaza, situado à beira-mar da Praia de Boa Viagem. Em 2000, a empresa construiu o Summerville Beach Resort, em Porto de Galinhas.

PORTAL DO LITORAL

quinta-feira, 15 de janeiro de 2015

​Sapé e Caaporã recebem Cine Sesi Cultural


E o projeto Cine Sesi Cultural continua levando sua mostra itinerante para municípios do interior da Paraíba. Este final de semana, as caravanas estarão presentes simultaneamente nas cidades de Sapé e Caaporã, com exibição gratuita de longas e curtas-metragens.

Nos dias 16, 17 e 18 de janeiro, serão promovidas sessões ao ar livre com filmes do gênero de comédia, outros voltados para reflexão e ainda produções que são destinadas a toda a família. Com classificação indicativa livre, o projeto procura organizar a programação comtítulos que priorizem não somente o divertimento dos espectadores, mas a formação de plateias inteligentes.

As exibições têm início às 18h30 e conta com distribuição gratuita de pipoca para os espectadores. Em Sapé, a mostra acontece na PraçaDr. João Úrsulo e, em Caaporã, na praça de eventos da cidade.

SERVIÇO: Cine Sesi Cultural
Data: 16, 17 e 18 de janeiro, a partir das 18h30.
Local: Sapé e Caaporã
Programação:
Sexta-feira, 16/1 - "Pimenta" e "Cine Holliúdy".
Sábado, 17/1 - "A Menina Espantalho" e "A Busca".
Domingo, 18/1 - "Leonel Pé de Vento" e "A Era do Gelo 4"

segunda-feira, 12 de janeiro de 2015

Acidente entre carro e moto deixa dois feridos em Caaporã

carro
Na noite deste domingo (11) uma moto tentou desviar dos buracos na PB-044, e colidiu frontalmente com um veiculo que estava em sentido contrário. O motoqueiro foi arremessado a uma certa distância e o motorista do carro ficou ferido com o impacto da colisão. O Samu foi acionado e socorreu as duas vitimas com ferimentos leves para o hospital de Caaporã.
10898208_779682688774850_3148611369057854987_n
PORTAL DO LITORAL 

Suspeito de explodir banco em Caaporã é preso com caminhonete roubada em Sapé

fgertgferdf
Um jovem foi preso na quinta-feira (8) suspeito de participar de uma quadrilha que explodiu agências bancárias nas cidades de Capim, Litoral Norte da Paraíba, e Caaporã, no Litoral Sul. A prisão aconteceu após uma denúncia anônima, que fez com que a Polícia Militar o flagrasse dirigindo uma uma caminhonete roubada.
O suspeito de 19 anos foi preso na entrada de Sapé, dirigindo um veículo roubado no dia 16 de dezembro em Parnamirim, no Rio Grande do Norte. O dono do carro roubado, que não se identificou, disse que ele “bateu no vidro do carro e apontou a arma. Eram dois homens em uma moto. Eles me tiraram do carro e fugiram. Não me agrediram porque eu saí rápido e sem reagir”.
wtwree
O capitão Amorim confirmou que a PM recebeu a informação de que ele estava chegando na cidade para a realização de um assalto na área. Agora preso, o suspeito é um dos mais procurados da região, com inquéritos por assalto, receptação e também de suspeita de roubo a banco.
“Ele fez parte do grupo que explodiu bancos na cidade de Capim e de Caaporã também, chegou do Rio do Janeiro há uma semana e estava agindo na região”, confirmou o delegado Fred Magalhães.

Alhandra em Foco

Irmãos são assassinados a tiros em bar na cidade de Caaporã


No inicio da noite deste domingo (11) um casal de irmãos foi assassinado na cidade de Caaporã com vários tiros. A mulher era proprietária do “Bar da Manobra” e o seu irmão a ajudava no local, quando homens se aproximaram e dispararam diversas vezes contra os dois. O Samu ainda foi acionado, porém, ao chegar para o atendimento foi constatado os óbitos.
O local onde ocorreu o duplo homicídio fica próximo ao matadouro da cidade. A Policia Militar está realizando diligências em busca dos assassinos.

IMG-20150111-WA0081 IMG-20150111-WA0086

Portal do Litoral

quarta-feira, 7 de janeiro de 2015

Portaria regulamenta entrada de adolescentes em festas na Paraíba

Uma portaria regional conjunta do Ministério Público da Paraíba e do Poder Judiciário regulamenta a entrada e permanência de crianças e adolescentes em bares, casas de shows e estabelecimentos similares na Região Metropolitana de João Pessoa a partir de quinta-feira (8). De acordo com a promotora de justiça Soraya Escorel, a portaria proíbe a entrada de pessoas até 16 anos que estejam desacompanhadas dos pais ou responsáveis, e exige uma autorização para os adolescentes entre 16 anos e 18 anos incompletos.
Segundo a promotora de justiça Soraya Escorel, a portaria vai ser divulgada e entra em vigor no mesmo dia, e os estabelecimentos que não cumprirem o que for exigido no documento serão multados. O valor da multa só será divulgado junto com a portaria. Na tarde desta terça-feira (6), promotores de justiça da Defesa da Criança e do Adolescente e juízes da Infância e Juventude se reuniram com os donos e representantes dos estabelecimentos para fazer esclarecimentos a respeito da portaria.
Soraya Escorel ressaltou que a portaria proíbe a entrada e permanência de pesoas  até 16 anos nos estabelecimentos se elas estiverem desacompanhadas dos pais ou responsáveis. “No caso dos adolescentes entre 16 anos e 18 anos incompletos, descompanhados dos pais ou responsáveis, a entrada só pode ser feita mediante a autorização expressa com a assinatura de qualquer um dos pais ou responsável legal. Este documento precisa ter firma reconhecida em cartório e constar expressamente a data e local do evento para qual a autorização foi feita”, explicou Soraya.
O modelo do formulário de autorização está disponível nas varas da Infância e da Juventude e nas promotorias de justiça de Defesa da Criança e do Adolescente, além de cartórios e nos sites do Tribunal de Justiça do Estado da Paraíba e do Ministério Público da Paraíba.
Clique aqui para fazer o download do modelo da autorização.
Ainda de acordo com a portaria, os donos e responsáveis pelos eventos e estabelecimentos devem exigir no ato da entrada das pessoas, um documento de identidade dos pais ou responsáveis pela criança ou adolescente, para a comprovação do parentesco. Também será exigido o termo de guarda para comprovação de tutela, e a autorização com firma reconhecida ficará retida na entrada do estabelecimento.
G1/Paraíba

Grande João Pessoa registra três mortes nas últimas 12 horas

Três pessoas foram assassinadas nas últimas entre a noite dessa terça (6) e a madrugada desta quarta-feira (7), em João Pessoa e Região Metropolitana. Os homicídios aconteceram nos bairros de Mangabeira e Grotão, ambos na Zona Sul da Capital, e na cidade de Alhandra. Ninguém foi preso e a polícia ainda investiga as motivações dos crimes.
Na capital paraibana, um adolescente de 14 anos foi morto a tiros na noite dessa terça-feira, no bairro do Grotão. O menor estava em uma casa de jogos quando foi abordado por uma pessoa que ainda não foi identificada pela polícia. As autoridades policiais também investigam o que pode ter motivado o crime.
Ainda em João Pessoa, durante a madrugada, um presidiário do regime semi-aberto foi assassinado ao sair da Penitenciária de Segurança Média, em Mangabeira. De acordo com a polícia, a vítima foi abordada por uma dupla no momento em que pegava sua moto.  
Litoral Sul
Já na cidade de Alhandra, um cortador de cana-de-açúcar de 27 anos morreu após ser atingido por disparos, no sítio Sobradinho. Segundo a polícia, a vítima estava em casa com a esposa quando ouviu fortes latidos do cão que ele criava. Ele teria saído da casa para verificar o que estava acontecendo e foi abordado por um desconhecido e, em seguinda, alvejado por vários tiros. O cortador de cana-de-açúcar morreu ainda no local. A esposa da vítima alega que o marido não tinha envolvimento com a criminalidade e a polícia investiga o que pode ter motivado o crime.  
Portal Correio

Corpo de bebê é encontrado carbonizado no lixo em Alhandra

10676133_648434588602090_1755710837944677987_n-620x348
O corpo de um bebê carbonizado foi encontrado quando crianças brincavam em uma rua em Mata Redonda município de Alhandra, no Litoral Sul paraibano. O fato ocorreu final da tarde desta terça-feira (06).
A descoberta macabra gerou revolta entre os moradores. A vítima, que estava em um lixão da cidade, foi encontrada por crianças que brincavam próximo a localidade, quando perceberam o corpo, chamaram os adultos e foi constatado que se tratava de um bebê.
A Gerência Executiva de Medicina e Odontologia Legal (Gemol) recolheu os restos mortais da criança, a polícia vai investigar o caso.

IMAGEM FORTE!!!!!!!!!!


IMG-20150106-WA0165
Tambaú 247

Mototaxista é executado a tiros em Alhandra

IMG-20150106-WA0378-552x465
O mototaxista José Carlos Alves da Silva, conhecido como ‘Dudé’, de 27 anos, foi executado a tiros na localidade Sobradinho, zona rural da cidade de Alhandra.
De acordo com informações da esposa da vitima, ele tinha acabado de chegar em casa, quando ouviu barulhos e os latidos do cachorro da família, quando o jovem saiu de dentro de casa para saber o que estava acontecendo, ele percebeu a presença de estranhos e tentou correr para dentro da residência, mas foi perseguido e alvejado pelos tiros. Dudé morreu no local, na frente da esposa e do filho.
Familiares da vitima garantem que ele não tinha envolvimento com drogas e trabalhava como mototaxista e no corte de cana na região. A policia está realizando diligências a procura dos assassinos.

IMG-20150106-WA0379
Alhandra em Foco com Portal do Litoral

terça-feira, 6 de janeiro de 2015

Mais de 60 municípios não quitaram folhas de pagamento na Paraíba. Confira

Os servidores públicos de pelo menos 66 municípios paraibanos começaram o ano de 2015 precisando fazer modificações em seus orçamentos, uma vez que não receberam do poder público municipal um dos pagamentos de final de ano com os quais contavam para aproveitar as datas festivas e quitar as contas que surgem logo nos primeiros dias de janeiro.

Segundo estimativa da Federação dos Trabalhadores em Serviços Públicos Municipais do Estado da Paraíba (Fespem-PB), cerca de 30% das prefeituras paraibanas deixaram de pagar os salários do mês de dezembro ou o décimo terceiro dos servidores.
 
Só na região de Campina Grande, segundo dados do Sindicato dos Trabalhadores Públicos Municipais do Agreste da Borborema (Sintab), quatro prefeituras quitaram o 13º salário, mas ainda não pagaram a folha do mês de dezembro, dentre elas a de Campina Grande, onde os servidores da Secretaria de Saúde reclamam que ainda não receberam os vencimentos do mês passado. “As cidades de Pocinhos e Soledade não pagaram a folha. No caso de Lagoa Seca, alguns servidores receberam e outros não, enquanto que em Campina Grande os servidores da Saúde estão sem o salário de dezembro e, aqueles que têm direito, também não receberam ainda o pagamento das férias”, informou o diretor de Comunicação do Sintab, Napoleão Maracajá.
 
Em outros municípios da Paraíba, a exemplo de Caaporã e Curral de Cima, na região da Mata paraibana, a situação é ainda mais complicada, uma vez que os servidores não receberam o salário de dezembro nem o décimo terceiro, conforme informou o presidente da Fespem, Mariano Vito da Silva.
 
“Já prevíamos que isso ia acontecer ao observar o comportamento de algumas prefeituras desde o início de dezembro. Há algumas situações em que os gestores deixaram de pagar as duas folhas, mas, na maioria dos casos, o que ocorreu foi que os prefeitos pagaram só o décimo terceiro e outros só o mês de dezembro”, destacou Mariano, acrescentando que o atraso reflete a falta de organização e interesse de algumas prefeituras. Segundo ele, a entidade também já está recebendo denúncias de gestores municipais que estão atrasando o pagamento das férias, benefício que é concedido a algumas categorias entre os meses de dezembro e janeiro.
 
Mariano informou também que a Fespem vai procurar o Ministério Público da Paraíba (MPPB) e pedir que o órgão ingresse com ações civis públicas, solicitando o bloqueio de recursos das prefeituras para garantir o pagamento dos servidores. “A partir dessa semana vamos, em conjunto com os sindicatos regionais, procurar as promotorias locais e pedir que os promotores ingressem com essas ações na Justiça para assegurar o direito dos servidores”, explicou o presidente da federação.
 
Famup atribui atrasos a crise no país - Ao comentar o assunto, o presidente da Federação das Associações de Municípios da Paraíba (Famup), Tota Guedes, atribuiu o problema com os pagamentos à crise financeira enfrentada pelo país em 2014. “Acredito que muitas prefeituras realmente tiveram esse problema, porque no ano passado enfrentamos uma crise muito grande. Infelizmente, a receita não está acompanhando a despesa, sem falar que foi um ano atípico, de eleições, seca e problemas na economia”, argumentou.
 
Tota disse ainda que a orientação da Famup, que desde o início de dezembro já havia alertado as prefeituras sobre a necessidade de poupar recursos para quitar as folhas, é que os gestores economizem o máximo possível e cortem gastos onde for viável para equilibrar as contas logo no início do ano, sem prejudicar o funcionamento dos serviços públicos.

Municípios estimam reajuste do piso salarial dos professores em 13%

Mariana Tokarnia 
Da Agência Brasil, em Brasília
Os salários dos professores devem ter aumento de 13,01%, segundo estimativa da CNM (Confederação Nacional de Municípios) com base nos critérios que têm sido adotados pelo MEC (Ministério da Educação). Com o ajuste, o salário inicial dos professores de escola pública, com formação de nível médio e jornada de trabalho de 40 horas semanais, seria de R$ 1.918,16.
O cálculo está previsto na Lei do Piso (Lei 11.738/2008), que vincula o aumento ao percentual de crescimento do valor anual mínimo por aluno, referente aos anos iniciais do ensino fundamental urbano. Se, por um lado, existe a demanda de um piso cada vez maior, que garanta atratividade à carreira, por outro, há dificuldade, principalmente dos municípios, na manutenção dos salários.
De acordo com o presidente da Confederação, Paulo Ziulkoski, o novo piso significará, no total, um aumento de cerca de R$ 7 bilhões nos gastos dos municípios. "Ninguém é contra o piso", justifica, "mas o problema vem se acumulando, está tirando muito qualidade da educação. Não tem dinheiro para reformar as escolas, dar infraestrutura", diz.
O piso salarial passou de R$ 950, em 2009, para R$ 1.024,67, em 2010, e R$ 1.187,14, em 2011, conforme valores informados no site do MEC. Em 2012, o valor vigente era R$ 1.451; em 2013, passou para R$ 1.567; e, em 2014 foi reajustado para R$ 1.697,39. O maior reajuste foi 22,22%, em 2012.
Em publicação no próprio site, a CNM pede ao ministro da Educação, Cid Gomes, "sensibilidade para resolver o problema do reajuste do piso".
Para o diretor de Assuntos Educacionais da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação, Heleno Araújo, o reajuste é necessário para que se cumpra o PNE (Plano Nacional de Educação), que prevê equiparar o rendimento médio dos professores ao dos demais profissionais com escolaridade equivalente, até o final do sexto ano de vigência do plano.
"Esse reajuste é importante para alcançar a meta do PNE. Tem que valorizar a educação e os profissionais", diz Araújo, enfatizando que muitos governadores, nas cerimônias de posse, afirmaram que o compromisso com a educação é forte.
De acordo com o MEC, o reajuste será oficialmente anunciado nesta semana.

MP realiza ação contra poluição sonora no Litoral Sul da Paraíba

Projeto é desenvolvido em parceria com o TJ e com a polícia.
Policiais vão ser orientados a agir com rigor nos casos deste tipo.

Do G1 PB
Uma ação do Ministério Público da Paraíba (MPPB) em conjunto com o Tribunal de Justiça do Estado e Polícias Civil e Militar, pretende combater a poluição sonora nas praias do município doConde, Litoral Sul do estado. O projeto 'Som Legal - Cidade Sossegada', acontece no período de férias e verão, onde há um aumento no número de queixas por perturbação do sossego e da ordem pública.
De acordo com o promotor Raniere Dantas, os integrantes das Polícias Civil e Militar vão ser orientados a agir com rigor nos casos de poluição sonora e serão destacadas equipes para combater tais práticas. A ação deve acontecer durante os meses de janeiro e fevereiro.

Segundo a assessoria de imprensa do MPPB, os objetivos do projeto são de promover cursos de capacitação de forma integrada e pautados na legalidade para que as polícias cumpram seu dever de fiscalização e combate às infrações de perturbação ao sossego alheio ou poluição sonora, com intuito de preservar a ordem pública e promover um atendimento padronizado em relação a esse problema pelas forças policiais.
“Também ficou acertado que serão designados dias específicos, já nos meses de janeiro e fevereiro, para as realizações das audiências criminais, de forma a serem dadas rápidas respostas aos que insistirem em cometer tais delitos”, acrescentou o promotor.
A medida foi tomada em reunião realizada em dezembro pelo promotor de Justiça de Alhandra, Raniere Dantas, pela coordenadora do Centro de Apoio Operacional às Promotorias do Meio Ambiente, promotora Andrea Bezerra Pequeno, pelo major da PM, Luiz Tibério Leite, pela delegada Cassandra Duarte e pelo juiz de Alhandra, Antonio Eimar de Lima.

Jovens negros da PB são 13 vezes mais assassinados que os brancos

Número coloca a Paraíba no primeiro lugar nacional.
A Paraíba é também a 2ª maior na escala de vulnerabilidade.

DO G1 

O risco de morte violenta de um jovem negro na Paraíba é 13 vezes maior que o de um jovem branco. O estado é também o segundo do país na escala de vulnerabilidade elaborada pela Secretaria Nacional de Juventude. A violência e desigualdade racial que vitima os jovens paraibanos é considerada de "alto risco", segundo o Índice de Vulnerabilidade Juvenil (IVJ), divulgado nesta segunda-feira (5), com dados de 2012. Veja aqui o estudo na íntegra.
Na Paraíba, o risco de morte violenta de um jovem negro é 13,40 vezes maior que o observado para um jovem branco. Em Pernambuco, o risco é 11,57 vezes maior, em Alagoas é 8,75 vezes maior e no Ceará é de 4,01 vezes. A média do país é de que jovens negros têm 2,5 mais chances de morrer violentamente do que jovens brancos. Os valores da escala IVJ indicam, quanto mais próximos de 1, maior a proporção de jovens negros no contexto de vulnerabilidade em relação a jovens brancos. O estado com o maior valor na escala de vulnerabilidade dos jovens é Alagoas (0,608), seguido da Paraíba (0,517), Pernambuco (0,506) e Ceará (0,502).
A Paraíba também tem indicador 0,659 de mortalidade por homicídio de jovens; o valor 0,394 para mortes de jovens por acidente de trânsito; taxa de 0,678 na frequência à escola e situação de emprego; índice de pobreza de 0,692; e indicador de desigualdade de 0,196.
A estatística do Governo Federal classifica as 27 unidades federativas, incorporando na dimensão violência entre jovens um indicador de desigualdade racial. O índice IVJ é calculado pela razão entre a taxa de mortalidade violenta de jovens negros e a taxa de mortalidade violenta de jovens brancos.
Os quatro estados que apresentaram maior IVJ estão no Nordeste (Alagoas, Paraíba, Pernambuco e Ceará). Os cinco menores índices são de quatro estados do Sul e Sudeste (São Paulo, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Minas Gerais).
"Em conclusão, os dois conjuntos de indicadores constituem-se, ao final, em uma ferramenta de análise das condições de vida da população jovem do Brasil, com destaque para a influência da desigualdade racial. A violência letal concentra-se em determinadas áreas e atinge grupos sociais específicos, indicando, muitas vezes, características significativamente semelhantes: falta de equipamentos e serviços públicos, assentamentos precários, disseminação de armas de fogo, eventual presença de organizadores do crime, estigmatização por parte da mídia e da sociedade em geral, bem como fatores raciais associados", assinala o estudo.
"A experiência acumulada pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública na compilação e tratamento de informações demonstra que, ao desenvolver indicadores que permitem identificar os municípios e unidades federativas com mais adolescentes e jovens vulneráveis à violência, contribuímos para que se possa investir justamente nos territórios e grupos sociais que mais necessitam de ações que possam reverter essa condição", concluem os pesquisadores.
Índice de Vulnerabilidade da Juventude
Para efeitos de classificação, a categoria “negros”, foi formada pelas categorias “pretos” e “pardos” e a categoria “brancos” é formada por “brancos” e “amarelos”. O IVJ faz um levantamento da violência entre os jovens de 12 a 29 anos, a frequência à escola e situação de emprego, a pobreza no município e escolaridade, além da taxa de mortalidade violenta de jovens negros e a taxa de mortalidade violenta de jovens brancos. A pesquisa tem como universo de análise os municípios com mais de 100 mil habitantes no Brasil.

Bando invade Caaporã, explode Banco do Brasil, foge atirando e assusta população


B6pWAERIUAETbDhfafafergbvarfca10923546_667575873368200_5602145905873564510_n
Um bando fortemente armado, invadiu o município de Caaporã, litoral sul da Paraíba, na madrugada desta terça-feira (06) e explodiu a agência do Bando do Brasil localizada no Centro da cidade.
O grupo estava em uma picape e outro veiculo dava suporte, os homens saíram do carro, instalaram as dinamites e explodiram os caixas eletrônicos no interior da agência, fugindo em seguida levando todo o dinheiro.
Na fuga, os bandidos ainda trocaram tiros com a Policia Militar e jogaram grampos na pista para dificultar a perseguição.
O estrondo da explosão assustou moradores que usaram as redes sociais durante a madrugada, para relatar o fato e a preocupação com a situação.
A maneira de agir dos criminosos foi semelhante a diversos casos já registrados na Paraíba nos últimos anos. A Central de Operações da Polícia Militar recebeu telefonemas de moradores durante a madrugada informando da presença dos bandidos.
Há cerca de dois anos essa mesma agência foi parcialmente destruída e passou quase um ano sem atendimento devido a reforma, agora, o estrago também foi de grandes proporções.
A Policia Militar cercou a região e pediu reforço de equipes de João Pessoa, no intuito de prender os criminosos.
PORTAL DO LITORAL 

População reclama de acúmulo de lixo nas ruas de Jacumã, no Conde

Moradores da praia de Jacumã, distrito da cidade do Conde, no Litoral Sul da Paraíba, afirmam que a coleta de lixo no local está sendo feita de maneira precária. Eles explicam que os sacos de lixo estão se acumulando nas ruas, atraindo insetos e ratos para as residências. O distrito de Jacumã é tido como um dos destinos mais procurados por turistas que visitam o litoral paraibano.
img_1120
A dona de casa Marta Virginia, disse ao Portal do Litoral PB, que os problemas causados pelo acúmulo do lixo próximo às casas. “É muriçoca, mosca, rato, barata. Tudo de ruim que o pobre tem que enfrentar”, desabafou. Para evitar o problema relatado por Marta, alguns moradores ateiam fogo no lixo que se acumula, provocando a poluição do ambiente.
De acordo com a ambientalista Ruth Furtado, a fumaça provocada pela queima do lixo é altamente prejudicial à saúde. “O ar está sendo poluído pela queima de plástico. O plástico é tóxico quando está sendo queimado. Esse cheirinho é altamente venenoso. É um pavor para população, especialmente para as crianças, respirarem essa fumaça”, comentou.

Portal do Litoral PB

Duas armas são apreendidas em Pedras de Fogo

10532552_313918922137545_6011609094716894171_nPoliciais Militares conseguiram apreender dois revolveres calibre 38 com um individuo na cidade de pedras de Fogo na noite desse Domingo (04). Ao realizar rondas na divisa com a cidade de Itambé – PE, a guarnição visualizou um indivíduo em atitude suspeita que, ao perceber a presença da Polícia, tentou se desfazer das armas de fogo e escapar, mas não logrou êxito.
O acusado, Marcos Sebastião da Silva, 25 anos, e as armas de fogo foram encaminhadas para a Delegacia de Polícia Civil para as medidas cabíveis.
GUARNIÇÃO: ASP OF AQUINO, CB KLESLY e SD MÁRCIO.
Alhandra em Foco
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

VISITANTES

busca no blog